quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

É batata!

                                              

Existe uma lei da natureza que fala que aqui se faz e aqui se paga. Ao longo da minha vida eu tenho observado que realmente isso é uma verdade irremediável. Pessoas que hoje estão por cima da carne seca mas que atingiram esse topo porque passaram alguém pra trás certamente logo-logo vão ter algum problema e vão acabar perdendo tudo ou talvez perdendo a saúde ou a família ou a esperança e alegria em viver.
É batata!
Na Bíblia Jesus quando estava sendo crucificado orou a Deus pedindo que Ele não castigasse o povo que estava lhe maltratando. Jesus disse: - Pai perdoa-os eles não sabem o que fazem.
Esse foi um ensinamento que mostra que não precisa da gente perder tempo se vingando de alguém. A vida vai fazer isso! Quando a gente fica louco da vida, com sede de vingança e começa a agir contra aquela pessoa que nos fez mal, na verdade a gente está cometendo dois graves erros.
O primeiro erro é que estamos deixando que a pessoa que nos feriu seja o protagonista da nossa vida e assim nós vivemos apenas para atrapalhar aquela pessoa. Nem que seja por um período pequeno de tempo.
O outro erro é que com nossa vingança nós lançamos na vida uma onda que baterá em algum lugar e que vai voltar pra nós, talvez com mais força do que a gente mandou, essa é a tal lei que eu falei ali em cima do “aqui se faz aqui se paga.”  Agindo assim a gente tira de cima de quem nos maltratou as conseqüências e trazemos todas elas pra cima da nossa cabeça!
Os espíritas vão chamar isso de dívida espiritual, os budistas vão chamar de karma, os cristãos vão chamar de castigo divino, os esotéricos vão falar que são as ondas de pensamento que estão lhe corrigindo dentro da força do cosmo e por aí vai. A minha avó vai falar apenas que: - É  batata meu neto... Aqui se faz aqui se paga!
Eu não vou discutir com a dona Dalva porque como eu já falei eu tenho observado a vida e a montanha russa que é a vida de alguns. Que hoje estão subindo e amanhã descendo rapidamente e gritando de medo!
Então meu amigo, se alguém lhe maltratou, foi desonesto com você, se seu patrão te pisou e te humilhou, se alguém lhe passou pra trás, não revide, deixe que o mundo faça isso pra você.
Entregue seu ódio. Mande-o pra ponte que partiu e seja feliz!
Não espere das pessoas o que elas não tem pra dar. Se elas não tem educação, não espere isso delas. Se elas são desonestas, não espere honestidade. Se elas são soberbas, não espere humildade.
Vivendo assim com certeza você vai ser muito mais feliz! Deixe que os dias resolvam esses probleminhas, porque como diz mais um ditado da dona Dalva: - É meu “fio” quem planta vento colhe tempestade...
Pense nisso!

31 comentários:

  1. Oi André!

    Vim agradecer o carinho de sua visita. E dizer que esse texto é o melhor que eu já li aqui até hoje.

    Pra toda ação haverá uma reação. Isso é fato! Tomemos mais cuidado com nossas atitudes e com o que cultivamos em nosso coração.

    Beijo mais que doce

    Te adorooooooo!!!!

    Sil

    ResponderExcluir
  2. Oiê!!!

    Tava ali "oiando"... rsrsrs....

    500 seguidores!!! Parabéns!

    Bjim!

    Sil

    ResponderExcluir
  3. Dedé, tudo bom?

    Ótimo!

    Assim seja... é o que esperamos que a tal batata exista!
    A verdade que vingança é perder tempo, pois para revidar alguém, ficamos pensando exclusivamente neste alguém, ao invés de pensar em Alguém com "A" maiúsculo que gosta de nós! E canalizarmos as energias para esse Alguém e as coisas boas, assim, atraindo mais coisas boas!
    É batata, quem faz o bem sem ver a quem, se dá bem! rsrs

    Abração aos três! :)

    ResponderExcluir
  4. Pois é querido amansim, desculpe a ausência primeiramente férias sabe como é, eu postava alguma coisinha no blog e já viajava rs enfim essa coisa da vingança é um tema que dá pano pra manga, pra várias discussões, a vida se encarrega de tanta coisa, como vc. sabiamente no texto disse, e por aqui em sp ela é tão corrida que ficar maquinando como se vingar de alguém no meio de uma locomotiva já é uma psicose, e ai as pessoas se assustam, senão se perdem por entre essa nossa vida de batata rsrs

    ResponderExcluir
  5. Tua avó estava certíssima.Isso é BATATA mesmo!!!

