segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Lenda viva

Dizem que o mundo é feito de lendas.
Que a vida é feita de lendas.
Que a civilização é feita de lendas.
Uma pessoa é quem é, pelo poder que teve ao longo da vida de absorver lendas; de deixar as histórias, os costumes, e os ensinamentos, entrarem para dentro de si...
Somos lendas ambulantes. Algum dia, alguém vai lembrar de uma atitude sua. Alguém vai dizer que uma vez, te viu fazendo isso, ou aquilo. Vão contar histórias a seu respeito, e dizer como você foi importante, positivamente ou negativamente em suas vidas... Você vai servir de exemplo, sua lenda vai servir de exemplo, sua vida... Sua história!
Somos um emaranhado de lendas vivas, que andam por aí, trombando uns com os outros. Emprestando nosso aglomerado de lendas absorvidas ao outro; e ao mesmo tempo, absorvendo algo que vem de lá. Do outro aglomerado que cruzou o nosso caminho!
Isso faz a roda da vida girar, e a civilização avançar.
O grande banco de dados mundial de lendas, chamado inconsciente coletivo, é abastecido diariamente, com idéias, feitos, realizações e frustrações. Os arquivos que fazem parte desse grande banco de dados, são processados de geração em geração, dia após dia, lenda após lenda, história após história, que inventamos e reinventamos a todos os momentos... Incessantemente.
Por isso que uma atitude sábia, é aquela que consegue, escutar, entender, ler, aprender, absorver, inventar, detectar, assistir, e se inspirar nas lendas vivas que encontra pelo caminho...
Isso faz a diferença entre as pessoas que se sobressaem na vida, e as que apenas vivem. As que apenas vivem, são pequenas lendas, que mesmo assim tem sua importância, mas apenas como pequenos exemplos. Exemplos de vida mais ou menos, de lendas mais ou menos, histórias mais ou menos... Contadas por uma, ou talvez duas gerações, e absorvidas pelo limbo do esquecimento.
Que tipo de lenda você quer ser? Que tipo de história você quer passar para seu mundo? Para seus amigos? Para seus ascendentes? Para o grande banco de dados mundial? Para seu filho? Seu amigo? Seu irmão? Para uma pessoa que nascerá daqui a trezentos anos na Irlanda do Norte? Para o neném do seu visinho que vai nascer amanhã?
Que tipo de lenda você quer ser?



29 comentários:

  1. Linda tua crônica e belos questionamentos! Que todos possamos ser lembrados como quem passou fazendo alguma coisa ,ou, no mínimo, fazendo bem para alguém ,até mesmo fazendo sorrir em horas difíceis!


    abraços,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante o seu texto e as perguntas. Porém é um assunto em que nunca pensei. Lenda eu? Sou tão insignificante. Se ficar na memória da minha neta, como a minha avó está na minha já será muito bom.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Elvirinha, não fala isso... Vc é uma menina legal e amiga!

      Excluir
  3. Excelente texto meu brother Mansim.
    Difícil saber que tipo de lenda queremos ou poderemos ser, porque em muitos dos casos nós não estamos no controle da caneta que escreve a nossa história, o nosso destino. Dependemos de uma série de fatores extermos e internos tais como sorte, talento, conhecimento, boa vontade, entre outras coisas. Muitas vezes a pessoa tem tudo isso, e mesmo assim falta outra coisa: oportunidade.
    Eu apenas tento ser o melhor que eu posso ser, e isso pra mim já é o suficiente.

    Grande abraço meu camarada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a lenda pode ser apenas familiar. Deixar um bom exemplo para a familia, ou para o melhor amigo!

      Obrigado por aparecer Almiezão!

      Excluir
  4. Que bonito texto! Interessantíssimo!
    Mas... lenda eu? Não... apenas quero ser lembrada pelo amor que dediquei, e também por tentar semear alguma coisa boa!
    Um abração amigo!
    Boa semana!
    Mariangela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí já será uma lenda a se contar!
      Hahahahaha, um abração minha amiga!

      Excluir
  5. Muito bacana o texto, André!! Que tipo de lenda quero ser??? A mais positiva possível!!
    Um grande abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas são as melhores Jorginho!

