quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Nóis semos bobinho

As autoridades querem punir as pessoas envolvidas no caso da boate que pegou fogo no Rio Grande do Sul. Dizem que o dono da boate é o próprio capeta que jogou as boas almas no caldeirão, jogou gasolina e riscou o fósforo!
Dizem que o vocalista da banda é orelhudo e tem quatro patas, porque acender fogos de artifício num local fechado é coisa de asno.
Dizem que os seguranças que num primeiro momento trancaram as portas, pois achavam que tudo não passava de uma briga, e pensavam assim que as pessoas iriam sair sem pagar suas comandas, eram na verdade nazistas disfarçados mandando os jovens para a câmara de gás!
Mas o que está engraçado, é que esses juízes que falam pelos microfones das TVs, pelo Facebook, e por diversos sites e blogs por aí, não estão falando nada das autoridades regulamentadoras, que deveriam ter fechado o estabelecimento se ele não tivesse condições de funcionamento. Que deveria ter lacrado a boate se ela não tinha alvará. Que deveriam ter examinado os extintores. Que deveriam fazer o seu serviço.
Engraçado é que nesse país a gente tem mania de encontrar culpado em tudo, e deixamos a mídia nos manipular, e mudar o nosso foco. Acabamos engolindo tudo o que nos empurram e acabamos não colocando as nossas cabeças para funcionar.
Eu não estou aqui querendo ser o advogado do diabo, de forma alguma.
Os envolvidos tem culpa sim!
Na verdade, tudo foi uma sucessão de erros. Do dono da boate, do vocalista, dos seguranças, de quem vendeu aquela espuma altamente inflamável pra servir de forro, e principalmente dos fiscais e autoridades que não fizeram seu trabalho e deixaram que aquele evento acontecesse.
Mas definitivamente, eu tenho certeza, que ninguém que errou fez isso intencionalmente.
Aqui no nosso país, o nosso maior erro é dar jeitinho em tudo. Jeitinho de pagar uma bolinha pro fiscal fazer vista grossa e deixar a boate funcionar. Jeitinho de instalar essa espuminha mais baratinha e achar que ela nuuuuuunca iria pegar fogo. Jeitinho de acender um sinalizadorzinho em cima dos palcos pra dar um efeitozinho mais legal e assim economizar com aparelhagem própria e cenários caríssimos. Jeitinho de contratar uns meninos marombados e despreparados para servirem de segurança. E jeitinho de fazer a mídia eleger e condenar os culpados, tirando assim o foco do verdadeiro problema.
A gente tem que acordar! Eu tenho convicção de que aí na sua cidade, aí no seu bairro, talvez até na sua rua, tem alguém trabalhando irregularmente. Vendendo churrasquinho de carne de gato, vendendo muamba sem recolher impostos, servindo almoço em restaurantes sem o mínimo de higiene, atravessando o sinal vermelho, jogando lixo em terreno baldio, fazendo gambiarras em postes elétricos e ligações clandestinas em hidrômetros, trabalhando com alvará vencido e as vezes até sem nunca ter tido um alvará de funcionamento. E o pior de tudo, é que a gente sabe que vários fiscais e responsáveis pela regulamentação disso tudo estão ganhando “umzinho” por fora pra fazer vistas grossas. A gente, que sempre aceitou tudo sem denunciar e nem se revoltar com tudo o que sabe, agora tem a cara de pau de sacrificar apenas o dono da boate, ou os seguranças, ou o vocalista da banda. E assim fazer o nosso impiedoso julgamento!
Como gente é bobinho né?
E o Brasil continua o mesmo. A cada ato corrupção (onde tudo acaba em pizza), a cada desastre natural (que em todo começo de ano mata dezenas de pessoas, e ninguém faz nada), a cada tragédia, a cada eleição!


34 comentários:

  1. OLá André, boa noite!!

    Vi a chamada pro teu post na Blogosfera em Rede, e não poderia deixar de vir ler a sua opinião, porque eu também tenho visto por toda a mídia , internet, e dezenas de opiniões sem sentido, e incoerentes.
    O teu, creia-me, a tua opinião, é a melhor, e a mais coerente de todas ( e olhe não foram poucas) as que tive a oportunidade de ler.
    Finalmente pude me deparar com com a verdade dos fatos, ou seja, com a visão lúcida sobre as ocorrências em Santa Maria. E você disse algo muito verdadeiro, e que eu também já havia percebido, apesar de não com a sua clareza: estão fazendo com que a mídia manipule a opinião pública, e nos tirando do foco do problema.
    Parabéns, adorei o teu post, e a tua clareza em analisar tão triste tragédia.

    Abraços da Lu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa Lú... Obrigado pela sua gentileza!

