domingo, 26 de junho de 2022

Descartáveis S/A - Republicação

                                      

 

 

Tuuu... Tuuu... Tuuu... Tuu.

- Obrigado por ligar para a Descartáveis S/A, se você precisa de uma namorada ou namorado, tecle 1. Se precisa de um amigo tecle 2, se precisa apenas de um caso de final de semana, tecle 3, se quiser receber o nosso catálogo tecle 4, ou aguarde para falar com um dos nossos atendentes.

- Alô, aqui quem fala é Ademar Pereira, em que posso lhe ajudar?

- Oi, eu queria saber como é esse negócio de descartáveis.

- Sim... Aqui a gente trabalha com todos os tipos de descartáveis. Pois nesse mundo corrido em que vivemos não dá mais pra ficar perdendo tempo com coisas fúteis e sentimentalistas.

- Legal, se eu quiser um relacionamento como é que vocês fazem?

- Nós temos agentes espalhados pelos bares e clubes da cidade, e em todos os tipos de balada. Você pode beijar quantas meninas quiser sem compromisso, como num relacionamento relâmpago, totalmente descartável. Mas se preferir, pode levar esse relacionamento por alguns dias ou semanas, e talvez até meses, depois quando enjoar, pode simplesmente largar e terminar o relacionamento.

- Mas a menina não vai ficar chateada?

- Não, porque aqui o nosso lema é: "Eu feliz e mais ninguém." Nossos clientes tem que zelar apenas pela sua satisfação pessoal, e nada mais.

- E casamento?

- Temos também. Totalmente descartáveis, até com filhos, você namora, fica noivo, casa, tem filhos e o dia em que não estiver mais feliz, parte pra uma vida nova, sem problemas.

- E os filhos?

- Descartáveis, eles arrumam outro pai descartável que lhes crie depois.

- Que legal! Aí tem amigos também?

- Temos... Amigos de infância, de escola, de faculdade, do futebol, de trabalho, todos totalmente descartáveis, depois quando você não os quiser mais como amigos, é só passar do outro lado da rua, como se não os conhecesse.

- Rapaz, mas isso aí é bom demais!

- Obrigado senhor, a sua satisfação, é o mais importante para nossa empresa.

- Então anota aí meu pedido: Eu quero, três amigos pra um ano, cinco meninas pra ficar hoje, sendo que uma delas é pra namorar três meses.

- Tudo bem senhor, mais algum pedido?

- Hummm, e que tal um sogro e uma sogra só pra brincar durante esses três meses?

- Eu particularmente acho divertido.

- Legal, então anota aí!

- O que mais senhor?

- Se eu quiser um cachorro, o dia que enjoar o que faço com ele?

- Abandona na rua senhor.

- Mas e o que acontece com ele?

- Aí já é problema dele senhor, afinal, ele é descartável.

- Verdade...

- O que mais senhor?

- Acho que já está bom. Ah, vocês tem copinhos plásticos para café também?

- Sim senhor.

- Então inclui uma dúzia no pedido.

 




domingo, 19 de junho de 2022

500 anos em 3...!



 

A coisa está muito estranha.

As pessoas estão torcendo contra as pessoas! Elas estão colaborando para que tudo dê errado, torcendo para que a inflação cresça, torcendo para que o desemprego aumente, torcendo para que a COVID volte com força total, pedindo aos céus para que o Brasil caia num buraco sem fim, só para que um presidente não se reeleja e para que outro entre em seu lugar.

Quando conversamos e tentamos mostrar os aspectos positivos do governo, essas pessoas parecem zumbis, não enxergam, se fazem de idiotas, (se fazem), não escutam, não querem saber, e não dão o braço a torcer.

Eu sei que o governo e o presidente poderiam ter sido melhores nesse últimos anos. Eu admito que ele não foi um governo agregador, e que a cada dia arrumava tretas políticas e fofocas baseadas em conversas de internet, onde os agitadores querem mais é que o país exploda.

Eu sei que a falta de educação muitas vezes partiu do próprio presidente, e que ele foi um dos culpados por chegar em 2022 com o país ainda polarizado, pois não fez questão de trazer para o seu lado, aqueles que estavam em cima do muro.

Tudo isso é verdade!

Porém, também é verdade que nenhum presidente, ou rei, ou governante, na história desse planeta, foi tão atacado, diariamente, minuto a minuto de sua vida, como esse presidente foi. Talvez a reação de defesa, fez ele partir para a briga, ao invés de tentar uma reconciliação.

A gente sabe também, que aqui no Brasil, com a moral altíssima que tem os nossos políticos, e os nossos meios de imprensa, uma reconciliação passaria obrigatoriamente pela liberação de verbas, cargos, favores políticos, e a volta da grande corrupção! E nesse aspecto, todos tem que aceitar, que essa prática, se não zerou, pelo menos diminuiu a quase zero, principalmente se compararmos aos últimos governos. Isso é fato!

Eu converso com pessoas inteligentes e influentes na sociedade, e eles dão desculpas esfarrapadas para não apoiar o governo. Tão esfarrapadas que chegam a entristecer a gente, que sente amizade verdadeira por essas pessoas. Tão esfarrapadas que nem meu filho de 10 anos consegue alinhavar um discurso tão infantilizado, quanto o discurso dessas pessoas.

Alguns ainda se apegam a falácia de: presidente homofóbico, racista, nazista, fascista e machista.

Aí, quando eu pergunto: Me diga então, qual atitude governamental feita nesses últimos 3 anos que justifica esse seu discurso! Eles se fazem de bobos e mudam de conversa. Irritantemente mudam de conversa e nunca respondem.

