domingo, 5 de fevereiro de 2012

Fogo cruzado

Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga!
Não queira ser o salvador do mundo.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
As injustiças acontecem a todo momento em todos os lugares!
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
Você pode ter um bom coração, mas não traga pra sí os problemas do mundo.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
Faça o melhor que puder sem pisar e nem maltratar ninguém.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
Mas não entre em batalhas perdidas, não lute por ideais alheios e procure o melhor pra você.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
Muita gente pede ajuda e depois te abandona no campo de batalha.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
Do mesmo modo, não queira incluir pessoas nas suas mazelas.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
Porque você também tem sua pele pra salvar!
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
E cada um tem seus sentimentos e pensamentos.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
E não se esqueça que você pode procurar um companheiro para lhe justificar ou justificar suas atitudes.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
E assim talvez não encontre ninguém.
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.
E assim descobrir da pior forma que:
Na hora do fogo cruzado, ninguém comprará sua briga.

17 comentários:

  1. Dedé, tudo bem?
    Amigo, me pareceu letra de música! Já pensou musicar esse poema? Nossa! Ia ficar show!

    Concordo totalmente, ainda que acho que devamos lutar pelas coisas justas, mas..., infelizmente, sem esperar companhia.

    Abração aos três e ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. bah, perfeito o que a Cissa falou, parece composição musical.

    Show de bola.

    Nos churrascos, na cervejada, os ditos amigos estão sempre do nosso lado. Já na hora do fogo cruzado...

    Te mandei um e-mail com uma ideia. Lê e depois me diz o que acha.

    Abração.

    ----
    Site Oficial: JimCarbonera.com
    Rascunhos: PalavraVadia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Na hora do "pega pra capá" só fica ao nosso lado quem nos ama de verdade.O resto? Faz uma banana pra nós... Legal teu texto!abração,chica

    ResponderExcluir
  4. Resumindo, quando o bixo pega é vc que tem que "arregaçar" as mangas e lutar. É ai uqe vc descobre quem realmente é teu amigo! Por isso é bom já estar preparado.

    ResponderExcluir
  5. Na hora do fogo cruzado a briga é só minha! Bom, começa que jamais colocaria outra pessoa numa situação assim... uma por respeito ao outro e outra porque quem me ama sou eu.

    Bom, na hora do fogo cruzado a gente aplica 2 no Grêmio em pleno Olímpico, jogando com reservas! hehehehehehehe

    ResponderExcluir
  6. Oi amigo querido,

    Tudo bem? Show o texto. O que posso te dizer? Sou daquelas que entra em fogo cruzado, sempre. Estou sempre falando para mim que não posso mais assumir os problemas do mundo como meu, mas nem sempre consigo. Estou disponível para o mundo e aí as vezes vou com os amigos até o inferno, embora, já tenha andado por lá sozinha, aliás com Deus que tem me permitido sair ilesa.

    Boa semana! Beijos a você, a sua amada e o seu amadinho.

    ResponderExcluir
  7. Já passei pelo cruzeiro, cruzado e cai no real. Na hora do fogo cruzado "Deus proverá".

    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Este é outro assunto muito polemico e controverso meu caro André desde os tempos mais remotos os que se puseram na linha de frente sempre para defender uma causa, ideal ou conceito acabaram pagando o preço.
    Mais recentemente aqui em nosso chão muitos pereceram lutando por ideais e sucumbiram nas guerrilhas até no Araguaia e os que fugiram do páu e não ficaram no fogo cruzado foram para o exterior, hoje se gabam posando de heróis sentados nos tronos e não tiveram a coragem de realmente fazer aquilo pelo que os mortos lutavam.
    Os que diziam lutar contra o capitalismo selvagem o enriquecimento de banqueiros e tantas outras mazelas como o desvio do erário hoje são mais corruptos que os que passaram, criaram leis que facilitam ainda mais suas roubalheiras e se fazem passar por bons moços até processando aqueles que tentam denunciá-los.
    Não defendo este ou aquele idealismo ou modo de governo, porém mesmo que não se concorde com seu ideal só se pode seguir mesmo alguém que fique no meio do fogo cruzado em sua frente como Martim Luther King, Gandhi, Che Guevara, El Cid (até Fidel que nunca fugiu do páu) e uns poucos outros.
    Os pelegos alcançaram o poder.
    Com a desculpa de homenagear os que realmente caíram no campo criaram a comissão da verdade para faturar alto e fazer a sociedade pagar por sua estadia no exterior e tentar se vangloriar dos feitos alheios, posando de heróis.
    Os pelegos alcançaram o poder.
    Não sei se é poesia, musica ou crônica seu belo texto, porém cada um olha por um prisma, talvez o meu seja um tanto azedo pelo humor de tantos anos assistindo as mazelas em ditaduras, democratismos e por último curralcracia.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Eu apaguei o outro post. Não tava muito no clima de poema, queria postar um conto. hehe

