quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Bacalhau do mestre André


Eu já falei aqui no blog que gosto de cozinhar, e geralmente as pessoas que me conhecem adoram que eu faça isso! Então eu acabo achando que ou eu sou bom cozinheiro ou as pessoas é que são muito gente fina e comem mesmo sem gostar! Mas como nunca sobra nada no fundo da panela, então vou ficar com a primeira opção.
Geralmente eu invento as minhas receitas, na verdade 99,99% delas são inventadas, mas é lógico que você que gosta de cozinhar, deve sempre acompanhar alguns programinhas culinários e ler alguns livros de receitas para assim, no dia em que for fazer alguma coisa, você já tenha uma base do que quer criar.
Vou ensinar um bacalhauzinho que eu inventei esses dias, podem fazer que é muito gostoso, depois me contem o resultado.
Primeiro passo! Coloquem uma música bem gostosa e que te faça feliz. Se gostar de tomar um vinho, ou uma cervejinha, coloque um copinho ao lado e vá dando umas bicadinhas enquanto cozinha.
Dessalgue o bacalhau, pode até ser aqueles bacalhaus esfarrapados que se vende na banca de bacalhau, sabe aqueles pedacinhos que vão sobrando e você compra picado? Então, pode ser aquele. Compre mais ou menos um quilo e meio, calcule mais ou menos pelo tamanho da receita que quer fazer, e pelo tamanho da forma que vai utilizar pois esse bacalhau vai ao forno.
Cozinhe o mesmo peso do bacalhau, em batatas, se for um quilo de bacalhau, é um quilo de batata, entendeu cabeção?
Amasse as batatas cozidas e reserve, depois refogue o bacalhau com azeite virgem, (não use o extra-virgem, porque este tipo de azeite é só pra finalizar o prato), acrescente pimenta vermelha, cebola, alho a gosto (pelamordedeus não use aqueles temperos de alho prontos, aquilo deveria ser banido do mundo), quando o refogado estiver quase pronto acrescente tomate e azeitonas e deixe cozinhar até a água do tomate sumir.
Dê outra bicada no vinho! Troque o cd, dê um beijinho na sua esposa ou marido, faça uma gracinha pro seu cachorro, coce (com o pé) a barriga do seu gato que está deitado do seu lado com cara de pidão. E continue que ainda falta um pouco.
Retire 5 gemas de ovo (para 1 quilo de batata), amasse as batatas com a gema. Acrescente metade do bacalhau refogado e misture tudo até virar uma massa “liguenta”, bata as claras dos ovos em neve. Depois junte as claras aos poucos na massa, certificando-se que ela fique fofinha. Se ela ficar muuuuuuito molenga, coloque umas pitadas de farinha de trigo, mas acho que não vai precisar. Unte uma forma pequena e altinha e coloque uma camada dessa massa no fundo e subindo pelas paredes da forma, aí coloque o restante do bacalhau refogado. Coloque azeite (agora o extra-virgem), e cubra o bacalhau com o restante da massa, fazendo assim um tipo de uma torta.
Leve ao forno médio por uns minutinhos até dar uma dourada. Enquanto isso, dê outra bicadinha no vinho ou na cerveja, dê mais um beijinho na esposa ou marido, balance o nenê! Agora que não vai mais mexer com a comida você pode fazer um carinho no cachorro e no gato. Pronto!
Sirva-se primeiro senão você vai ficar sem!



54 comentários:

  1. Oba, peguei o post saindo do forno. Cara, você é um cara prendado, bom desenhista, escritor, blogueiro, e cozinheiro, né pra qualquer um não, kkkkk. Em relação a cozinha, sei fazer alguns pratos, mas confesso não ser bom de garfo, e de cara não curto carne, então fica difícil gostar de cozinha, mas acho o máximo um cara que entende de culinária. Parabéns pelos dotes.

    Abração pra ti mano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahhaha Valeu Chengão!!!!

      Excluir
  2. Olá!Boa noite!
    Meu amigo André...ah eu gosto de cozinhar ( aprendi quando tive que morar sozinho, grana curta, ou passava fome ou cozinhava).Não faço muito pratos sofisticados como este seu bacalhau ...mas vou copiar e fazer! Só não entendi bem, é um quilo de batata para o que mesmo?rsrs
    Quando eu estou na cozinha, faço o mesmo que você: dvd/cd ligado, bebida à vontade, uma mexida no "bingolim" do meu gatinho(de estimação) com o pé, etc etc...
    já estou num estágio bom, igual á você,sabendo escolher bem os ingredientes e olhar a receita mais para tirar dúvidas, o resto é na raça mesmo.
    Bem ...como sei que vc é são paulino, o Ira é uma boa pedida!
    Obrigado!
    Boa sexta feira!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Felisão! Mais um cizinheiro blogosferico!