    Se eu planto ódio não posso colher amor...E assim sempre!!! Lindo aqui!abração praiano,chica

    ResponderExcluir
  6. "Não deixe que essa pessoa seja aprotagonista da sua vida"
    Nossa,André,vc falou tudo!
    Vejo muito isso,a pessoa deixa de ser dona de si ,de ter objetivos para si e vive em função de uma "justiça",que sequer cabe à ela fazer,pois como vc disse ,é batata!E vejo que hoje,a dinâmica é super rápida,da ação e reação!
    As batatas estão assando!E no microondas,rs!!!

    ResponderExcluir
  7. Ola André,
    Na verdade eu nunca gostei de vingança e por isso sempre detestei aquele ditado que diz "vingança é um prato que se come cru". Não devemos devolver na mesma moeda o que nos fizeram, tão pouco arquitetar planos pensando em revidar no próximo. De fato "o aqui se faz, aqui se paga" nada mais é, para nós espíritas, a famosa lei de causa-efeito. É só questão de tempo pois ninguém pode ficar impune sempre, não cabendo a nós fazer justiça com as próprias mãos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Meu camarada!! Finalmente consegui voltar a fazer comentários no seu blog. Não estava conseguindo, pois a tela ficava toda branca. Agora estou de volta!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Andre,sou professora,conheci seu blog através de uma amiga, gostaria de fazer um pedido para que me ajude indo no link abaixo e deixando um recadinho.Estou concorrendo com o meu texto:"Transformando um Sonho em Realidade" no concurso Educação Nota 10 do Globo.
    A seleção acontecerá agora no dia 30/01/2012.
    Por favor, visite o link e deixe um comentário por lá.
    Será que vc pode me dar uma força?
    Conto com a sua ajuda!
    Qualquer problema, postei também o link no post do meu blog, é só ir lá e clicar (http://ler-com-prazer.blogspot.com).
    Obrigada!Paz e Luz!
    Esse é o link:
    http://www.educacao10.syncmobile.com.br/?p=576

    ResponderExcluir
  10. Oi tudo bom? Então, é a minha primeira visita aqui no seu e poxa, estou adorando! Estou seguindo e voltarei mais vezes!

    Também tenho um blog, passa por lá? Te deixo o link dele:
    http://25conto.blogspot.com/

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Andresão, não te abandonei, apenas estou de molho.
    Sabe, descobri que estou com problemas psicológicos, isso tem afetado meu corpo (caio muitas vezes, pois meus membros perderam as forças por conta disso) e a cada comentário maldoso sobre mim, ou atitudes sutis, acabo morrendo, quase que literalmente, um pouco. Meu problema, segundo os médicos, não é tão fácil de resolver. Contudo preciso caminhar, equilibrar-me e voltar a ter energias para carregar o corpo. O texto que escrevi fala disso e de como as pessoas estão me matando ou dilacerando meus braços e pernas. Desculpe o desabafo, mas ando doente mesmo, estou procurando ajuda!
    Abraço e não te abandonei!!!

    ResponderExcluir
  12. Essa Dona Dalva é uma profeta hehehe.
    Bão ter vó assim né?! Eu tenho uma tb e chama ANA. Ela diz: Minha filha, segue trabalhando e sendo boa que o resto a vida tras. Não dê um passo maior que tua perna que você pode escorregar.

    Espero que sirva pra vc tb, pra mim tá servindo!