      Excluir
  6. Me lembrou o poema que diz:"foi espectro de homem, não foi homem, só passou pela vida, não viveu"...

    Eu tenho medo ser a lenda que não podia ser provocada enquanto tivesse ingerindo qualquer líquido, com o iminente risco de explodir numa gargalhada e molhar quem tivesse por perto.

    Ai, para. Não vou estragar sua postagem linda, sua reflexão perfeita com gracinhas. Me deixe apenas ler, sorver e pensar.

    Beijo, André.

    ResponderExcluir
  7. Acho que a vida é feita é de fendas...

    ResponderExcluir
  8. Lenda não.
    Provavelmente um simples e reles figurante no papel de pai e amigo pegando carona numa lenda urbana, com a simples pretensão de deixar filhos de mente livre e amigos 'mesmo que poucos' mas, verdadeiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... Acho que o senhor vai deixar muita história pra contar, hahahahahahaha. Valeu Tiugo!

      Excluir
  9. Lendas sempre me remetem a algo mistico, inalcançável ou, no minimo, grandioso. No seu texto eu percebi um tom diferente. Não é desse tipo de lenda que você está falando, é? Acho que este foi um incentivo para fazermos a diferença, ainda que não seja em escala mundial, fazermos o máximo que pudermos. Não precisamos ser perfeitos, ou geniais, só precisamos sair de cena sabendo que construímos algo, que comovemos alguém, que fomos os protagonistas de nossas próprias vidas. Pra mim é o amor a vida que nos torna lendas vivas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Éli-ponto! Vc sabe das coisas! É isso que eu estou falando aqui. cada um fazendo um pouquinho as coisas melhoram sempre!

      Excluir

  10. Olá André,

    Interessante sua colocação. Pensando bem, concordo que poderemos nos tornar lendas dependendo da diferença que fizermos nesta vida para alguém em especial ou para o mundo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a diferença não é dificil de se fazer não é verdade?

      Um abração Verinha!

      Excluir
  11. Olá!Boa noite!
    Dedé,meu amigo...
    Sozinhos somos Mitos.Juntos somos Lendas.
    Ideal é viver. Não importa o tempo que teremos.Não precisamos fazer a diferença no mundo, se fizermos a diferença na vida de uma pessoa. Isso já vale todo o tempo que tivemos. Nada pode nos impedir de viver uma história digna de ser lembrada,ser "uma lenda", ao lado de pessoas que, realmente,valem a pena.
    Bela semana!
    Abraços
    ClicAki Blog(IN)FELIZ13

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Felisão! Tenha um lindo final de semana!

      Excluir
  12. Há sempre alguém a observar, a narrar o que viu, a seguir exemplos. Daí a importância de nos comportarmos dentro dos padrões que podem auxiliar, elevar o positivo, criar consciência de um bem estar comum. Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Olá, nobre amigo André!
    Ser uma lenda não é fácil. Tornar-se lenda viva é mais difícil ainda, pois, muitas vezes, não depende unicamente da pessoa (às vezes já está até morta), mas da imaginação dos presentes.
    Creio que, pelo que fiz até hoje, não estou apto a ser lenda; doravante, não tenho intuito e, postumamente, minha vontade não terá valia.
    Acho mais importante sermos justos, amarmos e respeitarmos a vida em suas diversas formas.
    Tema muito interessante, que, mais uma vez, arguiu muito bem.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha, obrigado nobre Bento Sales!

      Excluir
  14. Meu doce amigo !!!
    Neste novo ano que está a começar estou aqui para continuar a ler as tuas belas cronicas. Quero te dizer que foi para mim um grande gosto ter convivido contigo durante o ano que passou e tenho a certeza que este convívio continuará cimentando assim esta amizade que nasceu através de palavras...
    bjsssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha obrigado Severinha!

      Excluir
  15. Sabe a explicação que os historiadores dão para o PORQUE de estudar a historia?!

    - Estudamos o passado para entender o presente e melhorar o futuro!

    Acho que tudo se repete e a historia faz parte do que somos sempre! Gostei da tua reflexão! eu espero ser uma bela historia um dia!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!