quinta-feira, 5 de maio de 2011

Frida e seus tic tics

Hoje na hora do almoço eu fui deitar na rede lá na varanda e a Fridona foi atrás, (tic tic tic tic tic), esse é o barulho dela pesadona quando as unhas batem no piso. Sempre que eu deito na rede ela não perde um minuto longe de mim ou da Andréia minha esposa, se a gente vai pro fundo do quintal ela vai junto, se a gente vai na garagem ela vai junto, se a gente vai na lavanderia ela vai junto.
Ontem a Frida estava deitada no halzinho que tem na frente da minha casa e derrepente ela levantou as orelhas, começou a abanar o rabão, e correu para o portão, aí ela correu até a porta e correu para o portão de novo... Demorou uns dez segundos e minha esposa chegou de carro. Eu fiquei pensando como é que ela sabia identificar qual era o barulho do nosso carro, pra mim é tudo igual, mas ela nunca erra de jeito nenhum, ela conhece o andar da minha mãe quando ela vem nos visitar (minha mãe mora na casa ao lado), ela sabe muita coisa que nem imagino como, uma outra coisa que ela sabe mais que qualquer pessoa é dar carinho e atenção pra gente, levantar o nosso astral em todos os momentos em que tem oportunidade, e o legal é que ela procura essas oportunidades estando sempre a disposição de uma brincaddeira ou de uma esfregadinha nas pernas da gente, ou de buscar a bolinha pra gente brincar com ela. Ela quer estar perto da gente e faz questão de mostrar pra gente que a gente é importante ela!
E nós? Nós mostramos sempre que as pessoas que amamos são importantes pra gente? Nós ligamos apenas pra dar um olá? Nós desejamos estar perto nem que for pra jogar uma conversinha fora? Nós nos fazemos úteis quando nossos amigos estão tristes? Damos apoio? Damos atenção?
E nós?
Eu deitei na rede e a Frida veio, (tic tic tic tic), o ruim é que ela fica ligada com o que se passa no portão, então de minuto em minuto ela se levanta e vai no portão (tic tic tic tic), dá uma olhada, uma latida ou rosnada e volta pra deitar do meu lado (tic tic tic tic),isso vai irritando e eu dei um esporro nela!
- Caramba Frida, fica quieta aqui ou vai lá pro portão!
Lógicamente que ela ficou do meu lado, mas teve um momento que os meninos que jogam aqueles papéis de promoção de mercado apareceram no portão e a Frida ia se levantando mas quando ela olhou pra mim ela ficou quieta e deu um suspiro de tristeza, eu não aguentei... - Vai lá caramba, eu sei que você adora latir pra esses meninos... (tic tic tic tic), ela foi latiu e (tic tic tic tic), voltou abanando o rabão toda feliz!
É... ela me ama mesmo quando eu estou rabugento querendo dormir, como é que eu não vou amá-la e aceita-la do jeito que ela é, mesmo com seus (tics tics tics tics), as vezes penso que se aceitassemos todas os defeitos dos amigos que temos desse jeito que a Frida aceita os meus seria tudo muito melhor...

25 comentários:

  1. Nossa André, muito verdade isso!!! SE todos os "tic-tic-tic" dos outros pudessemos respeitar e nos respeitar.
    E então quando pedimos para parar? Quem são os amigos que entendem? E quem são os que entendem quando pedimos perdão, assim como você fez com a sua cadelinha e ela voltou feliz e abanando o rabinho por você a ter aceito?
    É amigo...
    Está atualizado lá, dá uma visitada, eu estou com outro texto também pra colocar sobre uma experiência que tive hoje.
    Quando eu colocar eu te aviso.
    Bjus e que o Senhor Jesus Cristo venah te abençoar muito.
    www.paginazabertas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Geralmente, quem tem cachorro reconhece essas peculiaridades caninas, quando se está atento a elas.

    ResponderExcluir
  3. rssssssssssss...conheço muito esses tic,tic, tics....

    Aqui tenho a CUCA e faz esses barulhinhos no piso...

    Aqui ela tem a janela apenas onde se debruça pra olhar os cachorros no pátio vizinho...