    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi amigo,

    O que posso te dizer do teu post? Simplesmente que levo a ferro e fogo o lema que perdão é decisão e não sentimento. Doi, sangra, mas tem que ser assim. No momento, estou passando uma situação que sinto que não merecia uma indiferença e por vezes o meu coração chorou e muito. Todavia, quando olho para trás, vejo que as feridas estão curadas, exatamente, porque perdoei. Ademais, as poucas pessoas que me feriram, passaram por situações difíceis e olhe que sempre orei muito por elas. No mais, sou abençoada, talvez porque ame os que me machucaram.

    Beijos e vamos se falando no fim de semana.

    Lu

    ResponderExcluir
  14. Sei que você é roqueiro meu sobrinho, mas zéca pagodinho também gosta de um ditado e é bom para discontrair um pouco.
    Se interessar e tiver tempo deixe a vida te levar.

    http://youtu.be/fzQsZdCC78s

    Tihugo.

    ResponderExcluir
  15. cara vou te por uma frase que não sei de quem é, mas acho ela muito correta:

    "Quem não se sentir ofendido com a ofensa feita a outros homens, quem não sentir na face a queimadura da bofetada dada noutra face, seja qual for a sua cor, não é digno de ser homem."

    Pela frase já viu que eu discordei em partes do seu texto hehehe.

    Eu acho o perdão muito bonito para quem realmente perdoa, o problema é que a maioria se esconde atrás do perdão. Usam como desculpa para apaziguar suas covardias.

    Eu já pensei assim também, que a vingança de nada vale. Mas o livro "O conde de monte Cristo" assim como o filme "V de vingança" mostra que muitas vezes temos que agirmos. Pois essa pessoa que o mau tratou fará isso com outras pessoas também e provável que ela só aprenda quando sofrer ou receber um castigo também.

    Quanto a frase do "aqui se faz aqui se paga", eu concordo, já vi muito disso acontecer, da vida se encarregar de dar o merecido castigo para fulano e beltrano. O problema é quando ela demora demais e deixa essas pessoas "más" aumentarem seus legados de maldades.

    A bondade tem que sempre estar acima de tudo, porém há pessoas que precisam de um "tratamento de choque" para aprenderem e crescerem como seres humanos.

    Abraçãoo e me manda um email com sua ideia.

    ResponderExcluir
  16. É isso mesmo, André!
    O V de vingança que as pessoas pensam ter o mesmo sentido do V da vitória não tá com nada! O moderno é deixar acontecer, porque a mesma pessoa que nos fez mal, um dia vai ter o troco da vida e não vamos precisar nem ficar sabendo disso.

    É o que sempre digo pra mãe, a gente não precisa ver, porque quem precisa ver tá enxergando tudo... e muito bem! E é lá que essa pessoa vai ter de prestar contas!

    A gente não se vinga... mas também não é bobo, né? rsssss

    ResponderExcluir
  17. andreé, meu amigo,
    os chineses têm um provérbio sobre a vingança que reza mais ou menos assim: antes de partires para a vingança, cava duas sepulturas.
    abraço!

    ResponderExcluir
  18. Meu amigo André, Sábias palavras suas. Não tenho a menor dúvida que aqui se faz aqui se paga. Ninguém passa por essa vida impune diante das atitudes incorretas e desonestas que cometeram ao longo de suas vidas. Essa é uma certeza que trago comigo e que tantas vezes vi acontecer. Cada colhe exatamente aquilo que plantou. Amigo, um grande abraço e parabéns pela maneira sensata e inteligente com que colocou sua visão sobre o tema que abordaste.

    ResponderExcluir
  19. Entre verdades e bobagens que li eu cito a Bíblia fonte de sabedoria. Não vos vingueis a vós mesmos a vingança é minha, assim diz o Senhor.

    E qto ao ser humano, funciona assim: Dois amigos (exemplo) um compra um carro para o comprador é benção para o amigo o outro é invejoso, ganacioso etc. Com problemas? passando por lutas, se for o outro está pagando a lingua ou colhendo o que semeou, Doente? provação o amigo ta pagando por algum mal que fez.

