segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Invisível Dj

Eu escrevi esse texto no começo do meu blog, ele se chamava "Musica nas idéias", na época eu não tinha muitos seguidores e quase ninguém leu e comentou. Agora que eu descobri como coloda vídeo no blog, (hahahahaha, como sou burrão), eu resolvi postá-lo de novo só que reformado! Acho que vocês vão se divertir e ver que nós malucos por musica também somos normais. Se você botar o vídeo pra rolar enquanto lê acho que fica mais legal. E olhem bem essa letra que bacana!



Eu não sei se acontece com vocês, mas eu conheço alguns malucos iguais a mim que sofrem de um mal que na verdade é um bom. Esses malucos sofrem de música nas idéias. É como se um radio ficasse ligado na cabeça da gente tocando músicas o dia inteiro. O legal é que as músicas sempre são do nosso gosto, afinal a radio é da gente mesmo né... Se bem que de vez em quando uma radio pirata entra na nossa estação e fica tocando aqueles refrões pegajosos de uma música indesejável, crédo... Aí é brabo!
A finada banda Ira! no seu último trabalho gravou uma canção chamada Invisivel Dj, quem sofrer de música nas idéias assim como eu, deve escutá-la. A musica fala de uma pessoa que tem uma vida difícil, mas que a música que toca nas idéias dela, fazem o dia passar mais feliz. Na letra quem toca essas músicas na cabeça da personagem é o Invisivel Dj, que pode ser o subconciente, pode ser Deus, ou sei lá o que!
Essa canção (Invisível Dj) só tem um probleminha, ela tem um refrão pegajosissississimo, e quando você a escutar o Dj invisível vai instalar as pick-ups invisíveis aí na sua cachola e você vai cantar o refrão o dia inteiro, ou talvez a semana inteira...
Minha esposa fala que eu sou meio maluco, porque sempre tenho milhões de idéias e pensamentos na cabeça e sempre estou escutando ou cantando alguma música. Parece que realmente esse dj invisível mora na cabeça da gente e fica alí nas vitrolas do pensamento (no meu caso tem que ser vitrolas mesmo, porque algumas músicas que ele coloca, vem de discos de vinil que eu tenho), colocando essas músicas e dando o tempero do dia.
Eu não me incomodo, acho até bom. Existem momentos do nosso dia que se a gente não tiver um humor ou um som a mais nas idéias o dia fica muito chato.
Então pra vocês amigos que também tem musica nas idéias eu lhes digo que vocês não são malucos, porque se eu achasse que eram, então eu também seria. E pra quem não tem esse dj morando aí no seu cabeção, eu recomendo que você ouça muito mais músicas e cante muito mais músicas e implante esse som nas suas idéias, porque seu dia vai ser sempre mais feliz!

32 comentários:

  1. Bacana o texto,menino!Eu vou usar o DJ invisivel no lugar da "trilha sonora da minha vida"...rsrs.Sempre gostei de musica.Desde pequena ,e lembro-me com meus radios e fones.Hoje em dia não sei caminhar,ou qq lugar que eu vá sem levar meu cel e meu fone com as musicas que eu escolho ouvir.Isso que é bom né?Você poder escolher a musica que vc quer,e se imaginar no cenário e vivendo um papel importante como no cinema,sendo vc mesmo.
    Mas olha so,se eu continuar vai da um post...rsrs.E vim te agradecer pela visita e o coments no Ping da Ana.Ela é especial mesmo.E tenho muito prazer em homenagear e poder conhecer melhor àqueles que sigo e admiro.E vc é um deles.Espero que aceite a participar do Ping mais adiante.Ficarei muito contente.
    Uma otima semana,bjkas

    ResponderExcluir
  2. Olha,eu já tinha o blog fazia um ano,quando uma amiga me ensinou à postar vídeos ...Lembro até hoje da cara que fiz,tipo :"Mas,é assim?Tão fácil?" dãããããã!
    Agora,falando sério,seu post merecia mesmo ser reeditado,você definiu de uma forma super bacana,essa "musicalização" que eu (e muitos) faço de tudo!Música nas idéias...e vou ficar com o Ira na cabeça com certeza ,hahaha :)

    ResponderExcluir
  3. Música faz parte de nossas vidas...eu também tenho uma rádio funcionando na minha cabeça...mas como voc~e disse quando entra uma rádio pirata...outro lado ruim é quando mesmo que você curta a música ela vai parar no top das mais tocadas e você não consegue tirá-la da cabeça (esses dias eu fiquei com a música Rebel, Rebel do Bowie na cabeçamas a culpa foi minha...quem mandou eu ficar ouvindo 4 vezes seguida essa música atravésdo dvd do show???)

    E sobre o vídeo que postei...Os caras do vídeo sabem como fazer humor de qualidade ^.~

    http://www.empadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. E se cantar sempre faz tão bem, porque não fazê-lo, não é?!
    Gostei! Achei divertido e real. "Música nas idéias", se é realmente um mal, talvez seja um dos melhores que se pode imaginar...

