sábado, 3 de setembro de 2011

Gorduras gordurosas da mente


Sou gordo! Gordinho, daqueles gordos que não são assim goooordos, gordões, mas sou gordo!
Sempre fui gordo, desde que me lembro de mim mesmo (que frase bonita escrevi agora), eu sempre fui gordo. Minha mãe fala que eu nasci gordo. Meu apelido era gordinho, gorducho e rolha de poço, e olha que esses são os primeiros apelidos de que eu tenho lembrança, então como já falei, eu sempre fui gordo.
Eu me casei com 89 kg para 1,72mts que tenho de altura, hoje após quatro anos de casamento contrariando alguns sabidões e profetas do apocalipse que falaram que eu engordaria muuuuito após o casamento, eu estou pesando 90 kg, se ferraram seus falastrões!
Eu não sou um daqueles gordos encucados e com gordura no cérebro, eu sempre fui assim. Sempre tive amigos muito mais estilosos que eu, tinha um até que era modelo e desfilava pra uma agência aqui da cidade, mas quando a gente saia junto esses amigos geralmente ficavam sozinhos e eu sempre saia com alguma menininha. Os caras queriam morrer com isso.
Mas ser gordo não é bom mesmo não, comprar roupa não é legal porque todas as roupas não caem tão bem na gente como caem num magro, as vezes dá vontade de comprar uma camiseta legal mas no fim ela fica feiona, porque o gordo sempre tem que comprar algum número maior do que deveria, e aí não fica assim... bonitim.
Sabe, apesar de alguns problemas gordurantes eu até que levo tudo numa boa. Eu faço academia três vezes por semana e jogo futebol no sábado, corro igual a todo mundo e no final do jogo ás vezes estou mais inteiro que muitos magrinhos que jogam comigo. Então eu não sei, acho que é meu biotipo mesmo.
Bom voltando ao assunto um amigão meu o Emerson, foi fazer uma operação de redução de estômago e uma psicóloga veio falar com ele, sabe aquelas psicólogas que sabem de tudo do mundo? Então, ela começou falando que sabia que era difícil pro Emerson pois ela sabia que os gordos tem muita fome...
Opa! Opa, opa! O Emerson foi obrigado a explicar para a sabichona que ele não tinha fome... Que quem tinha fome era o povo da Somália, os garotos de rua, o povo do nordeste. Ele não! Ele era gordo, e gordo tem é compulsão, ai ele falou uma coisa legal, que se ele estivesse passando de carro e visse num bar um salgado que achasse gostoso (e pro gordo tudo é gostoso), e se ele não parasse pra comer, ele então pararia em dez bares seguintes pra comer salgado pensando naquele que ele não comeu...
A sabichona pediu desculpas e o Emerson disse a ela que se fosse pra ele a ensinar sobre gordos, que o tratamento estava encerrado ali.
E é isso que eu quero dizer aqui... Quem sabe sobre os gordos são os gordos! Eu sei o que devo comer pra ser magro, quantas vezes por dia devo comer, que devo mastigar devagar, que devo conter a compulsão, que devo fazer exercícios físicos, que devo tomar chá verde, chá branco, chá preto e comer laranja com bagaço pra estimular o intestino a funcionar, que mamão papaia de manhã é um saaaaannnnnntoooo remédio, e que dois copos de água em jejum é muito bom! Sei de tudo isso e muito mais... Só que sou gordo, meu metabolismo deve ser preguiçoso e eu também!
Então amigos, não liguem para seus amigos gordos, apenas os enxerguem como amigos. Eu não ligo pois como disse não sei como é ser magro e nunca tive dificuldades com isso, mas tem gente que é atormentado e complexado e morre de raiva pois tem medo de alguém falar bobeiras e de zuar com a cara dele... Então não dêem palpites e nem queiram ensinar seu amigo gordo, porque ele já sabe tudo, e você não vai ensiná-lo mais nada, por favor gente, peguem leve com o pesadão...