      Excluir
  2. OI André, vi tua atualização e vorri pra ler.
    É meu caro, o Brasil apóia a lei do Gerson, todo mundo dá um jeitinho e se dar bem... E o brasileiro cala diante de tudo, por isso que esse país anda pra trás.

    abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa lei de Gerson é o que nos mata!!!!!!!

      Excluir
  3. Falou tudo o que penso. Analiso a coisas desde a origem, é claro que tudo culminou com a ação do vocalista de jogar os fogos, com a truculencia dos seguranças de não deixarem a rapaziada passar, de uma espuma indevida, mas, se há uum projeto de construção de uma boate mostrando só uma saída de emergencia, esse projeto já deveria ter sido barrado na prefeitura, e por aí vai, a falta de fiscalização etc. Esse é o Brasil infelizmente, a gente nunca acredita que as coisas acontecem; Desculpe a falta de pontuação, teclado ruim. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Carlos... É isso mesmo que pensso sobre o caso!

      Excluir
  4. Concordo com você André. No final infelizmente o que fica é a tristeza e a dor das famílias. Agora é hora de cobrar as autoridades e demais responsáveis pelo triste acontecimento.
    Grande abraço!!
    Obs: rapaz não fica muito tempo sem postar, a gente sente muita falta meu camarada.
    Grande abraço!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha vou tentar postar mais Jorginho, te prometo!

      Excluir
  5. acontece que ninguém quer ser o culpado e um joga a culpa no outro! Para mim foi culpa de todos esses ae, de quem acendeu os fogos, ou de quem mandou acender os fogos, do segurança, do dono, enfim, de todo esse grupinho ae.Infelizmente tem que uma tragédia acontecer para as pessoas acordarem, só que no Brasil, as pessoas acordam e depois fazem coisa errada tudo de novo.O Brasil não tem jeito mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jeito tem Denise, nós que ainda não encontramos...

      Excluir
  6. Olá!Boa noite!
    Dedé, meu amigo
    ...concordo na íntegra...Lamentável que as pessoas, agem em desmedida renuncia para com as regras de segurança mais elementares. Nada mais que uma sequência combinada de erros provocados por todos...e infelizmente daqui a alguns dias tudo estará esquecido,e o pais seguirá aguardando uma nova tragedia para o deleite da mídia sensacionalista. Ações preventivas não existem no Brasil.Somente vemos ações corretivas e punitivas apenas o "após acontecido".
    Obrigado pelas palavras em meu blog!
    Bela sexta feira!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ações preventivas é o termo que eu estava procurando quando estava escrevendo, hahahahahaha. Obrigado Felisão!

      Excluir
  7. Oi amigo,

    Tudo bem? Espero que esses erros tão claros e que passaram desapercebidos possam trazer pelo menos uma lição para o mundo, seja de perdão, amor, respeito e valorização a vida do outro. Enfim,continuo com um vazio grande desde domingo e não quero julgar, pois como você falou há erros em todos os espaços.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Maravilhoso apanhado ,bem centrado, desse terrível acontecimento!

    Pena por aqui, esperem tragédias pra pensar em agir e,. ao meu ve, logo isso estará esquecido.Menos para os familiares. Novas casas surgirão, sem grandes fiscalizações e aí, choraremos enquanto a coisa assim continuar! Até quando? abração praiano,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um abração interiorano Chiquinha!

      Excluir
  9. Após as tragédias, busca-se culpados, como satisfação à sociedade. Isso é correto, claro! Mas o que esperamos aconteça é maior rigor no cumprimento e na fiscalização das normas de segurança. Elas não existem para ser arquivadas. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... assim vivemos só de procurar culpados e não saídas... Um abração Mary!

      Excluir

  10. Olá André,

    É lamentável que ocorra uma tragédia deste porte para que as autoridades despertem para a importância da observância de normas e leis que regulam o funcionamento de recintos fechados (além de outros). Aqui em BH já está havendo uma grande movimentação a respeito e olha que já houve um caso parecido por aqui, embora com menor número de vítimas. O assunto, enquanto inflamado, gera atitudes. Passado algum tempo, porém, cai no esquecimento e no relaxamento anterior.
    Tenho para mim que houve várias falhas humanas no caso da boate Kiss e os culpados devem, sim, ser penalizados, além da dor de consciência, se tiverem.
    A título de exemplo, meu prédio foi notificado em minha gestão como síndica, para tomar algumas providências com relação à segurança contra incêndios. Uma delas foi mandar colocar corrimão na escadaria, que, até então, não existia. Já se passaram três anos e até hoje o corpo de bombeiros não determinou a vistoria para verificar se as recomendações foram atendidas. Vê-se, pois, que há omissão em todos os seguimentos, infelizmente.
    Espero que esta tragédia, pelo menos, gere providências que evitem outras ainda mais calamitosas.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos isso né Verinha?
      Um abração!