    ResponderExcluir
  5. O problema é quando a só se sabe uma frase da música e ela fica na cabeça. Ela só sai de lá quando se ouve uma outra música, e às vezes nem assim. É engraçado quando alguém diz uma palavra e você lembra de uma música com aquela palavra. haha
    (:
    E obrigada pro seguir meu 'brogui'. XD

    ResponderExcluir
  6. Bem, queria dizer que achei o seu espaço super descontraído e gostei muito daqui. Por isso, estou a seguir. Espero que não se importe. Um grande abraço,

    Pedro.

    ResponderExcluir
  7. ...como dizia Beethoven 'a música é a revelação superior a toda sabedoria e filosofia'!

    O que seria de nós sem a música??!! Aiiiiii meu Deus, nem tento e nem quero imaginar.

    Mto bom o texto roqueiro.

    Linda semana...Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Andre, Eu escuto música e fico com ela o dia inteiro 2 dias na cabeça é normal [?]
    asuahsahsuhaushuas
    Acho q não!!
    E eu nem tenho a sorte de ser só música boa! y.y'
    ahuasuhhusauhsuhsa
    Enfim, é isso meu amigo, Obrigada pelo carinho lá no Humor Negro, sáibas q és uma pessoa que eu admiro e gosto bastante, adoro o teu espaço, aqui eu me sinto em casa! ( Mais é claro ) uashashusahuasuh

    Abraços e Ótima Segunda!

    PS: Espero q o teu DJ não faça igual ao meu, e fique com a música do programa da "Maísa" o dia todo na Cabeça! @_@'

    ResponderExcluir
  9. Diz o adágio popular "quem canta seus males espanta", não sei se isso funciona, mas nossa mente não funciona sem música. É engraçado, mas uma coisa que vc citou no teu texto Andre é que, do nada surgem músicas ou pedaços delas que assolam nossa mente e as vezes são coisas que escutamos ao acaso. Um dos meus livros prediletos é " Inteligência Multifocal" de Augusto Cury, onde ele trata disso, muito interessante, sugiro a leitura.

    A música é algo maravilhoso, todos, independente de credo, raça, religião, cultura, enfim, amam e apreciam.

    Espero que vc desenterre outros textos desse, bem legal.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  10. Oi Dedé, tudo bem?
    Pois é, eu tenho esse D.J. na cabeça. E o cara é muito "flex" toca de tudo, até tango. Música gauchesca, MPB, rock, progressivo, salsa, mambo, de tudo. Por isso não canso!!! rsrsrsrs
    Mas pensar em música, significa ter também o cérebro musical... e isso pode se refletir de diversas formas: na harmonia com os outros, na melodia do bem, no graves e agudos e no compasso de espera! E a vida nada mais é que uma put... música. Ás vezes funk, às vezes o melhor do "Supertramp", minha banda preferida.
    Beijão e agradeço as belas palavras no Ping Pong! Ótima semana!

    ResponderExcluir
  11. A vida não faria sentido sem a música... *--*

    Adorei a postagem querido

    Um beijooo, ótima noite

    M!sunderstood

    ResponderExcluir
  12. Nossa andré um bom post sem dúvida, quando falo de musica fico meio anestesiado, pois vivo cada musica!!
    Sou um fã incondicional da musica, seja ela de onde e como for!!
    Abrç amigoo
    Você sempre me surpreende com seus posts, gosto muito do teu blog, de verdade mesmo, é um lugar que tenho garantia de descontração e reflexão ao mesmo tempo!1
    prbns
    Estamos juntos nesse meio!!
    Aprendendo um com o outro!
    abrçç

    http://essenciaego.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. concordo plenamente com seu postmuito bom parabens

    ResponderExcluir
  14. Vem cá André, vc é normal, assim tipo um ser humano normal? Pq primeiro vc me vem com a teoria da conspiração, depois fala de ETS, depois do Zodíaco e agora me vem com essa de DJ Invisível? Será q tô seguindo um louco meu Deus?
    Acho q tô.
    (Um louco q adoro ler suas idéias insanas.)

    ResponderExcluir
  15. Oi, vim cohecer o seu blog por indicação do Joel, ele é de uma sensibilidade, tudo o que vÊ de bom na net, logo nos indica.
    Gostei muito do texto e espaço.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. ÓTIMO POST!
    TMB TENHO UM DJ INVISIVEL NA MINHA CABEÇA
    BOM SABER Q TEM EXISTEM OUTROS COMO EU ;D

    ResponderExcluir
  17. A música e o seu poder transformador, né? Sem sombras de duvidas eu concordo com o seu post. Se ficarmos pensando ou cantando aquela musica que a gente adora, isso fará toda a diferença, principalmente naqueles dias que nada dá certo. Na música a gente encontra refúgio ;)

    Um forte abraço, meu amigo.
    Adorei!!!

    Te espero lá no blog, tem post novo.

    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. kkkkkk não é só vc não, viu? Antes eu tbm não sabia como se colocava vídeo no blog, não tinha a menor idéia!!Mas fuçando, a gente aprende né?

