quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Promessas de ano novo




- Papai o que é ano novo?
- É... Como eu posso te explicar? É... O ano novo? O ano novo é um ano que começa quando o outro termina...
- Mas os dias não começam todos os dias depois das noites? Como a gente sabe que é ano novo?
- É que nós contamos o tempo através de um negócio que se chama calendário...
- Ah... Aquele que tem alí pregado atrás da porta?
- Isso! Então; esse calendário tem 365 dias, que formam um ano. Quando passam esses 365 dias, o ano acaba e um novo ano começa!
- Hummmm... E porque na televisão as pessoas estão falando que esperam ser mais felizes no próximo ano?
- Isso acontece porque as pessoas sentem que estão recomeçando uma etapa da vida a cada ano que começa. Entendeu?
- Não!
- É assim... As vezes as pessoas fazem coisas erradas nesse ano.
- Tipo responder mal para os mais velhos?
- É... Tipo responder mal para os mais velhos, ir mal na escola, não fazer a lição de casa, coisas assim...
- E brigar com a esposa? Bater no cachorro que fez cocô no quintal, xingar os motoristas no trânsito? Também é coisa errada?
- Então... É... Também é... Mas como eu ia te explicando, as pessoas prometem pra sí mesmas que nesse ano novo que está se iniciando elas vão mudar as atitudes e serem pessoas melhores.
- Mas papai... Outro dia na igreja o pastor falou que as pessoas tem que mudar pra melhor todos os dias, e se der todos as horas!
- É meu filho... Isso seria o certo! Porque esperar a virada do ano pra mudar é burrice. Afinal, a gente nem sabe se vai estar vivo no fim do ano...
- O senhor tenta ser melhor todos os momentos?
- É... Ah... Eu tento... As vezes não consigo, mas tento!
- Puxa papai. O senhor é meu herói e eu quero ser igual ao senhor, então eu queria que o senhor fosse melhor todos os dias, assim eu também seria melhor todos os dias.
O pai pensou. Uma lagrima embargou seu olhos. Seu coração disparou na medida em que ele olhava para seu filho. Ele tinha que dar a melhor resposta possível ao seu menininho que ele amava tanto.
- Tudo bem meu filho! De hoje em diante eu prometo ser melhor a cada minuto, e não ficar igual a esses hipócritas só esperando a virada do ano!
- Promete mesmo?
- Prometo!
- Ufa! - Falou o menino suspirando. - Então agora eu posso contar pro senhor que o Rex fez xixi no banco do seu carro!

34 comentários:

  1. Essa eu tinha lido e adorei! Muito bem escrita! abração,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehehehe valeu Chiquinha!

      Excluir
  2. Ri muito! Achei ótima a forma como usou o humor pra falar da hipocrisia que existe durante a febre das confraternizações. Bela e pertinente mensagem.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Como disse certa vez a Bruxa do 71: "Prometo que o próximo ano terá 12 meses."

    ResponderExcluir
  4. kkkk!!! Muito legal a história!
    Um grande abraço meu amigo!
    Adelisa.
    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Uma grande verdade dita com humor. Parabéns.
    Abração

    ResponderExcluir
  6. Rarararaa!! Muito bom meu camarada!! Nos passa um bela mensagem e ao mesmo tempo nos faz rir. Gostei muito. Grande abraço!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por aparecer Jorginho!

      Excluir
  7. Um texto cheio de humor. Adorei.
    Me lembrou uma história real.
    Minha neta faz 4 anos no próximo dia 4 de Fevereiro.
    Como a mãe trabalha ela foi criada comigo até Outubro passado quando entrou na escolinha.
    Então no dia 31 o pai estava de folga e veio com ela almoçar cá a casa.
    Ela estava muito feliz com o Natal, a festa e as prendas. A certa altura ela diz-me:
    - Avó logo à festa outra vez. Gosto mesmo do Natal.
    - Mas logo é a passagem de ano não é natal querida.
    - E o que é isso avó?
    - Então é assim Mariana. Os anos tem 12 meses. Então quando chega o ultimo dia do mês de Dezembro acaba o ano e no primeiro dia de Janeiro é outro ano. Este foi o ano em que tiveste 3 anos. Amanhã começa o ano em que farás 4 anos.
    -Pois avó. A 4 de Fevereiro. E depois fazemos uma grande festa.
    - Não amor. Levas um bolo para a escola e fazes lá uma festinha com os meninos e meninas.
    - Só? Sem prendas? Então não quero fazer 4 anos.
    Um abraço e um excelente 2013 com tpoda a família e todos os que lhe são queridos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehehehehehehehhehe muito bom!

      Excluir
  8. Olá!
    Boa tarde!
    Dedé... meu amigo
    Bom retorno
    Tudo bem?
    Obrigado!
    ...texto bem humorado que reflete bem,
    o reinar da hipocrisia, principalmente entre colegas de trabalho que se odeiam e familiares que não se suportam. Forçam a barra com “confraternizações”, só para dizer que os ventos natalinos causam amnésia de atos cometidos ao longo do ano, e que no limiar dos ponteiros...tudo muda...mas, faz parte...
    Eu posso dizer q peguei uma virose,na virada do ano...risos
    Que pelo menos em 13 possamos continuar juntos nesse compartilhamento.
    Abraços
    ClicAki Blog(IN)FELIZ13

    ResponderExcluir
  9. http://youtu.be/2NUdznkCZ74

    Caetano Veloso.