      Excluir
  3. Aaaadoreeeiii e tb gostei da dica do azeite, não sabia....mas pergunta que não quer calar: TA PRONTO POSSO COMER? que horas é para ir? RSRSRSRS....

    ResponderExcluir
  4. Dedé, tudo bem?
    Fala Chef! haha

    Não gosto de cozinhar, embora saiba; mas vou mostrar para o Pedro, meu marido, que é o cozinheiro oficial aqui de casa, acho que ele vai gostar da dica. Já que não poderemos ir aí provar, vamos ver se ele faz aqui haha

    Abração e fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  5. Adorei!!! Gostamos muito de bacalhau aqui! Na próxima, avisa, chegamos ,Kiko,Neno, eu,Cuca ...rs tá bom?

    Boa receita!!Te mete com o Chef Mansin!!!

    abração,chica

    ResponderExcluir
  6. hahahaha a descrição já mostra o tempero do sucesso dos seus pratos...rs
    Cozinhar é uma das minhas terapias. Adoro.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo uma terapia! Valeu Thereza!

      Excluir
  7. Olá! Nossa adorei seu blog, a receita, a alegria e o carinho com que foi preparada...
    só isso já valeu!
    Adoro cozinhar! E achei graça quando mencionou o gato e o cachorro...lembrei-me dos meus!
    abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mariangela! Seja bem vinda!!!

      Excluir
  8. Olá Andre!
    Amei seu blog,a receita e a alegria que emana este espaço é contagiante!!!!Quero voltar sempre aqui.

    http;//cacaujafet.blogspot.com
    bjossss de luz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Cacau! Seja bem vinda sempre!

      Excluir
  9. Hahah... me diverti imaginando você cozinhando! Pq não fez um vídeo? rsrsrs
    Aliás, bem podia fazer um encontro de blogueiros e por em prática suas habilidades pra nós hein!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Eu também sou prendado.
    Faço sopa de cebola.
    Abro o garrafão e encho o copo.
    Pego a tesoura e corto o pacotinho.
    Despejo dentro da panela com água e mecho um pouco.
    Deixo ferver e está pronto.
    E também consigo fazer miojo lamem...aquele que já vem com tempero e alguns outros pratos que já vem no pacotinho.
    Não sobre nada nem no garrafão.
    Deixando a brincadeira de lado, copiei a receita completa para a Landa, ela gosta de cozinhar e de boas receitas como a sua.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tio prendadão! Pelo menos sabe onde vende um vinho bom!

      Excluir
  11. Nossa senhora que deeicia. Na minha casa (familia de portugues) tem bacalhau em toda festa de tudo quanto é jeito. Vou fazer esse e depois te falo. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahhahahahha fala sim camilinha!

      Excluir
  12. Gostei do texto, ficou bacana a receita em forma de crônica. E ainda bem que é para coçar a barriga do gato com o PÉ ahahahahahah
    Não gosto de bacalhau, mas aceito colocar o cd pra tocar e tomar um bom vinho. Quem sabe uma próxima receita? hehehe
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahhahahahahhaha tenho ciúme dos meus cds mas um dia coloco pra vc escutar!

      Excluir
  13. Deu vontade de comer, mas de fazer não D:
    Não bebo, não tenho marido e nem cachorro nem gato! kkkkkk
    Deve ficar muito bom isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lala arrume um gato! Eles não dão trabalho e são ótimos amigos!

      Excluir
  14. André, essa é uma faceta do amigo que acabo de descobrir. Boa, viu André. Seria interessante o amigo, vez ou outra, publicar aqui um pouco de sua seleção de receitas culinárias. Acredito que o pessoal tenha gostado. A julgar pelos comentários aqui, penso que sim. Definitivamente caro André, o seu blog não tem rotina, por isso não é cansativo, sempre tem algo que nele nos atrai a uma boa leitura. Mas a ideia de publicar uma receita por aqui, vez ou outra é seria, viu. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu PCzão! No encontro de blogueiros quando tiver eu faço uma comida pra gente, hahahahahahhaha.

      Excluir
  15. Mestre... humildade pouca é bobagem... hahahahahahahahahha... meu caro André! Mas a receita parece mesmo deliciosa, ainda mais com toda essa ambientação! Muito bom! Excelente sacada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou humilde sim Belzinha, hahahahhahahahahahhaa.

      Excluir
  16. Olá André, tudo bem?
    Cara primeiro devo dizer que o seu processo "paralelo" de executar a receita, coisas como dar uma beijo na esposa, beber uma cerva gelada ao som de Stones ou de um bom blues, eu também faço por aqui e creio que com isso passamos até uma energia positiva para o alimento que será consumido. Mas essa receita é boa mesmo meu chapa! Salvei aqui o link para depois passar para o meu mulambo caderno de receitas, rsrsrsrsrrs... Boa pedida!

