terça-feira, 1 de maio de 2012

Realidade

As pessoas são criaturas mutáveis
que correm atrás do vento
procurando elogios
e aceitações.

As vezes
por uma aceitação
as pessoas desagradam
magoam
pisam
destroem.

Sonhos
são metas
sonhos
são metas
sonhos são metas!

Pessoas fazem tudo
para alcançar as metas...

Mascaras
fantasias
ilusões
enganações
maldades
vida louca vida!

Escadas
pessoas
escadas
vivas...

Mas um dia caem as mascaras
as fantasias
as enganações
e a própria pessoa
que usava desses artifícios
acorda.

Acorda e percebe
como foi burro
como foi idiota
porque na verdade
nada vale...

Nesse mundo nada vale
nesse mundo nada vale
mais
do
que
a
amizade!

Tratar bem
ser e fazer alguém
feliz!

Pra que olhem depois pra sua lápide e sintam saudade.

Aqui se foi
alguém que me fez bem
e que sempre viverá
nos meus pensamentos...

Isso sim
é
realidade!

42 comentários:

  1. Dedé!
    Nossa!
    Cada vez você está mais versátil na literatura, e esse poema está muito bom e criativo. Um poema dentro de outro.
    Maravilhosa ideia!

    A realidade é o que fizemos ela ser, essa é uma grande Verdade.

    Abração na família e um beijinho especial no Samuelzinho fofo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha valeu Cissa.
      De vez em quando dá pra poetar um pouquinho em vez de só escrever bobagens, hahahahahahha.

      Excluir
  2. Ola André,
    Puxa, muito bom esse seu lado poético hein amigo? E por falar em amizade suas palavras são bastante significativas quando explica que nada vale, apenas o tratar bem as pessoas e as amizades. Pois com o tempo tudo o que era "fullgas" termina e não deixa saudade, já a verdadeira amizade...


    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Flavão! Deve ser triste ir e não deixar saudade...

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Olá, amigo André!
    A realidade é que seu poema contém bom ritmo, sabedoria e boa poesia.
    A disposição formal também é muito significativa.
    Retratou bem o real tanto na forma quanto no conteúdo.
    Parabéns pela versatilidade!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa Brntão! Obrigado de verdade, as vezes eu acerto, hahahahha.

      Excluir
  5. Adorei teu poema, cheio de profundidade e verdade!! Há escadas humnanas, usadas por idiotas que nelas querem apenas pisar para subir...

    Tens razão e a amizade é tudo de bom!! abração,chica

    ResponderExcluir
  6. Muito boa sua criação que mostra escadas humanas, realmente o mundo cão existe.
    A escada inteligente também sabe se desvencilhar, deixando o ascensorista contrariado mostrando degraus flexíveis ou frágeis mesmo que de forma fantasiosa.
    E quando percebe que não, lá está o camarada dependurado no vão e em vão.
    Se sobrar uma graninha e der para escrever alguma coisa numa plaquinha de mármore gostaria que fosse “Não me procurem mais” ou “Fui”. He he he esta é a lápide.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem hora que dá vontade de tirar umas escadas e deixar os caras caírem no chão, hahahahahahhaha.

      Excluir
  7. gostei!! a amizade realmente vale mais a pena na vida, fazermos alguém feliz e se sentir especial, ser importante para as pessoas ao seu redor, fazer alguém se sentir feliz e importante, pois quando morrermos, é disso que as pessoas vão se lembrar, da pessoa maravilhosa que você era, das coisas boas que fez.
    Mas na vida muitas vezes vamos percebendo que algumas coisas não valem a pena, e que é melhor não perder tempo.
    Legal seu lado poeta criativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehhehehehe poetando de vez em quando, hehehhehehehhehehe. Mas é raro isso.

      Excluir
  8. Adorei o seu poema, cheio de verdades que infelizmente grande parte da humanidade esquece ou ainda não descobriu.
    Efetivamente nada é mais importante do que a amizade e o respeito pelo nosso semelhante. "Amai-vos uns aos outros como irmãos" "Ama o teu semelhante como a ti mesmo" ou "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei". Cristo insistiu tanto nisto.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essesão os ensinamentos mais significativos que Ele nos ensinou!

      Excluir
  9. Verdade, nada vale mais que uma amizade. Mas o que eu mais gostei no poema foi "escadas vivas...", até imaginei a cena.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Matheus... e elas existem!