    És um senhor tão bonito
    Quanto a cara do meu filho
    Tempo tempo tempo tempo
    Vou te fazer um pedido
    Tempo tempo tempo tempo...

    Compositor de destinos
    Tambor de todos os rítmos
    Tempo tempo tempo tempo
    Entro num acordo contigo
    Tempo tempo tempo tempo...

    Por seres tão inventivo
    E pareceres contínuo
    Tempo tempo tempo tempo
    És um dos deuses mais lindos
    Tempo tempo tempo tempo...

    Que sejas ainda mais vivo
    No som do meu estribilho
    Tempo tempo tempo tempo
    Ouve bem o que te digo
    Tempo tempo tempo tempo...

    Peço-te o prazer legítimo
    E o movimento preciso
    Tempo tempo tempo tempo
    Quando o tempo for propício
    Tempo tempo tempo tempo...

    De modo que o meu espírito
    Ganhe um brilho definido
    Tempo tempo tempo tempo
    E eu espalhe benefícios
    Tempo tempo tempo tempo...

    O que usaremos prá isso
    Fica guardado em sigilo
    Tempo tempo tempo tempo
    Apenas contigo e comigo
    Tempo tempo tempo tempo...

    E quando eu tiver saído
    Para fora do teu círculo
    Tempo tempo tempo tempo
    Não serei nem terás sido
    Tempo tempo tempo tempo...

    Ainda assim acredito
    Ser possível reunirmo-nos
    Tempo tempo tempo tempo
    Num outro nível de vínculo
    Tempo tempo tempo tempo...

    Portanto peço-te aquilo
    E te ofereço elogios
    Tempo tempo tempo tempo
    Nas rimas do meu estilo
    Tempo tempo tempo tempo...


    ResponderExcluir
  10. Mera sequência dos dias! Não existe ano novo, mas vida renovada. E esta não depende de calendário. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Mary, é assim que eu pensao também!

      Excluir
  11. Fala Mansim, beleza?

    Cara, criança é fogo mesmo, a gente pensa que elas são inocentes, mas elas sempre estão tramando alguma esperteza.. rsrs

    Grande abraço meu chapa, e feliz novos 365 dias rs

    ResponderExcluir

  12. rsrsrsrs...
    É isso mesmo, André. Para que esperar a virada no ano para começar uma mudança que se impõe a cada dia?
    Se quisermos um ano diferente temos que construí-lo a partir de nossas atitudes diárias, pois a chegada de um novo ano não vai produzir milagres.

    Adorei!

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Licencinha pra pegar carona no comentário alheio, é que estou roubando um tempo do meu trabalho e o famigerado Linux implica com o blogger.

      Garotinho esperto, heim? Mas, como diria Odorico Paraguaçu,"tirante" a parte genial do xixi do cachorro, esse texto diz com muita seriedade o que acontece conosco, todos e enganadores de nós mesmos. Pra que esperar todos os janeiros pra fingir recomeçar?

      Sua fã!

      Beijo, André.

      Excluir
    2. Obrigado Verinha e MíLi! Vcs são grandes escritoras e amigas!

      Excluir
  13. Fala Dedé, ótimo texto esse seu, bem humorado como sempre, cara, sempre me vem esses pensamentos nessa época do ano. Planos, hoje já não faço tantos planos, mas procuro dar continuidade àqueles que se iniciaram no ano anterior.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um abração Chengão meu camarada!

      Excluir
  14. Olá!
    Boa noite!
    Dedé...
    Obrigado pela visita!
    Bom final de semana!
    Abraços
    ClicAki Blog(IN)FELIZ13

    ResponderExcluir
  15. Olá, nobre amigo André!
    O texto está muito bem engendrado e argumentado.
    Além de nos brindar com inteligente mensagem, diverte-nos sobremaneira.
    Realmente de nada adianta promessas sem cumprimento (veja o exemplo dos políticos).
    Creio que não há momento determinado para mudarmos, pois qualquer dia é o certo. O importante é a mudança.
    As crianças são sábias, uma vez que questionam tudo que pensamos ser normal.
    Dizem que prometer e não cumprir é pior que mentir.

    Abraços fraternos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha, verdade Bentão! Bem pior!

      Excluir
  16. O texto é engraçado, ao mesmo tempo que, ilustra uma realidade de comportamento na humanidade. Esse é um texto que coloca verdades com boas dosagens de humor. Muito bom! Parabéns André.

    ResponderExcluir
  17. Olá André,

    Eu sou meio avesso a toda esta hipocrisia que ronda este período do ano, felizmente ela já se dissipou e as pessoas já voltaram ao que são de fato... Eu cansei de fazer promessas, pois muitas delas acabo não conseguindo cumprir e elas viram frustração. Hoje prefiro encarar tudo como um dia de cada vez, acho que nesta visão o realismo é maior e as chances de decepção com nós mesmo menor...

    ResponderExcluir
  18. As pessoas precisam de marcos! Eu já passei dessa fase, mas já me senti assim tb. Esperando o outro para começar!
    Espero que esse ano seja tao bom quanto o passado para nós né parceiro?!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!