Ah... Sou caréca! Mas isso fica pra outro dia, senão vocês vão ficar com muita inveja de mim!

20 comentários:

  1. André voce é Fofinho...

    E dai? qual problema..

    Tb não sou magrinha e acho que nem combina com meu espirito ser MAGRa.

    E tb..gosto de pratos..pratos de ceramicas e pratos cheios..rsr

    Vc mais uma vez arrasou na suca cronica. Sou sua fã!

    Bj..final d semana iluminado a vc..

    ResponderExcluir
  2. Rss..tu tens um jeito maravilhoso de falar de coisas sérias, com um lindo toque de bom humor.Adorei! E tem sempre gente dando pitacos, sem se enxergar...abração,lindo fds,chica

    ResponderExcluir
  3. Hehehehehehehehe... me vi no texto, parabéns pela escolha do tema e pela forma como conduziste a narrativa!

    Sabe, eu sempre fui grandona, mas mais alta do que gorda. Tá... nunca fui magrinha, claro, mas sempre fui maior que as outras meninas da minha idade. Até que quando fiz o mix trabalho de dia e faculdade à noite, desandei a engordar por causa da vida desregrada e estressante.

    Fiquei com todas aquelas neuras que os gordos tem e coisa e tal. Até que fui passar o final de semana num SPA e naqueles grupos de discussão sobre o "porquê da gordura" uma psicóloga sabe tudo (com o perdão dos psicólogocs que por aqui passarem!) me disse que nenhum gordo é ou pode ser feliz.

    Bahhhhhhhhhh... aquilo fez subir pelo meu corpo uma raiva da dita e me modificou radicalmente. Só que ao invés de emagrecer eu aprendi a gostar de mim, cuidar da minha saúde e ser feliz, SIM, do jeito que eu sou! Posso garantir, "eu me amo e não posso mais viver sem mim"... rssss

    ResponderExcluir
  4. É isso aí André!
    Nós gordinhos temos q começar a nos impor.
    É um saco quando a pessoa te olha torto só pq vc é gordinho. A gente tmb devia poder olhar torto para os feios né ;D
    Abç e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  5. Bicho, tu és muito escroto, desencanado mesmo, kkk. É legal sermos assim, brincalhões conosco mesmo, sem essa de complexo de inferioridade ou algo assim. Lembro que, quando me casei, há dois anos atrás, um escroto chegou pra mim e disse no dia do meu casamento, "Cheng, tu sabe a diferença entre o homem solteiro e o homem, casado? Eu disse, "não, qual é?", o safado, rindo disse: "é simples, 30 quilos, distribuidos ao longo dos anos...". Cara, ri largado, mas contrariando esse meu amigo, quando casei tinha 61 quilos, hoje, estou com 64, e tenho 1,70 de altura.

    Legal Dedé teu post, bem humorado, parabéns.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  6. Dedé, eu não tenho nada contra a música do Hanoi, mas é que notei que vc já a usou em vários posts, só notei esse detalhe. É uma boa música.

    ResponderExcluir
  7. Oh,me identifiquei muito!
    Você escreve muito bem... fala das coisas sérias com uma pitadinha de humor.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Tudo indica que essa gordinha aqui vai viciar em seu blog...

    Que delícia de texto...
    Seu amigo tem toda razão, gordo não tem fome..

    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Dedé, tudo bem?
    Descobri que tenho a tua altura e o peso do Paulo Cheng! rsrsrs
    Tô rindo aqui!
    Acho que o que interessa não é a "massa" corporal e sim a massa cerebral! rsrs
    Abração e ótimo fim de semana!

    PS.: Para a Andréia também (mas diz a ela)!!!

    ResponderExcluir
  10. Grande André, grande em todos os sentidos, pois, como homem equilibrado no que para os outros parece um desequilíbrio, tu estas completamente ciente de que precisa gostar de si. E isso é muito bom... Mas sabe porque tu és um tanto grandinho? Para poder caber essa enorme alma que mora dentro de ti. Careca? E daí, cada um com seu cada um....
    Abraço Andresão... Bela reflexão!!!!

