sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Coçadinha na barriga

Só faltava essa, a Frida agora é mineradora... Ela está cavando cada buracão lá no fundo do quintal que não tá dando certo. Agora que a grama lá no fundo pegou ela encasquetou que tem que encontrar petróleo pra ver se eu ficando rico e assim troco a ração dela por aquela “Royal cannes diamante premiun”, que custa cinqüenta paus o quilo... Só pode ser isso.
O pior é que eu fico com dó da Andréia minha esposa que lava o quintal todo dia, (porque a mineradora cava a grama e sai embarreando a varanda, o corredor, e a garagem toda), e fica “P” da vida e com raiva da Frida, e fico também defendendo a Frida porque ela é um animal e não sabe que não pode sujar o quintal, (né amorzinho...)
Fui pesquisar no Google porque os cães dão essas loucuras de ficar cavando o quintal durante uns dez a quinze dias sem parar, e sabe qual a resposta mais falada? É que o cachorro está carente e quer chamar atenção e se for fêmea então, aí isso é bem mais freqüente.
Caramba! Tô ferrado, a Chambinha (minha gata) adora uma atenção e uma coçadinha na barriga, a minha esposa adora uma atenção e umas coçadinhas não só na barriga, e agora a única que só dava atenção sem cobrar nada começou a fazer esse terrorismo?
Sabe acho que é por isso que muitos amigos nossos de vez em quando dão um trabalhinho pra gente e se tornam chatos por uns dias, e brigam com a gente e somem por um tempo, acho também que é por isso que muita gente trata os outros com aquelas caras de coitados ou de nervosos, e falam alto e com falta de educação com pessoas que nem conhecem, porque nos seus íntimos eles querem mesmo é atenção, querem carinho, querem ser entendidos e talvez só notados, uma coçadinha na barriga do seu ego.
Mas infelizmente cada um tem um jeito de chamar atenção, uns com amor e carinho, outros com nervosismo e chatice, mas isso é uma característica humana que nós vamos ter que conviver, porque cada indivíduo traz consigo uma estória de vida e uma família que pode lhe ter tratado com muito amor ou com muita ignorância quem sabe.
Eu sei que a gente também não é obrigado a agüentar falta de educação de ninguém, mas se a gente começar a olhar por esse lado da carência a gente vai certamente entender mais as pessoas e deixar passar um monte de brigas que normalmente a gente compraria. O negócio é ter dó das pessoas mal amadas e mal resolvidas e se possível dar atenção e simpatia a elas, quem sabe assim a gente encontre até mais alguns amigos aí pela vida.
A Frida eu já comecei a coçar a barriga dela, e passear mais com ela que adora sair pra rua, quem sabe assim meu quintal pára limpo e eu ganho uns carinhos das minhas fêmeas aqui em casa, afinal uma coçadinha na barriga da gente também não faz mal né?

47 comentários:

  1. ahauahuaha que liiinda, mas tadinha da sua esposa... eu tbm não ficaria NADA feliz ter que lavar o quintal todo o santo dia, mas é isso aê, dá um carinho, um biscoitinho e uma coçadinha na barriga!

    ResponderExcluir
  2. Agradeço seu comentario em Cantinho da Leitura...

    Leia desde o inicio e acompanhe os novos capitulos...

    Abraços!!!

    Nao deixe de clicar nos anuncios de publicidade e deixar comentarios...

    ResponderExcluir
  3. Andre, rir muito! Eu tinha um cachorro que também cavava o quintal. Dar atenção para todo mundo não é mole não né? HSUSHUSHU

    ResponderExcluir
  4. haha adorei o texto, escreve muito bem, sério! :)
    ;*

    ResponderExcluir
  5. hahaha Amei o texto!

    Essa comparação que você fez faz todo o sentido mesmo... Sabe que a gente nunca pára pra pensar sobre esse ponto de vista! Preciso dar mais coçadinhas na barriga do meu marido e do meu gato... ai ai ai rss

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Ps: Gostei muito do conteúdo de seu blog... vou te seguir!!!

    abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oi Dézinho, dei muita risada, sério mesmo!! kkk. Os textos q vc coloca a Frida são os melhoress. Já sou fã dela. Aliás sou fã da família inteira. Um beijão p vc meu amigo. Amei seu comentário viu?

