sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Bebéco

Eu era um adolescente viciado em música nos anos 80! Agora com mais idade e menos cabelo, restou o vício e uma apuração natural onde o "meu" bom gosto dita a regra no meu cd-player.
Durante esses vários anos de roqueiro e bluseiro eu ví muita gente ruim fazendo sucesso e muita gente maravilhosa pasando quase despercebida do grande público.
Eu não tenho a resposta pra isso, sinceramente acho que é o poder da mídia e do dinheiro que corrompe o gosto do povo.
O cara mais injustiçado do rock nacional pra mim se chama Bebéco Garcia, um guitar-man e compositor além de cantor, de primeiríssima qualidade. Nos anos 80 ele fazia parte de uma banda que se chamava "Garotos da Rua", que acabou tendo uma ou duas músicas tocando no rádio aqui na região sudeste. Um dia, eu na minha curiosidade musical e gosto pelo underground, comprei um disco desses caras, acho que foi em 1987 ou 1988... Fiquei fã na hora!
Mais tarde descobri que lá no sul eles tinham muitos fãs e levavam muita gente a seus shows, mas isso foi muito pouco pela genialidade desse cara!
Meu nenê Samuel foi fabricado ao som de "Meu coração não suporta mais" e "Eu já sei", que são músicas desse cara. Infelismente ele morreu de infecção generalizada contraida durante uma cirurgia em 2010.  Morreu quase anônimo nesse nosso país da "bunda".
Hoje resolvi fazer uma pequena homenagem aqui no meu blog pra esse cara que fez e faz parte de horas tão boas na minha vida!
Aqui em baixo tem um vídeo falando sobre a vida, carreira, e a obra desse cara, se você puder, tem muitos sites com links pra baixar seus discos. Procure por Garotos da rua e por Bebéco Garcia!
É o bom e velho rocknroll... Infelismente descriminado nesse país que não dá valor ao talento!


43 comentários:

  1. André, não o conhecia.Pena ele ter morrido cedo, sem reconhecimento.

    Coisas que acontecem. Não caiu no gosto da mídia!!! abração,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Sérgio Sampaio,

    já ouviu ou ouviu falar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou procurar Rebel, depois te falo!

      Excluir
  3. André o/
    Olha..vc conhece uns nomes do rock nacional underground que eu jamais poderia imaginar!
    Mas é uma pena que caras legais assim se mantenham no anonimato..mas nosso país é vulgar e só valoriza porcarias...fazer o que...
    Ah eu to indo levando a vida e vc? Tudo bem aí com vc, sua esposa, o Samuquinha e a Frida?: Saudadees dos ensinamentos da Frida kkkk. Ah legal você ter curtido os cosplays da Ryoko. Eu sempre achei que a personagem tinha todo um estilo de motoqueira ou punk....por causa do cabelo e do pavio curto kkk.
    bjs e bom findis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que fuçar pra conhecer Tsu! Eu não aguento ver um nome diferente que tenho que escutar, hahahahahahahhahaha.

      Excluir
  4. Dedé, amigão!
    MARAVILHA DE POSTAGEM!!!
    Mas bah tchê!!!!!

    Ohhhhhh... eu conhecia o Bebéco Garcia, ou melhor, o trabalho dele, dos Garotos da Rua!
    Também já tinha visto esse vídeo do Histórias Curtas da RBS e revi, e sempre choro...
    seguinte, aquele show do Marinha do Brasil em 1986, assisti, de longe, meio escondida, mas assisti um pedaço, sim! Maravilha!
    Eles falam também do Bar Ocidente, que é um bar, espaço cultural que ainda hoje, projeta grande nomes lá no bairro Bom Fim, nos anos 80 foi reduto dos Darks.

    Caras bons gaúchos como TNT, Replicantes, e tantos outros... sabe... é difícil uma projeção nacional, os caras fazem muito sucesso aqui, em determinados redutos, como no Bairro Bom Fim e em shows, muito sucesso mesmo, aí quando sobem, se decidem ir para o sudeste e tal, ficam no ostracismo, nem sempre dá certo, uma pena...
    Para ter uma ideia, nomes como Adriana Calcanhoto, e mais recente, Filipe Catto, se projetaram a partir dos shows no Bar Ocidente.

    Não sou roqueira, mas tem que dizer, Bebéco era o cara! Inevitável o talento do cara, e aqui, fazia muito sucesso,uma pena mesmo. Conhecido pela liderança, ousadia, talento, criatividades, ou seja, esse cara merecia ter tido projeção nacional e internacional, não só a regional.

    Abração ao povo daí!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Cissa! Uma pena mesmo. Se eu não fosse um cara que gosta de fuçar e procurar novos sons desde minha adolescencia talvez nunca teria conhecido!

      Excluir
  5. Oi amigo,

    Tudo bem? Não conheço o conjunto e por isso não vou me estender no comentário. Vejo injustiças no segmento, mas há, muito além de uma boa música, a questão mercadológica que promove bandas e artistas por força do marketing e não do talento.

    Beijos em todos por aí.