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O processo paralelo é o melhor de tudo Flavito!

      Excluir
  17. Obs: André meu caro, sei que como eu curte o blog da Laurinha, o Humornegrosemcensura. Só que ela fechou o blog e criou um novo espaço, porém não vi nenhuma opção para fazer comentários, é isso mesmo? Como ela está se comunicando com os leitores você sabe?

    ResponderExcluir

  18. Olá André,

    Adoro bacalhoada e este seu bacalhau deve ficar delicioso. Vou experimentar, mas quem vai fazer é a minha secretária para assuntos domésticos, pois não
    tenho o dom da culinária (rsrsrs).
    Meu irmão é como você. Adora cozinhar, mas não dispensa a cervejinha gelada
    enquanto prepara a comida.

    Abração e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahhahahahahhaha depois que ela fizer me fala Verinha!

      Excluir
  19. Que gostoso o seu bacalhau, deve ser até cheirosinho...

    ResponderExcluir
  20. Se não fosse pelo bacalhau, eu que não tenho intimidade nenhuma com a cozinha, iria tentar fazer o prato. Acho que eu me tornaria um chef de mão cheia se todas as receias fossem iguais a esta. Excelente texto André!!!

    http://sublimeirrealidade.blogspot.com.br/2012/08/monty-python-em-busca-do-calice-sagrado.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas todas as receitas são iguais a essa Brunão! É só vc adaptálas!

      Excluir
  21. Bacalhau com amor. Seu desejo de cozinhar e espaços de tempo para quem ama. Assim, qualquer prato fica saboroso. Bjs.

    ResponderExcluir
  22. Oi amigo,

    Tudo bem? Não sei cozinhar nem arroz e aí nem adianta tentar. Que delicia deve ter ficado, mas vou ficar sem grandes comentários porque a minha especialidade seria degustar, mas a distância não permite. Então só aqui no delírio.

    Beijos e boa semana!

    Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahahahhahaha Lú, vc não é uma menina prendada!

      Excluir
  23. hahahahaahahahaha... adorei essa receita leve e descontraída! Pô, só é uma pena que eu não tenha jeito pra coisa. Puxa vida, Dezinho, eu só cozinho o básico do básico. Meu tempero é gostoso, mas não tenho paciência para cozinhar. Eu sempre digo que se amélia que era mulher de verdade, então sou totalmente fake! rsrsrs

    Abração em todos aí!

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só ir fazendo e aprendendo Jó!!!

      Excluir
  24. Interessanto o que me contou sobre o livro. O tema é dificílimo de ser tratado.
    Tenha cuidado.
    É muito fácil agirmos como nazistas neste mundo supostamente em paz.
    Suposta mente em guerra.

    ResponderExcluir
  25. Ual!
    Adorei a dica.
    Vou passear por aqui volto
    pra comentar.
    Bjs entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  26. xii!!!confesso que odeio bacalhau!rsrs mas a parte das bicadinhas no vinho gostei!!rsrs Isso sim eu gosto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é boba não hein Denise!

      Excluir
  27. Gostei. Nunca se sabe se não lhe venho roubar a receita. Só não o faço já porque ela apresenta uns quipróquós que não sei como resolver. A saber. Não bebo. Nem cerveja nem vinho, sou completamente abstémia. Depois, não tenho cão, e apesar de se dizer que quem não tem cão caça com gato, também não tenho gato...
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahhahahahahahha mas em compensação o bacalhai aí no seu país é o prato de quase todo dia! Hahahhahahahahahha.

      Excluir
  28. Anônimo20.9.12

    Como nossa vida e interessante. Há 11 anos conheço o André e nesses anos, todo mês sempre que ia a cidade de Barretos e eu o encontrava, gostávamos de contar piadas, mas eis que um dia um novo assunto surgiu, CULINARIA! E hoje quando nos encontramos, tive a grata surpresa de saber que ele tinha esse blog. Isso é que tornam a nossa vida interessante, as surpresas, as boas novas de saber que um amigo (me permita) tem esse dom maravilhoso de colocar uma receita de um modo mais aprazível. Abraços e no mês que vem além das piadas, novas receitas.
    Sabbag

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahha verdade Sabbag, mas eu sou apenas um cozinheirinho esforçado se comparado a sua categoria culinária!!!! Um abraço!

      Excluir
  29. Oi, André
    O Christian V. Louis me indicou esse texto para leitura e eu vim conferir!
    Fiquei com água na boca, já vou me organizar aqui pra fazer essa sua receita no fim de semana.
    Bem, os ingredientes todos não sei se vou conseguir, com certeza vou ter que adaptar a receita sem gato e cachorro, mas acho que dou um jeito com o restante. Rsrs
    Adorei conhecer o seu blogue e será uma prazer a companhar as suas publicações.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!