    É batata...rs...qdo o negócio é com a gente o discurso é muiiiiiiito diferente.

    Deus cansou de ver isso, o Jó que o diga.

    Abraço

    ResponderExcluir
  20. Oi Andre,

    concordo contigo, só acho perigoso cairmos na história de que existem "mocinhos" e "vilões" na vida. Todos nós erramos, isso é um fato. Todos nós já magoamos ou vamos magoar alguém, ainda que sem intenção. E vamos ser magoados, feridos. Vamos nos decepcionar. As pessoas, às vezes, por estarem mal, acabam machucando os outros e mostram sua pior face. Isso é muito triste, porque em geral, são pessoas que admiramos, que temos em alta conta. Mas, é a vida... Continuemos a caminhada. É preciso apenas tomar muito cuidado para que nossos erros se tornem irremediáveis.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  21. Fato! O mundo da voltas e eu já pequei na vaidade de ver a vida dar o troco assim por dizer.
    Bjos e bom final de semana

    ResponderExcluir
  22. Para muitos, aqui se faz, aqui não se paga.

    ResponderExcluir
  23. é purê de batata pra quem tá frita.

    ResponderExcluir
  24. Que dom de escrever textos maravilhosos você possue!
    Parabéns *:
    Adorei.

    ResponderExcluir
  25. Ou desculpe não falei do texto só do que penso. É o único Blog que me faz voltar todos os dias. Admiro as verdades e rio das bobagens.

    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  26. É verdade sim, André. Nossos antepassados criaram esses ditados com a sabedoria que a vida lhes deu. Alguns acreditam que não, ficam observando se o outro vai cair, o que é tolice. Não sabemos o que se passa no interior das pessoas e nem sempre a queda se dá na forma como o vingador as idealiza.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  27. Tem vezes, realmente, em que pessoas mostram suas faces, uma das tantas que temos, e a forma mais sutil de o fazerem é dando um tapa e jurando que não tem braços. Assim são as pessoas, assim também é a vida, tudo boiando em um enorme caldeirão. Andamos mal por isso, digo para que não fiquemos de mal conosco às custas dessas mesmas sutilezas e metáforas escorregadias, abramo-nos...
    Abraços amigo!

    ResponderExcluir
  28. Gostei da citação do Jorge, de nada adianta a vingança, só faz nos afundarmos mais no ódio e é um ciclo interminável, ótimo tento Dedé, como sempre.

    Neste mês de fevereiro estarei realizando algumas mudanças no meu blog, mas logo estarei de volta, não me abandone em cabeçudo! kkk

    ResponderExcluir
  29. Bom dia amigo, amigos, eu pratico essa filosofia da sua avó meu caro Mansim, sempre estou deixando pra lá certas atitudes que vem recheadas de maldade ou simples erros mesmos, e seguindo em frente.

    Minha patroa fica pra morrer muitas vezes dizendo que eu sou tranquilo demais, que a minha frase preferida é "Não tem problema", mas eu insisto com ela: Desejar mal para alguém é como tomar veneno querendo que esta pessoa morra, e isto não tem lógica nenhuma.

    Na minha vida tudo que puder ser feito com amor, com carinho, alegria, eu aprecio, mas o que é negativo eu simplesmente deixo de lado. Em suma eu sempre penso: o amor já está cheio de ódio demais, eu não vou colaborar para que este tsunami siga crescendo e colhendo as pessoas.

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  30. se todo mundo fosse pagar tudo de errado que tem na vida, acho que por um bom tempo ninguém morreria...Mas uma coisa é certa, violência traz mais violência, ódio traz mais ódio, e assim por diante...

    ResponderExcluir
  31. Caro amigo André, apesar de vc ser evangélico esse seu texto foi uma verdadeira aula de catequese pois, é justamente isso que eu ensino p/ meus catequisandos! Claro que a maioria por ser jovem acaba descordando e nos dando exemplos que eles gostariam de "devolver na mesma moeda"o mal que lhe fizeram. Apesar de não ser nada fácil, fazer o que vc escreveu é a coisa mais certa e inteligente a se fazer.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!