    Lu

    ResponderExcluir
  6. André, realmente não o conhecia, fiquei um pouco sem graça, porque eu curto muito rock nacional dos anos 80. Quando comecei a ler fiquei todo pomposo, mas depois percebi que se tratava de um campo ainda inexplorado por mim.

    Uma agradável surpresa, eu assisti ao vídeo e ouvi uma música dele. Ainda estou garimpando essa descoberta, mas posso afirmar que gostei muito do que pude ouvir. (risos)

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahhahaha a gente nunca conhece de tudo né Nilson!

      Valeu!

      Excluir
  7. Oi André
    Mais um post, que mesmo eu não conhecendo o cantor em questão, nos faz refletir para uma questão um pouco maior, que é a de que no Brasil, com excessões, só se valoriza músicas que são de uma letra só, caem no gosto do povo, Michel Telo, Gustavo Lima e outros que o digam, enquanto outros com ótima música, morrem no ostracismo como o Bebeco.
    Bjão meu padrinho, adorei seu comentário lá viu?! Fique com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Lú! Obrigado por aparecer!

      Excluir
  8. Amigo André,
    Fui conferir o trabalho da Banda no Youtube e percebi que tem um ritmo de música típico do anos oitenta. Realmente fazia boa música, mas sabemos que nem sempre as melhores coisas caem nas graças do grande público. Se fosse de regiões-vitrine, como Sudeste, certamente teriam sido descoberta pelo mídia nacional.Quem sabe Bebeco Garcia tenha seu talento reconhecido postumamente, assim como esta magnífica e justa homenagem que fizeste aqui.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O som melho do Bebeco veio na carreira solo, se der escuta depois Bentão!

      Excluir
  9. Olá meu caro André,
    Eu já ia dormir quando vi a "chamada" para essa matéria e resolvi antecipar minha visita ao blog. Minha nossa, que matéria brother! Obviamente eu já conhecia o trabalho do cara, pois como ser guitarrista (mesmo que meio aposentado agora, rsrsrsrsrs...) e não saber um pouco da obra do Bebeco Garcia. E sabe, as vezes me revolta, como disse bem, esse país da "bunda", pois o cérebro está na cabeça, e na bunda....rsrsrsrsrrs... "músicos" ridículos fazem sucesso e estão na mídia - um verdadeiro culto ao horror - enquanto que muita gente boa como ele não teve o talento devidamente reconhecido. Sei de muitos amigos meus que tinham bandas de rock/blues muito boas que acabaram por conta desse fenômeno "bundesco" ou que estão ralando na estrada até hoje e vivem por migalhas mas não deixam o sonho acabar. E sabe, eu vivo fuçando raridades no youtube também, atrás de alguma fita k7 perdida de outros músicos de verdade que também gosto e que ficaram perdidos no tempo!

    Muito bom cara!

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Critica <--

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Flavão! Realmente o cara era o cara!

      Excluir
  10. André, amanhã farei um tour pela tua página para me atualizar sobre sua últimas, ai deixarei meus comentários, não me arriscaria a fazê-los agora porque já estou trêbado de nono e não vou conseguir me concentrar nos textos... Acredita que eu estava tentando me encontrar no quadro de seguidores no topo de sua página e não consegui, só ai me dei conta de que ainda não era um seguidor, mil perdões por isso! O erro já foi sanado rsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehehehhehehehhehehe seu bebão!

      Excluir
  11. Olá!Bom dia!
    André, meu amigo!
    ...também fui conferir o trabalho da Banda e do Bebéco (José Francisco Mello Garcia)na net,porque tinha pouco conhecimento dele, e depois fui ouvir, uma música que foi nacionalmente conhecido, "Tô de saco cheio" e me lembrei um pouco do Garotos da Rua...é como o filho de criação dele disse no vídeo, muito conhecido no sul, e pouco em outras partes do Brasil, a não ser que fosse um fã como você, que fez uma bela homenagem, já que o aspecto mercadológico influencia e muito, "escondendo" alguns talentos...
    Obrigado!
    Bom sábado!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário lúcido e interessado Felisão!

      Excluir
  12. Sabe André:
    Sobre gosto musical eu penso o seguinte.
    Em primeiro lugar gostaria de deixar claro que não sou o dono da verdade e o que penso pode ser apenas 'o que penso'.
    Na minha juventude o que rolava era Caetano, Gil, Robertão, Chico Buarque, Trio esperança, Renato e seus blue caps e tantos mais.
    Tanto que durante muitos anos eu gostei daquelas musicas, pela época de ebulição de tudo que me rodeava como ditadura, hormônios, namoriscadas, descobrimentos, escolhas e tantas outras atitudes que temos que tomar nesse período.
    Acho que tudo influencia além da mídia.
    Resumindo: No meu caso o que restou de bom que ainda dou valor são os Beatles, Billy Vogam, Rolling Stones, Nati King Cole e algumas outras musicas que em minha juventude eram verdadeiros hinos como Gilberto Gil - Não Chore Mais (No Woman, No Cry).
    Porque?.
    Com o tempo muitos perdem o nosso respeito pelas atitudes e em outros casos mostram um lado muito meloso e com o passar do tempo tornamo-nos mais seletivos.
    Não quero dizer com isso que você deixará de gostar do Bebéco Garcia de forma que ele agora também nem tem mais como decepciona-lo e porque realmente marcaram sua época.
    É bom que você o reverencie e faça esta bonita homenagem.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o meu Tiugo! O cara manja mesmo!