    ResponderExcluir
  8. tenho duas cachorras aqui em casa. Quase mandei elas para o Chile para ajudar a cavar o buraco para resgatar os mineiros. Acredito que não temos mais quintal...e sim uma replica do solo lunar!

    ResponderExcluir
  9. Olá Querido Amigo!

    Fico encantada como vc faz de um "fato" tão banal... um discurso tão inteligente e produtivo. Dos buracos que a Frida está cavando vc dessenterrou uma bela narrativa! E diga-se! Verdadeira e valiosa! Porque entender o "outro" com todas as suas razões, pode fazer toda a diferença nesse mundo caótico que estamos vivendo sem dignidade e sem amor!

    Me admira muito suas reflexões! Vir aqui... é sempre ter uma luzinha ascendendo na minha cabeça e no meu coração! Até mesmo quando vc fala bobagens... ainda sim... elas são verdades!

    Beijo... lindo fim de semana... com direito a coçadinhas na barriga ou na careca!!! hahaha!!!

    A Frida é linda! Muito fofa! Coça a barriga dela viu!? rsrs

    Sil
    Aqui sempre

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Andre, os Caninos daqui de Casa tbm fazem isso! u.u
    E O meu gato chamava atenção dormindo em cima do do capô do carro, arranhando ele todinho! É mole [?]
    Os Bichos são assim mesmo!
    O Ser humano é que é um ser indesifrável e Complicado! u.u'

    Abraços e Ótimo Sábado!

    ResponderExcluir
  11. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei tudo. PRINCIPALMENTE o dog. Nossa, muito legal.

    ResponderExcluir
  12. André,
    Alimenta a Frida direitinho com ração importada, e ela vai dar um jeito de distribuir mais carinho e atenção do que ficar procurando petróleo ou diamantes no seu quintal...rsrs
    Bom sabadão pra todos aí.

    ResponderExcluir
  13. não vai me dizer que vc tbm não gosta de uma coçadinha na barriga?rsrs
    valeu pelo comentário em meu blog! então vc namorou uma mina gótica? dos anos 80 ainda? é nessa época que tinham os góticos "verdadeiros".
    ate mais!bjos!

    ResponderExcluir
  14. Opa beleza meu

    owww ja fiz o que voce fez

    falowss parceiro

    http://os-manos-loucos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Esta coçadinha na barriga é de praxe...e quem não gosta?

    ResponderExcluir
  16. A coçadinha na barriga é de praxe, quem não gosta?

    ResponderExcluir
  17. Po cara, achei muuito legal o seu texto
    parabéns aii amigo.

    ResponderExcluir
  18. Com os animais eu sempre fui atenciosa, tenho um amor ilimitado por eles, mas já fui muito impaciente com as pessoas e seus 'chiliques'. Mas, conforme a gente vai crescendo a gente descobre q são as mais truculentas q requerem nossa atenção.

    ResponderExcluir
  19. HAHAHA,UMA COÇADINHA NA BARRIGA...

    quanto tempo não passava por aqui meu amigo. desculpas...
    tem um selo no meu blog para você:

    http://semomitirorealcotidiano.blogspot.com/p/selos.html

    é o de numero 6.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  20. Quem é que não gosta de uma "coçadinha na barriga", não é?

    Só temos de nos atentar ao modo como chamamos a atenção dos nossos semelhantes.

    André, André, pelo visto estás mui bem acompanhado, rapaz. 03 fêmeas não é pra qualquer um...hahahah...

    Forte abraço,

    Fernando Piovezam
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. ahahahahaha
    achei ótima essa de 'mineradora', não tinha pensado ainda nesse nome
    então tenho um q é encanador, pq ele cava bem onde tem um cano e quando encontra ele mastiga todo, kkkkkkk
    http://vivaiona.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. super legal!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Sim, sim. Estamos bem sintonizados. É bom encontrar pessoas com a mesma linha de raciocínio.

    E que descuido o meu, hein!? Mas antes tarde do que mais tarde, fala a verdade, André!?

    Você já ganhou lugar cativo aqui no Seu Anônimo. Está lá nos aliados, bem merecidamente.

    Gosto muito dos seus textos, pois são escritos com muita sensibilidade.

    Ah! Ainda não me esqueci da entrevista, viu!?

    Forte abraço, amigo!

    Fernando Piovezam
    Seu Anônimo.

    ResponderExcluir
  24. Fantastic text, and cute doggy!!
    xx

    Henar
    ...OH MY VOGUE!