    Achei bacana essa música, e como vc disse, o refrão é meio pegajoso mesmo, rsrs

    A música faz diferença sim no nosso dia a dia, principalmente quando estamos para baixo, mas claro, depende muito tbm do tipo de música que escutamos, porque tem música que pode te deixar mais para baixo ainda!

    ate mais!

    ResponderExcluir
  19. Vou ser rápido em meu comentário:
    "Sem música a vida seria um erro".

    Abraço

    ResponderExcluir
  20. Muito interessante esse conceito!
    Nada mais é do que o nosso pensamento que aleatoriamente coloca uma música para tocar no nosso inconsciente

    ResponderExcluir
  21. Pena que tô sem audio agora, as suas descrições me deixaram curiosa. Mas quanto ao mal que na verdade eh bom, eu tb tenho isso. Na verdade, todos têm! eh natural do ser humano rsrs
    Gosto mt dos seus posts, comecei a acompanhar desde o 'serpentário'. Parabens pelo blog, já te sigo ; )

    Abraço!

    www.ocontadordeodisseias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Chicletoes a parte....quando tiver uma festa aqui em casa eu chamo esse dj invisivel pra passar o som....

    não fala pra ninguem não mais aprendi a colocar videos a pouco tempo tambem...hehehe


    abraço meu amigo

    ah..passa lá...atualizei !

    http://universovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Texto ótimo. você escreve muito bem, seus textos são bem diferentes. Parabéns pelo blog Sucesso. www.garotoidentidade.blogspot.com :) acessa!

    ResponderExcluir
  24. Eu adoro vir aqui por que logo de cara sei que vai ser uma boa leitura!
    Acho que sou destas malucas também... Parece um absurdo, mas, realmente tenho este DJ invisível, sempre preparado para complementar um instante com a canção ideal. As rádios piratas sempre dão o ar da sua (des)graça idem.

    Vou ouvir a música!

    Parabéns pelo ótimo trabalho!

    ;D

    ResponderExcluir
  25. Muito legal teu blog .
    Muita coisa interessante

    ResponderExcluir
  26. Eu acho que na minha cabeça tem um montão de múicas, e uma pra cada momento.

    ResponderExcluir
  27. Minha casa é muito especial pois cada um tem o seu DJ invisível e quando estamos todos em casa - eu, meu filho e a secretária - só loucura acontece. Até na reunião de condomínio já fomos citados - segundo a pessoa, "numa boa"- como a casa mais musical do Edifício.
    Eu escuto música o tempo todo, até no trabalho. O pior para mim são as pessoas que sabendo que gosto de música, me presenteiam com CDs e bolachas que nada têm a ver com o que escuto. Fazer o quê?! Adorei esta música e como sempre a sua postagem.

    ResponderExcluir
  28. Meu amigo, você tem razão, tem músicas que grudam na alma e não saem mais, ficam tocando por horas em nossas mentes!

    Lá no meu blog que tu conhece bem e é um dos maiores incentivadores para que eu o movimente, eu faço da seguinte forma: como tenho pouco tempo livre durante a semana, quase surge uma brecha, eu programo uma nova postagem automática e deixo lá! Daqui uns dias, nem sei quando, vai entrar uma com um vídeo que passou no Domingo Legal semana passada, do Papa Americano!

    Essa música (o refrão né hehe) ficou tocando na minha cabeça a semana inteira, até que resolvi colocar o vídeo lá para compartilhar com os amigos!

    Para mim não tem jeito, a música faz parte da minha vida, tanto é que como sou ruim de "ingleis", desde os 18 anos pego músicas românticas americanas e escrevo outras letras, só para poder cantá-las. É um hobbie doido, mas já me rendeu diversos elogios.

    O Ira já comentei uma vez aqui no seu blog é um espetáculo de grupo, insubstituível, e nessa música em específico que o amigo nos trás a sua mensagem é para lá de interessante!

    Creio que sou parecido com o amigo, prefiro cantar as mágoas da vida do que passar por elas calado!

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  29. Oi André!

    Também sofro desse "bem" maravilhoso! Não sei viver sem ouvir música! O texto ficou ótimo! E a banda "Ira" é muito boa!

    Beijos Querido

    Sil

    ResponderExcluir
  30. Meu Querido,

    O invisível DJ da sua cabecinha é nada mais do que a industria cultural com a tecnologia a serviço da alienação do trabalhador, assim, ele se conforma e não se incomoda em ser explorado, pois lá está a musiquinha, o invisível DJ, impedindo o trabalhador de se revoltar com a situação dele, que acorda de madrugada e toma um monte de onibus lotado e vc ainda compartilha com as idéias...Cuidado! Se você é explorado está na hora de quebrar o Ipod, o mp3 e etc...

    ResponderExcluir
  31. Meu Querido,

    O invisível DJ da sua cabecinha é nada mais do que a industria cultural com a tecnologia a serviço da alienação do trabalhador, assim, ele se conforma e não se incomoda em ser explorado, pois lá está a musiquinha, o invisível DJ, impedindo o trabalhador de se revoltar com a situação dele, que acorda de madrugada e toma um monte de onibus lotado e vc ainda compartilha com as idéias...Cuidado! Se você é explorado está na hora de quebrar o Ipod, o mp3 e etc...

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!