    Cara, você tá certo, ainda mais no Brasil, o cara não seria preso de imediato por aquilo. Seria julgado e provável que pagaria alguma coisa por delito corporal e pronto. Ainda mais que era réu primário. Pisei na bola. Ainda bem que me alertou.

    Alterei o final. Agora aquela frase onde o cara diz está encarcerado modifiquei para essa aqui: "Levaram-me para depor no dia seguinte, enquanto tomava café da manhã no restaurante do hotel. Hoje, moro com a minha mãe e aguardo julgamento."

    Abss!

    ResponderExcluir
  10. Olá André,

    Tenho este péssimo hábito de pegar os problemas dos outros para tentar resolver. Resultado: fico com os micos todos nos ombros. Quando preciso, tenho que me virar.
    Creio que ajudar é importante, mas sem se envolver em demasia.
    Na verdade, só compram nossas brigas aqueles que realmente nos amam.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Eita, Dezinho... vc mudou o rumo da prosa. Ops... mudou o estilo, quis dizer. Ficou legal, visse!? Gostei.

    A verdade é que não dá pra fazermos as coisas pensando que teremos retorno, pois na maioria das vezes nos frustramos, né!? Infelizmente, na hora do pega pra capá, só nos resta a nós mesmos! É...

    bjinhos pra vc, pra Andreia e pro Samuelzinho
    JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  12. Triste realidade!
    A gente faz, faz, e de repente acaba abandonado no meio da confusão.
    Gostei do texto assim!
    Beijos

    http://giselecarmona.blogspot.com/
    @giselecarmona

    ResponderExcluir
  13. Olá André...
    Verdade...na hora do fogo cruzado ninguém compra nossa briga...então melhor evitar se meter onde não é chamado....Adorei tudo por aqui...
    Beijos!
    San...

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde meu amigo querido!
    Como gostei da tua visita lá no meu cantinho,e por cima ainda gostou do post...e a música hém arrazou,kkkkkkkkkkkkkkkkk
    e aqui vejo que seu texto é dentro dos dias atuais...
    bjssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  15. Se pensarmos sempre assim, o egoísmo, que já domina os seres humanos, ainda encontrará justificativa para sua manutenção. Independente da falta de retorno, não podemos ficar insensíveis diante das injustiças.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Olha se eu for pensar assim, eu não seria eu, na hora de alguma briga da família, sou sempre eu que resolvo, certa vez minha irmã, entrou em atrito corporal com a nossa mãe (é isso mesmo, uma bateu na outra... rsrsrs) e eu tive que sair da minha casa, pegar dois onibus e ir lá resolver o assunto, pois minha irmã mais velha é uma banana e podre, bem, depois de tudo resolvido, adivinha pra quem sobrou EU! É mole, saio da minha casa e ainda levo a culpa... rsrsrsrsrs... meu marido diz que sou boba, mas não é isso, eu não sei dizer não a um pedido de ajuda e quando o negocio é injustiça, aí mesmo tem que ter alguém pra mim segurar, certa vez estava no onibus e vi 3 casais de velhinhos entrar, levantei e dei meu lugar a um deles e somente um permaneceu em pé, e tinha uma menina sentada bem em frente ao velhinho, ahhh não perdi tempo e mandei a cosinha se levantar, ela falou algumas palavras do tipo que estava cansada e tal e eu disse que ela não estava ais cansada que aquele senhor que aparentava ter uns 80 anos, ela fez cara feia e deixou o senhor se sentar... eu hein, cara de pau! (ela ou eu? deve estar pensando?...kkk) Bjs

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!