      Excluir
  11. André, meu caro, sinceramente; não tenho muito a acrescentar as suas palavras. Você foi muito feliz e pontual em sua análise. Eu sempre falo, inclusive já escrevi dizendo que, a corrupção é o grande câncer desse país. A única coisa que registro André, pelo menos em relação a esse caso, é que a mídia; penso eu, não vem manipulando nada não, muito pelo contrário, as autoridades, essas sim, com grande culpa e responsabilidade também; é quem vem tentando se inocentar de alguma forma. Essa é a minha opinião. Um grande abraço meu caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sua opinião é de grande valia meu amigo!

      Excluir
  12. Fala Dedé!
    Muito oportuno teu texto e muito bom também. Por aqui, nos jornais do RS, começou, alguns dias depois claro, mas a terem esse posicionamento, sim, de envolver também as autoridades como culpadas pela falta de fiscalização e inclusive alguns de levarem "unzinho" como você bem disse, até está se cogitando que o dono da boate é um deputado federal que é aqui de Santa Maria. A verdade é que agora, após a primeira comoção, o pessoal está ficando um pouco mais lúcido e bastante indignado por aqui, e a verdade, mesmo que uma parte dela, começará a ser revelada, é inevitável.

    Abração para vocês e um beijinho no Samuelzinho lindão!

    ResponderExcluir
  13. Perfeito! Eu vi uma matéria sobre o ocorrido em Buenos Aires,anos atrás, e me surpreendi quando soube que até o prefeito foi punido. Se não ficou preso, ao menos perdeu o mandato. No Brasil, quando um troço desses vai se resolver assim? Nunquinha!!!

    Compartilho da tua indignação, André meu querido.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  14. Pois é meu caro Mansim, aqui as coisas vão sendo empurradas com a barriga sempre, aí quando dá uma merda desse tamanho, começa o show de hipocrisias e promessas... mas por que não fazem as fiscalizações que tem que fazer ANTES?

    Daqui a pouco esse caso será esquecido também, e ficamos na expectativa do próximo grande desastre -- e das novas promessas que virão.

    Grande abraço e um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  15. Oi André
    Como sempre um texto muito lúcido e bom de ser lido! Tudo que vc disse é a mais pura verdade, e não é por que te gosto que concordo, é porque vc está certo mesmo!
    Bjos. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  16. Excelente análise, André!!

    E para coroar essa comédia dos erros, elegeram Renan Calheiros líder do Senado...



    ________________
    p.s. ainda estou na página 80; eu disse que tinha parado tudo para ler seu livro mas não consigo ser fiel a um único livro por vez...quer minha opinião? não, só quando eu descobrir quem é o assassino...hehhh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o que gostei mesmo foi de ouvir(pela milésima vez) esse fera cantando e tangendo o gado.

      Excluir
  17. Às vezes fico pensando a razão de ninguém ficar chocado quando pega fogo nas favelas.

    ResponderExcluir
  18. Olá meu amigo, boa noite!
    Muito boa a sua reflexão!
    É a mais pura verdade: aqui no Brasil, pra se levar vantagem, todo mundo dá um jeitinho em tudo! E sem pensar nas consequências...
    É muito triste...
    Um grande abraço par vc e pra família!
    Que Deus os abençoe!
    Adelisa.
    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Exatamente!
    E com esse evento todo, a tristeza e a procura por culpados acabamos com mais um politico assumindo uma cadeira que não era para assumir. Um politico que deveria ser afastado de uma vez por todas do poder!

    Mas só conseguimos prestar atenção em uma coisa só!

    ResponderExcluir
  20. Somos reféns do sistema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos letárgicos e dorminhocos.
      Aceitamos a corrupção.
      Convivemos com a corrupção.
      Alimentamos a corrupção.
      Somos reféns de nós mesmos.
      Votamos em corruptos.
      As palavras 'saudades e jeitinho' são essencialmente brasileiras.
      O sistema é uma verdadeira CAMORRA.

      Excluir
  21. Deve ter muito "rabo preso" nessa história, André. Os políticos sempre dão um famoso jeitinho brasileiro pra se safarem das maracutaias.
    Acredito também que essa história causou mal estar para os bombeiros que sempre foram considerados "acima do bem e do mal" já que a vistoria deles (ou falta dela, não sei) não foi efetiva.
    Agora eles estão fazendo o que já deveriam: fecham estabelecimentos impróprios, vistoriam todos os locais de grande concentração pública e etc. Espero que esta ação tardia não caia no esquecimento. Porque vc sabe como é: brasileiro esquece tudo e, quando o calor da tragédia passar, esquece de cobrar e as autoridades retornam à estaca zero com o jeitinho imperando novamente até a próxima tragédia.
    Bjos, grande André que me fez enxergar os blogs de outra maneira e me encorajou para escrever um.

    Mônica

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!