    ResponderExcluir
  11. Se você tem saúde, é isso que importa...

    O importante é a pessoa ser feliz do jeito que ela é...

    Conheci um gordinho essa semana, que me surpreendeu muito...

    ResponderExcluir
  12. Ôh...gordo pare de se vangloriar só porque tem um pouco mais de energia do que os outros, deixe de ser vaidoso.rsrs

    ResponderExcluir
  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Esse André é uma comédia gente!
    Adoro vim aqui viu!
    Adorei o texto, ri alto aqui!

    Abraços Andre, tenha uma Ótima Semana viu =*

    ResponderExcluir
  14. André \o/
    O gordinho mais simpático da Blogosfera!
    É isso ái fico admirada que vc leva tudo assim, com bom humor! E não há nada de mal em ser gordo, magro, feio, bonito, estiloso ou normal..todo mundo tem suas qualidades, sua identidade. E isso que importa!

    Lembra que há tempos atrás você sugeriu que eu postasse uma sessão cosplay da Gata Negra? Então, eu postei! E que bom que vc curtiu! Eu procurei encontrar as melhores cosplayers, incluindo a chinesa que é conhecida mundialmente.
    Confesso que eu não conheço muito a história do Spiderman mas a Gata Negra foi uma personagem que chamou minha atenção porque ela é muito bonita e usa vinil!
    Ah eu me cadastrei lá no site sim1 Brigadão por me passar as informações via mail...eu fiz o cadastro mas ainda não postei nada...vou tentar achar um tempo para selecionar uns artigos e então ir postando.
    bjs!

    http://www.empadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá André!
    Você é sensacional falando de você (rsrsrsrs).
    Qual o problema em ser fofo? O que vale é ter saúde, cérebro e um bom papo. O resto é resto.
    Também acho hilário querer dar lição para gordos.
    Eles conhecem o alfabeto da dieta de trás para frente.
    Abração.

    ResponderExcluir
  16. Vamos ser o que somos, mesmo que não saibamos o que somos.... e sejamos o que sabemos...

    ResponderExcluir
  17. Boa noite meu amigo gracioso!
    Vc sabe narrar muito bem um texto,isso é que faz o diferencial...
    Sou magra e não entendo nada de gordura,kkkkkkkkk,e vc que é gordinho o que entende de magreza...
    Ainda tem quem diga que vc é o gordinho mais lindo do blogoesfera,kkkkkkkkkkkkk,sei não,só vc para responder...
    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  18. Ohhh meu Deus, que legal esse post! Dá até coragem de dizr que tb sou gordinha, mas não espalha por favor kkkkkkkkkkkkkkk
    Excelente André, sou tua fã!

    ResponderExcluir
  19. Aff essa psicóloga é meio maluca..."eu sei que os gordos tem muita fome" e magro não tem fome não? Uma coisa é gula, comer por puro prazer, mesmo sem sentir fome, outra coisa é comer com fome, quando seu estômago tá necessitando de alguma coisa...isso todo mundo sente! magro gordo, alto, baixo, feio, bonito.
    Mas seu amigo tá certo, quem ta passando fome mesmo é esse povo da Somália e tantas pessoas que moram na rua que não tem condições p/ nada, nem p/ comprar um pão e comem o que encontram no lixo. Essas sim são as pessoas que passam fome de verdade.

    E não importa esse negócio de ser gordo ou magro, tudo vai do estilo da pessoa, se faz exercício ou não, se cuida da saúde, tem gordos ae que tem muito mais saúde e disposição que muita gente magra. É que nem idoso que tem mais disposição que muitos jovens por ae...

    ResponderExcluir
  20. Hehehe... continue comendo seus alimentos preferidos e SEJA FELIZ, André!!! E se quiser um dia ser magro, é só fazer a famosa dieta. Mas quem liga pra isso???

    Abração!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!