    Ontem eu estava fazendo umas "artes" com tintas e sentada no solzinho.

    O diabo do meu relógio fazia o reflexo com o sol pelas paredes, conforme me mexia...

    resultado: a doidinha corria pra cá e pra lá.Tive que tirar o relógio,srsr

    Eles são uns doces.Adorei ver a tua FRIDA!!!

    um lindo fds,abração pra todos aí e pra tua esposa, um lindo dia das mães...chica

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    O canino daqui de casa também é desse mesmo jeito!
    Parece gente! >.<"
    Mas quem ía receber o pessoal no portão era meu gato!
    Õ_ô'
    Aquele gato tinha espírito de cão!
    kkkkkkkkkkkk
    Adorei o texto Andre.
    Abraços e ótimo final de semana meu querido!

    ResponderExcluir
  5. O MELHOR AMIGO DO HOMEM

    PARADIGMAS

    ResponderExcluir
  6. Uma realidade: o entendimento canino, muitas vezes, ultrapassa o nosso, por mais que nós não gostemos de admitir isso... - rsrs

    Gosto desses teus artigos que retratam cotidiano e relações. tudo sempre de forma tão irreverente. Beijo, André!

    ResponderExcluir
  7. Emilia Vaz6.5.11

    Tadinha da Frida, quase chorei imaginando o esporro que tu deu nela...Aff!To tão sensível que ando chorando no comercial de margarina e agora esporro em cachorro!rsrs
    Bom fds,Andre,bjk

    ResponderExcluir
  8. Esta Frida!
    Precisa cortar as unhas porque atrapalha, fale para seu dono que é 'também' por isso que você cavouca o quintal... Para gastar as unhas.
    Fale para seu dono que você é doméstica e vive em um ambiente limpo de piso liso por isso suas unhas crescem e ficam fazendo tic tic tic rsrsrs(existe uma tesourinha especial para caninos, mande ele falar com o veterinário), ou então mande fazer dois pares de sapatinhos para você.
    Obs. Antiderrapantes.
    De qualquer forma se ele te ama já é meio caminho andado, tenho certeza que ele vai pensar no assunto.
    E você andará tranqüila, feliz e silenciosamente pela casa.
    Estes donos!

    Hugo.

    ResponderExcluir
  9. hahahahahhahaha...
    De "tic-tic a tic-tics" esses nossos leais amigos de 4 patas vão nos deixando cada vez mais apaixonados.

    A verdadeira amizade, o verdadeiro companheirismo, que não exige quase nada em troca, são revelados nos animais de estimação.

    Admiro muito quem preserva tal amizade.
    É pra sempre...

    Forte abraço,

    ResponderExcluir
  10. Oi Dedé!
    Pois é, o que falta muitas vezes é o básico, a gente se importar um pouco em manter as amizades, as relações, é fundamental. E a Frida sabe fazer isso muito bem! Meu gato Lito também!

    Muito obrigada amigo, pela atenção na entrevista no site do Paulo Cheng! E os parabéns pelo meu niver! De coração!!!

    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. eu não gosto muito de cachorro mas temos que respeitar os animais , acho um absurdo coisas que fazem com eles que são indefesos ...

    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. André, entendo bem o que você escreve, pois tenho dois cães maravilhosos que me aceitam do jeito que sou, amor incondicional.

    ResponderExcluir
  13. Adoro bichos! Cachorros e gatos, companhia pra todas as horas!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. adoro o post!

    amo bichos... tenho 2 dogs (e a da foto do post é lindona!!!!) e 2 cats... amoooooooo
    são amigos p sempre

    bjus
    www.blogdatruzzi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Não consigo viver sem animais!

    É essa forma "pura" de convivência, q nos faz amá-los e admirá-los!

    Frida é um desse admiráveis!

    ResponderExcluir
  16. André,
    Claro que você já deve ter assistido ao filme "Marley e Eu", uma história verídica.
    Há um momento no final do filme, onde o Marley está velhinho e a morte é certa, em que o dono diz a ele uma coisa que todos precisam pensar:
    "Você nos amou todos os dias".
    Os cães são assim, sempre com o rabinho balançando pro dono e isso não te preço.
    É exatamente o que acontece com a Frida não é mesmo?
    Abraço e bom final de semana.