    ResponderExcluir
  25. É incrível como o cotidiano é rico e repleto de acontecimentos que viram posts deliciosos como este, de uma escrita simples e despretenciosa, gostosa... demais, viu André. Muitos aplausos para este texto, gostei demais.... novamente os animais dando o que falar, perceber (até em nós mesmos) e escrever.... nota 10!!

    Abraços!!

    Francorebel.

    ResponderExcluir
  26. Outro texto impagável

    "cada um tem um jeito de chamar atenção, uns com amor e carinho, outros com nervosismo e chatice..."

    Uma grande verdade, principalmente as namoradas/esposas (a minha que ñ leia isso) :P

    ResponderExcluir
  27. Grande André, ótimo texto. A Frida só dando trabalho né? Rsrsrs

    Mas vale a pena, os cães sempre nos surpreendem. E a comparação que fez é perfeita. Muitos sofrem com carência, revolta, ou outro tipo de sentimento semelhante, necessitando nada mais do que de atenção.

    Tem selos para você lá no blog.

    ABraço.

    ResponderExcluir
  28. mas vc gosta de bichinho hein???
    tomara que a Frida ache um baúi do tesouro no seu jardim. Ah... não se eskeça de dividir comigo! =D

    BeijO*-*
    http://evesimplesassim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Hahaha! Essas reações dos animais que, por alguns momentos nos tiram do sério, são divertidas também! No final, apesar da trabalheira que dá limpar e lavar tudo, ainda tem um fundo de graça...
    E viva a coçadinha na barriga!!!

    ResponderExcluir
  30. De fato todos somos um pouquinho carentes hehe

    Já tive um pastor alemão que fazia isso, coçar a barriga, não, cavar buracos! Se soubesse que uma coçadinha tinha resolvido, tinha economizado com a pá para enchê-los novamente! :)

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  31. Nossa André...trabalhão dificil o seu hein?! Dar uma coçadinha?! rsrsrs

    Aí se todos os problemas de relacionamentos fossem resolvidos com apenas uma coçadinha...rsrsrs
    Mas concordo com voce, que hoje em dia, o que mais as pessoas querem e precisam são ser olhadas com mais amor e cuidado.

    Fica aí uma proposta pra todos pensar: será que estamos dando o amor devido as pessoas a nossa volta?!

    Gostei do post!

    Fica com o Pai. Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Adoro cachorro. eu tenho um bull dog americano.. ela e linda nome : Shitara!!

    Andre.. fiz uma postagem com sua dica e coloquei seu blog..rs..:
    http://preguicaalheia.blogspot.com/2011/01/humor-da-caneca-nelson-freitas.html

    Abraço,
    Nimai

    ResponderExcluir
  33. Tenho uma linguicinha que é dona de fazer esses buracos...
    Obrigado pela visita lá no Taxitramas.
    Há braços!!

    ResponderExcluir
  34. Dedé!!! Sabe o que mais gosto no teu blog? Teus textos super autênticos, verdadeiros e humanos.
    Já li muito sobre cachorro, eles tb ficam depressivos, e fazer buracos, é sinal disso, sabia? Se estiver muito calor, fazem um único buraco e se metem dentro p esfriar o corpo.
    Mas quanto a nós humanos, todos somos carentes e concordo sim, cada um a sua forma, tentamos chamar a atenção. O bom seria que as pessoas sempre só pedissem por carinho, retribuissem e mais nada; mas o que mais se vê geralmente é um festival de desaforos, e só! Êta bicho ser humano!!!
    Parabéns!!!!!!!! Volto sempre!!!!!!!!!!!!!!!
    Segunda tem post novo, passa lá!!!!

    ResponderExcluir
  35. Quem é que não gosta de um dengo? Gostei do seu texto.

    ResponderExcluir
  36. Essa Frida dando oque falar né André....ela ja virou tipo um tipo de mascote dos blogueiros da nossa blogosfera não é mesmo.

    minha namorada tambem ta cavando buracos na nossa relação e estamos na fase de tentar o famoso coção na barriga !
    abraço meu amigo querido, sempre que der apareço aqui !

    obrigado pelo comentario no meu blog...suas opinioes são importantes,volte sempre que puder

    abraço
    http://universovonserran.blogspot.com
    twitter@vonserran

    ResponderExcluir
  37. É André, está todo mundo a traz de uma coçadinha, não ta facil conciliar coçadas e receber outras...