      Excluir
  10. encontrei teu blog num grupo do facebook. Muito legal. Vou seguir.


    Devemos nos importar mais com a nossa felicidade do que com a aceitação dos outros. Vivemos numa sociedade onde o companheirismo e as amizades fazem toda diferença, mas não podemos esquecer que devemos ser amigos principalmente do que é refletido no espelho, devemos ser amigos do nosso próprio eu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Edinaldo, depois vou lá no seu cantinho te conhecer!

      Excluir
  11. Olá, querido Mansim!

    Um poema! Versatilidade, hein!
    Algumas estrofes lembram-me o artifício das canções.
    Destaco a última ideia:
    quem nos faz bem sempre viverá dentro de nós.

    T.S. Frank
    www.cafequenteesherlock.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí T.S. a idéia é essa!

      Excluir
  12. Mandou muito bem, Mansim!!

    uma das coisas que me deixam perplexo nesses nossos dias é que tudo virou produto. Até as pessoas viraram produto. O capitalismo pós moderno está desumanizando as pessoas e transformando-as em produto. Quantas palestras de motivação que o cara diz: "você é uma marca, você é um produto que tem que vender bem"

    Isso me assusta.

    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vender, vender e vender nem que seja "se" vender!
      Realmente assusta...

      Excluir
  13. Belo poema, André!! Verdadeiro e profundo!! Valeu por essa bela leitura.
    Grande abraço!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Pois é, acho que o verdadeiro sucesso vem da lembrança, da saudade. Não midiático nem nada. E sim, no coração de pessoas das quais valorizamos e nos valorizaram. Tudo passa. O que vale realmente a pena, são as pessoas que fazem nossa vida valer a pena dia a dia.

    Abraçãoo

    ----
    Site Oficial: JimCarbonera.com
    Rascunhos: PalavraVadia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso Jim! O que vale é marcar o coração de alguém na hora da despedida final!

      Um abração vélho!

      Excluir
  15. Que lindo, André!

    Amei conhecer este seu espírito poético.

    De fato, há pessoas que desconhecem os verdadeiros valores da vida. Procuram realizar seus objetivos a qualquer custo e se perdem no meio do caminho.
    Não deixam sua marca no mundo, nem no coração das pessoas.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahhahahahaha obrigado Vérinha. Um abração também!

      Excluir
  16. Oi querido,

    Glamouroso em todos os detalhes! Adorei a lógica e que verdade escrita em tom de neutralidade poética. Penso que essas máscaras são inúteis, mas as vezes se passa por aqui e as mesmas ficam na lapide não como lembranças, mas como vergonhas. E tempo se vai.

    Beijos no Samuquinha!

    Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lú... O melhor é que o tempo se vai...
      Aí as feridas se fecham e se alguém te magoou ele é esquecido pra sempre.

      Valeu!

      Excluir
  17. Enviou sua linda mensagem em versos e traduziu seus sentimentos, verdadeiros, com propriedade. Parabéns, meu amigo!!!!
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não ficou nem sombra dos seus versos, mas quebra um galho, hahahahhahahahahahhahahaha.

      Excluir
  18. Gostei de seu texto porque contém coisas com que concordo de todo.


    Vi sua dica na Elvira Carvalho e gostaria que me fizesse o favor de exploicar como se coloca por actualização, agradecedno desde já a ajuda...é que sou leiga total nestas lides.

    Gostarei sempre de o ver lá também nos meus blogues

    Um abraço cordial

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fui te visitar São e deixei lá as coordenadas, hahahahahahahhaa.

      Excluir
  19. Dé poetaaa!!!!
    Acho que amizade é fundamental, mas em váaarias ocasiões pessoas se passam por amigos mesmo para usa-las de escada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí é que mora o perigo Camilinha...

      Excluir
  20. André, creio ser essa a primeira vez que leio por aqui uma publicação do amigo dentro de um tom poético. É justamente isso que faz quem escreve com a espontaneidade da alma, nos surpreender. Gosto disso André. Aplausos para o amigo, viu! Ah, e são sinceros, viu! Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahhahahahhahahahhaha valeu PCzão! Obrigado!

      Excluir
  21. Muito bom o texto! Adorei o blog também!

    ResponderExcluir
  22. rsrsr...enfim...parabéns, isso é realidade mesmo.


    Abçs

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!