      Excluir
  13. Oi André!
    Eu infelizmente não conheci esse cantor, mas pesquisarei no Youtube.
    Mas é assim mesmo...quantos talentos por aí que passam despercebidos,
    sem o mínimo reconhecimento!
    Uma ótima postagem, André!
    Abração,
    Mariangela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pesquisa as musicas que falei aí! Vc vai gostar Mariangela!

      Excluir
  14. André, lamentavelmente o que temos hoje são artistas fabricados e descartáveis quando a mídia não tem mais o que sugar deles. Ainda bem que ainda existem as exceções. Como o Bebéco certamente existem vários. Mas é bom em espaços como o nosso, me referindo aos blogs, fazer essa gente se tornar um pouco mais conhecida, ainda que não seja com a visibilidade que lhes é merecida. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  15. Voltei André, como havia lhe prometido, iguais a ele existe mais um monte de outros artista de primeira qualidade cuja obra acaba se afundando no mar do esquecimento, o que é uma pena. Sempre digo que o melhor da produção musical de uma época, principalmente dos 80`pra cá, está é no ungerground e não no mainstrean. Eu conheci o "Garots da Rua" através do LP 'Rock Grande do Sul', uma coletânia que tinha também Engenheiros, TNT, Replicantes e alguns outros que agora eu não lembro...

    http://sublimeirrealidade.blogspot.com/2012/09/in-treatment.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o underground realmente é o que há de melhor!

      Excluir
  16. Parabéns pela justa homenagem meu amigo!

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  17. O que me comove nesse amigo é sua forma de escrever,escreves todo sentimento vivido e vivenciado...
    Aproveito para deixar beijos de dia de domingo,rsrsrsrs,e tbm para todos os dias da semana...
    saudadessssssssss

    ResponderExcluir
  18. infelizmente é assim que funcionam as coisas aqui nesse Brasil...pessoas ótimas e com talento no anonimato e muitas tranqueiras por ae fazendo sucesso...
    Apesar de eu gostar de música dos anos 80, mas não conhecia esse cara.O bom é que agora vou poder pesquisar mais dele no youtube e conhecer mais as músicas dele.
    Hoje em dia essas pessoas com talento infelizmente não fazem sucesso porque o povo gosta é de tranqueira mesmo, baixaria, mulher de bunda de fora que fica rebolando.Há cantores de funk por ae que infelizmente fazem muito mais sucesso que pessoas que tem talento de verdade.

    ResponderExcluir

  19. Olá André,

    Na verdade, nunca fui chegada ao rock, talvez por isso não tenha tido oportunidade de apreciar as músicas do Bebéco Garcia. Mas quem promove os cantores é a mídia. O cantor que tem dinheiro consegue divulgar suas músicas, pagando, principalmente nas rádios, para que sejam tocadas. Por isso muitos talentos permanecem obscuros, pois não têm como bancar a divulgação de suas
    músicas. Uma pena.

    Valeu a homenagem, principalmente porque o Samuelzinho foi produzido ao som
    de músicas deste roqueiro (rsrs).

    Ótima semana.

    Abraço e até breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahhahahahaha e o samuelzinho quando escuta esse som ele para pra ouvir, hahahahahahahhahahahahaha.

      Excluir
  20. André, obrigado por apresentar, nunca tinha ouvido falar nele. Acho que meu problema era que eu gostava das bandas de rock dos anos 80 que estavam na TV e no rádio...

    mas cá prá nos, amigo: o que você tem contra a bunda...?? kkkkkkkk

    abraços, boa semana. Tô meio sem tempo, tô comentando quando dá. Até tirei os comentários do meu blog para que ninguém diga: esse Edu é um egoísta, agente comenta no blog dele e ele nem aparece nos nossos...rsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahha, bunda quando faz papel de bunda é bom, mas quando faz papel de cérebro... Aí não dá!

      Excluir
  21. Confesso que não o conheci. Ando meio decepcionada com a música moderna. Não gosto de sertanejos e essa moçada que está chegando não tem qualquer talento.
    Assim, nossa melhor opção é, de fato, ouvir aqueles que nos dão prazer e esquecer o resto. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ouvir os clássicos é a solução!

      Excluir
  22. Eita país infeliz da bunda mesmo.
    Não conheço a banda, mas vou ouvir, faz meu gênero.
    Peninha de nós que temos excelente gosto musical...sim, pq nós temos né Andre?
    Peninha do artista ter falecido =/
    Lindo post de homenagem, parabéns meu amigo .
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  23. Dé esse cara não conheço, vou procurar pra ouvir. Mas é assim mesmo. Outra coisa que me deixa chatada é fazer o cara virar um ídolo depois de morto. Poxa, podíamos ter aproveitado melhor antes... kkkkk

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!