    Por isso!!! Acho que você deveria propor o Dia Internacional da Coçadinha na Barriga! hahahahaha
    Assim todo mundo sai ganhando...

    Faloo, forte abraço!

    ResponderExcluir
  38. Grande André, cá estou eu outra vez! gostei de mais essa anologia q vc fez pegando fatos da vida e transformando em um "momento de reflexão". E esse negócio de chamar atenção eu sei bem como é, ñ tenho nenhuma Frida mas tenho o meu filinho de 7 meses, o Davi!
    Nesse fim de semana ele começou a prounuciar suas primeiras palavras, papa veio primeiro q mama e a minha mulher quase pirou de ciúmes hehehe... mas o q eu keria dizer é q ele qndo ker chmar atenção faz um pouco de td e é uma graça qndo eu kero fazer minhas postagens no blog e ele ker q eu só der atenção pra ele, claro q no fim ele sempre vence.
    Só q no nosso cotidiano sempre encontramos pessoas mal humoradas, chatas, gabolas e tds os tipos. ainda mais vc q é vendedor deve ver isso td santo dia, o negócio é ter jogo de cintura e saber conviver com tds as personalidades já q não da pra sair passando a mão na barriga de td mundo rsrsrs
    obs1: Como vc adivinhou q eu gosto do São Paulo? tb gosto do Botafogo, só ñ sei se o Davi vai torcer p/ algum dos dois hehehe...
    obs2: Cinemeirosnews ta atualizado com os comentários sobre a saga do anel +perseguido da história do cinema (no bom sentido é claro) passe lá depois e confira
    obs3: amanha vou atualizar o blog do pena com uma postagem especial comemorativa e especial, aguarde!!
    Grande abraço amigão, saiba q tbém lhe considero um irmãozão. E a luta continua blogueiro

    ResponderExcluir
  39. Acho que a Frida acordou pensando que era um tatu André. Seria bom tu arrumar um trampo numa prefeitura para ela cavar buracos na rua, além de satisfazer o prazer dela, ainda ia sair com um cascalho no bolso, que acha?

    ResponderExcluir
  40. André, você é uma figura mesmo, só você mesmo para escrever tão divertido e gostoso de ler como esse que ainda vem como uma reflexão junto sendo conduzida por essas linhas tão bem escritas como sempre. Parando pra pensar aqui acho que você tem razão porque em alguns casos tem pessoas que realmente querem a nossa atenção. As você se pergunta ``Tá, mas porque eu?`` No entanto, de nada adianta tentar entender os motivos que levam uma pessoa a agir assim, sabe, qual é a razão de sua carência. Pode ser falta de afeto familiar, solidão ou até mesmo uma tentativa de fugir dos próprios problemas.

    Adorei, parabéns, cara, grande abraço.

    ResponderExcluir
  41. Eis André, saudades!
    Valeu pela visita. Que o Senhor Jesus Cristo te encha com a poderosa Luz que é Ele próprio.
    Abraços e ótima semana.

    ResponderExcluir
  42. Este jeito como voce escreve é tão único.
    Muito bom o texto!
    Parabéns,amigo!
    :]

    ResponderExcluir
  43. Olá.... desculpe por invadir assim seu espaço. Mais a foto da canina me chamou a atenção... Eu tinha o mesmo problema com a minha canina, pode parecer ridiculo, mais se vc tapar os buracos, colocando as proprias fezes dela lá dentro, ela para de cavar.... e lógico... nunca esqueça dos cafunés, pq eles precisam... falow até

    ResponderExcluir
  44. Nossa, me surpreendi com o teor do post. Pelo título, pensei ser algo muio menos denso do que foi, na verdade. Muito interessante essa perspectiva de olhar as diversas e possíveis reações humanas ao descaso, à falta de atenção . E também pela forma como isso poderia ser resolvido só com o fato de sermos mais atenciosos com os outros.
    Muito bom o texto. Parabéns!

    ResponderExcluir
  45. Fofo dela, tenho dois gatos e sei bem quando eles quererm atenção..rs
    Agora, isso que você falou sobre as pessoas é bem verdade, nunca sabemos o que tornou uma pessoa mal humorada, e o pior é que normalmente o mal humor não é recebido com carinho.. Ótimo post!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!