segunda-feira, 28 de maio de 2012

Viva!

Quando achamos
que a vida não tem mais nada pra nos apresentar
ela nos apresenta
emoções
e
situações
que nunca imaginamos
que
um dia
viveríamos.
Ainda bem que a vida é assim...
Uma roda gigante!
Hoje estamos por baixo
amanhã estamos por cima
depois podemos estar mornamente no meio.
Mas a vida é viva
e
sempre
se
movimenta
mudando de posição
mudando o ângulo de visão!
Hoje estamos por baixo...
Mas amanhã estaremos por cima!
Certamente.
Ainda bem
que
a vida nunca para de se movimentar
e
de
mostrar novas emoções e situações pra gente.
Por isso é tão bom viver!
Por isso é tão bom ser surpreendido.
Por isso é tão bom surpreender.
E por isso
é
tão
bom
aprender sobre a vida
aprender sobre viver
aprender sobre ser feliz
aprender sobre fazer feliz...
Nunca saberemos tudo sobre a vida
o dia em que tivermos todas as respostas
ela trocará as perguntas...
Por isso é tão bom viver!
Surpreender
ser surpreendido.
Viver
vivo... vivendo! Vivo!

35 comentários:

  1. Viva!!!

    Andre, eu também sempre repito para os meus amigos que a vida sempre nos surpeende (para o bem e infelizmente, para o mal também), mas como você bem diz nesse belo poema, a vida é uma roda; e Chico disse há tempos que a vida é uma Roda Viva.

    abraços


    p.s. resolvi enfim, me dedicar somente a um blog. Acho que estou me curando...rss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahhaha Edu... O bom é estar vivo né?

      Excluir
  2. Lindo texto Dedé, viver é essa gangorra mesmo, um dia embaixo, outro em cima, e assim a gente vai indo, o importante é saber se comportar ante cada situação, é bom quando tudo está indo bem, mas é nos momentos difíceis que somos provados, ai necessitamos de uma carga de sabedoria e força maior.

    Parabéns pelo texto, e o Cláudio Zoli, grande expoente da MPB, tá sumidão ele, não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Chengão!
      Rapaz,uma pena o Claudio Zoli sempre estar fora da grande mídia mesmo!

      Excluir
  3. Dedé, tudo bem amigo?
    Creio que o grande barato da vida está justamente nisso, no surpreendente, porque isso é o desafio, o que pode nos motivar e nos preparar para os altos e baixos.

    Ah! No post anterior eu me referia ao vocalista do Plebe Rude, sabe o nome dele?

    Abração ao povo! Brigadão pelo comentário elogioso por lá :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cissa! Valeu por estar sempre aqui minha amiga!

      O vocalista da Plebe se chama Phelipe Seabra, o ex-vocalista de voz grossa que saiu se chama Jader Billafra. Esse negro que entrou se chama Clemente e o Baixista também é fundador e se Chama André X.

      Excluir
  4. Adoro tuas poesias,André!" E a vida é assim, uma roda, vamos sendo "atropelados", caímos e , de repente, conseguimos novamente "subir" para girar , girar, giraaaaaaaaaaaaaaaaar até que a roda da vida pare, poe aqui...abração,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahahhahahahhaa obrigado Chiquinha!

      Excluir
  5. Oi André
    Eu penso igual vc, ainda bem que a vida é assim, cheia de altos e baixos, senão seria uma monotonia total, eu já fiz um post sobre isso "contudo ela se move", mas gostei, como sempre da sua pitada especial quando disse: Nunca saberemos sobre a vida, quando tivermos todas as respostas, ela trocará as respostas. Adorei, vai pro meu face!
    Bjão padrinho e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Lú! Deois vou procurar ler ou re-ler esse post que vc falou!

      Excluir
  6. "Hoje estamos por baixo, amanhã estaremos por cima"

    Conheço pessoas que diariamente fazem isto em questão de segundos.........hasuahsua


    Desculpa a ironia, mas depois de muito apanhar consegui o prêmio máximo, descobrir que:

    Maldito é o homem que confia no homem"

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas se vivemos aqui em sociedade temos que confiar!

      Excluir
  7. Viver é a melhor coisa que existe, até porque a vida nos foi dada por Ele!