Então eu listo para eles as atitudes governamentais que vão contra esse discurso, tipo: Distribuição de renda durante a pandemia, para todo e qualquer cidadão necessitado, de qualquer cor, de qualquer descendência, de qualquer religião, de qualquer Estado, inclusive refugiados de outros países, pessoas que até então eram invisíveis na sociedade, e que foram acolhidos sem distinção pelo governo. Relacionamento com Israel, um ótimo relacionamento, e que para quem não sabe, um dos pilares do nazismo, foi o extermínio de judeus, e para quem continua sem saber, o judeu é originário de Israel. Políticas sociais de combate contra o feminicídio e a homofobia, dirigidas pessoalmente pela ministra Damares. Término de obras paradas há anos na região Norte e Nordeste. Internet e imprensa livres, onde o cidadão se expressa da forma que bem entende inclusive falando mal do governo, sem represália alguma, como mandam os princípios da democracia. E por aí vai.

Isso, para combater o discurso ignorante acima! Que as pessoas repetem, repetem, repetem, e mesmo que você as instiguem a provar, elas não provam e continuam com suas repetições parecendo um mantra.

Isso para mim é preocupante.

Preocupante, porque essas pessoas torcem contra seus próprios filhos, seus netos, sua descendência, e a favor do caos, para que governos que deram errado voltem, e não se permitem, deixar que um presidente eleito pela maioria, possa ter paz para governar.

Isso para mim é preocupante...

Problemas do nosso país, como criminalidade, educação de péssima qualidade, saúde sucateada, infraestrutura caindo aos pedaços, corrupção, racismo, homofobia, separatismo, economia frágil, indústria frágil, tudo isso é herança de anos de governos que tivemos antes desse governo. Esse presidente pegou um país quebrado e ainda passou por uma pandemia. Mesmo assim, essas pessoas querem jogar no colo dele a situação geral do país. Esse governo tem 3 anos. Não se concerta 500 anos em 3!

Pensem nisso.

 



 

 

 

sábado, 9 de abril de 2022

 





A Rússia ainda está atacando a Ucrânia, enquanto os chefes de governos ao redor do mundo aplaudem a resistência do presidente do pequeno país, que não se rende ao gigante Golias.

Sabe... Parece que o que move o mundo é mesmo o interesse! Nada, nunca é o que parece ser. A gente assiste uma notícia, e antes de digeri-la, temos que fazer o seguinte exercício: Quem deu a notícia? Esse meio de comunicação está ligado a quem? Qual o interesse de quem deu a notícia? E os outros meios de comunicação? O que estão falando?

Durante a vida toda o Geraldo Alckmin falou horrores do Lula. Coisas pesadas, afirmações e acusações do tipo: Lula é um ladrão, Lula é um analfabeto, Lula é um chefe de quadrilha e por aí vai! O Geraldo festejou quando o Lula foi preso, e inclusive fez pressão política para que isso acontecesse. Por outro lado, o Lula sempre disse que o Geraldo era incompetente, que não sabia gerenciar nada, que era antipático e que também era um chefe de quadrilha, mas da quadrilha que se apropriou do dinheiro da merenda das pobres criancinhas, que são o futuro da nossa nação!!!!

Eu estou relendo um quadrinho escrito e desenhado pelo mestre Joe Kubert, que foi inspirado em vários faxes que um jornalista que estava em Sarajevo durante a guerra da Bósnia, mandava para a redação de um jornal, contando com detalhes os horrores daquela guerra. Esse quadrinho é essencial! Primeiro porque é uma obra-prima tanto nos desenhos, quanto no argumento, e depois, porque ele explica e te faz entender o que está realmente acontecendo na Ucrânia, e o porquê das outras potências estarem quietas, fazendo de conta que o assunto não é com elas.

            Depois de ler esse quadrinho e depois de ver a situação política do mundo, a gente começa a entender porque o Lula e o Geraldo agora são companheiros, e porque militantes que sempre lutaram com unhas e dentes contra o Geraldo, agora choram ao saber que ele vai ser padrinho de casamento do painho Lulinha!

            A gente entende também porque o Bolsonaro cedeu ao centrão, que ele também sempre disse abominar e que prometeu nunca se render aos encantos centralizantes, mas não resistiu. E a gente acaba entendendo também, o comentário de um rapaz no Facebook, utilizando essa pisada na bola do Bolsonaro para defender a aliança dos compadres companheiros. Ou seja: Um erro justifica o outro, dependendo do nosso interesse.  

            Gente, tudo é interesse, e nós somos massa de manobra, queira você ou não!

           Gado da fazenda da esquerda, gado da fazenda da direita e gado da fazenda do meio! Atualmente o gado da Ucrânia foi levado para se abatido no frigorífico russo, e os rebanhos em volta pastam tranquilamente sem querer se intrometer. A verdade é essa!

            Infelizmente a gente vê países africanos serem dizimados e sua população morrer à mingua, mas não é do nosso interesse intervir. Por outro lado, se uma etnia avessa às grandes potências toma o poder em um país do Oriente Médio cheio de petróleo, todos entram em guerra contra os líderes dessa etnia, “para salvar o pobre povo daquele país”.

Entenderam?

Tudo é interesse! Leiam “Fax de Sarajevo”, assistam a mesma notícia em vários meios de comunicação diferentes, conversem com pessoas de ideologia diferente da sua, e acordem!

Nós temos que entender o mundo!





quarta-feira, 2 de março de 2022

Obra prima é obra prima!

 






sábado, 12 de fevereiro de 2022

Definições:






 

,