    A propósito, o meu também é muito grudado em mim e na minha esposa.

    ResponderExcluir
  17. Você com certeza já ouviu essa frase: os nossos melhores e verdadeiros amigos são aqueles que nos conhecem tão bem que sabem de todos os nossos defeitos e mesmo assim continuam sendo os nossos melhores amigos!

    Pois é, essa frase foi feita para seres iguais à Frida, com toda a certeza do mundo!

    Abraços meu amigo!

    ResponderExcluir
  18. Cara, esse teu relacionamento com tua cachorra com certeza é enredo pra um bom livro, é muito legal e qualquer dia desses ela vai estar falando, quer apostar?kkkkkkkk.

    Penso também naquele lance André, do livro, mas o conteúdo seria os textos que posto lá no site, mas preciso escrever ainda muita coisa, e separar em capitulos.

    Um abração pra ti e bom fim de semana pra vcs.

    ResponderExcluir
  19. muito bom post falando de seu animal de estimação deve ser brava por ser pesada auhuhashauhsa

    ResponderExcluir
  20. Linda sua Frida. Os cães são os melhores amigos dos homens mesmo. Encaram-nos como o líder de sua matilha e são extremamente fiéis. Tive um cão também, o Quincas Borba, faz alguns mêses que ele morreu, mas ainda sinto o tic tic ... de suas unhas no piso quanto eu chegava do trabalho... Tudo isso recordei aqui, obrigado por isso!!!
    Me emocionou, cara!!! Texto lindo!!!
    http://cronutopia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. André o/
    Olha não é só você que fica furioso com esse tipo de coisa na blogsfera. Acho que todo mundo que possui um blog decente do qual dá o sangue(rs) no seu blog pensa a mesma coisa.
    Olha muito obrigada pelo elogio e sim eu procuro tomar o máximo de cuidado para fazer postagens legais. Quando posto cosplay então..as pessoas nem imaginam o quanto demoro para decidir o personagem e selecionar as melhores fotos em meio á tantos cosplays bons!
    Mas digo o mesmo sobre o seu blog. Até hoje eu admirei TODAS as suas postagens. Eu vejo o quanto você se preocupa em fazer postagens legais também e vobtém êxito, pode ter certeza. Até hoje lembro da referncia á "crise signal" ou do carinha que tinha grana sem nunca trabalhar.
    Por favor, não pense em acabar com o blog..ae fizer isso será uma grande perda para todos os blogueiros que gostam de material com qualidade! Continue dom ele pois você tem uma identidade literária impar!

    E a Frida..olha eu estou encantada com ela! Essa sua dogue alemã (essa á mesmo a raça dela ou me enganei?) é uma criatura sem igual! E ela te compreende perfeitamente! Fiwuei encantada com ela, lembra muito o Tampinha, o cachorro do meu padrasto rs.

    bjs e bom domingo!

    http://www.empadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. André, adorei esse post (pra variar, né? Adoro tudo que vc escreve. Aliás também acho que todos os seus leitores já caíram de amores pela Frida. Ela é uma gracinha!!!

    ResponderExcluir
  23. Adoro suas crônicas sobre as trivialidades da vida e gosto muito mais, ainda, das suas conclusões, sempre do bem. Hoje vou dar Parabéns a duas pessoas e não só a você, à sua mãe por ter te oportunizado desenvolver este lado "gente boa" que você tem e a sua esposa por te dar espaço para continuar assim.

    ResponderExcluir
  24. Grande André, sempre consegue criar ótimos textos com a Frida, concordo totalmente com você, pequenas situações como a descreveu, nos fazem refletir e pensar se realmente estamos dando a devida atenção a quem ou que aquilo merece, como no caso dos nossos amigos, os quais sem dúvida a relação entre os mesmos seria ainda melhor se soubéssemos aceitar mais as diferenças e peculiaridades de cada um.

    Grande Abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!