    ResponderExcluir
  8. Que pena que nesta altura do campeonato a minha esteja quase sempre em baixo. Deve ser do peso dos anos, rsrs. Gostei do poema.
    Um abraço e que a sua vida e a daqueles que lhe são queridos ande bem lá no alto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está por cima Elvirinha! Se eu chegar a sua idade já vai ser uma vitória e com a sua sabedoria então aí eu serei o campeão!

      Excluir
  9. É André a vida por vezes prega peças surpreendentes e os deslizes da natureza humana pode ser a fronteira para outros horizontes.

    Muito bom seu texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehhehehehhehehhehe verdade Tiugo!

      Excluir
  10. Bacana, André.

    O que torna a vida interessante é exatamente a sua imprevisibilidade, é o seu movimento contínuo, apesar de todos os pesares.

    O importante é saber viver e desfrutar dela com sabedoria.

    E VIVA A VIDA!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Verinha! Um abração e fica com Deus!

      Excluir
  11. É, o Veredas vai ser um frankstein...kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehehehehehhehe, tudo bem!

      Excluir
  12. Ola André,

    Pois é, acredito que essa seja uma das mágicas da vida! Essa roda gigante que sempre está em movimento enchendo nossas vidas de expectativas e esperanças no amanhã!

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que existem essas mágicas né Flavito!

      Excluir
  13. Oi amigo querido,

    Lindo texto! Revela vida, amor, verdade, esperança e certeza no viver; A vida pode nos apresentar tantos desafios, dores e decepções, mas sempre existirá o esperar que a o dia chega após a tormenta.

    Beijos e linda quarta.

    Lu

    ResponderExcluir
  14. Meu querido amigo virtual, mas de sentimento real, André Mansim, esse é o grande barato da vida, não é verdade? Como é bom ser sempre surpreendido por ela. É bem verdade que, nem sempre as surpresas são agradáveis, porém, eu diria que até essas fazem parte do pacote. Como dizia, o hoje aposentado apresentador de TV, que talvez você não tenha alcançado a fase dele, José Cunha, "esse, eu assino por baixo". É isso que faço agora André, Assino por baixo tudo que o amigo escreveu. Um forte e fraternal abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc é meu amigão real PCzão! Hahahahahhahahahaha.

      Excluir
  15. A eterna ciranda da existência nos deixa perdidos não é mesmo André? Antigamente eu ficava enfadada,entrei numas de querer me suicidar sem sucesso,porém hoje estou tranquila,"de boas","daora a vida" como dizem os memes.E o que me proporcionou essa quietude foi o tempo.Nada melhor que o tempo para nos tornar mais fortes e experientes,né? Gostei muito das suas palavras,calharam com os meus pensamentos de ultimamente,algo como uma revisão dos conceitos da minha existência.Eu cheguei à conclusão que a vida é uma fanfarrã e vive dando tapas na nossa cara enquanto grita:Pede pra sair!Apenas somos campeões desses desafios se não nos entregarmos! Beijocas!

    Ana Carolina

    http://ishitaraenluarada.blogspot.com.br/

    http://antesqueordinarias.blogspot.com.br/search/label/Ana%20Carolina%20Paiva%20dos%20Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário tão sincero Ana! Vou visitar vc depois!

      Excluir
  16. Boa noite meu menino amado !!!!!
    Silenciosamente cheguei...sem alarde...tão mansinha...
    Sem imaginar que ia encontrar aqui um poema.Quero dizer que foi surpresa.Gostei...E para se viver a vida precisamos da esperança
    para um mundo melhor,desintoxicando para dar lugar uma vida mais
    cheia de respostas...
    Abç no samuelzinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um mundo desintoxicado seria realmente bom Severinha!

      Excluir
  17. Oi André!

    Muito bom teu poema!! parabéns!!
    Bj

    ResponderExcluir
  18. Ler aqui é bom demais.
    Belo espaço.
    Te espero la no meu canto
    de palavras.

    ResponderExcluir
  19. Olá, querido Mansim!

    Que poema bonito! Essa vivacidade, essa alegria que transborda nesse poema. Pudera eu ter essa vivacidade em minha vida. E fico feliz por trazer sua felicidade aos seus escritos. É sempre bom partilhar, tanto as coisas tristes como as alegres. A vida, como cê disse, é uma roda gigante [tem uma música do John Lennon que fala isso]... Talvez a minha esteja em baixo há um tempinho, porém, mesmo demorando, uma dia ela estará lá no topo... Onde eu possa ver o oceano e as areias brancas e todas as suas cores felizes.

    T.S. Frank
    www.cafequenteesherlock.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!