sexta-feira, 6 de julho de 2018

Faiô!!!







Ontem no canal Fox sports os comentaristas estavam falando que era quase impossível o Neymar não ganhar a bola de ouro esse ano, já que o Cristiano Ronaldo e o Lionel Messi já tinham saído da copa e certamente ele seria campeão.
Na Globo, o Galvão Bueno já tinha escolhido o Neymar o melhor jogador e o Tite o melhor técnico do mundo desde a época da eliminatória.
Mas na verdade, pra quem entende o mínimo de futebol, sabia que os pilares da seleção brasileira era a dupla de zaga, o Casimiro e o Phelipe Coutinho, que estavam jogando muito mais que três ou quatro Neymares.
Eu fico me perguntando o porque dessa manipulação midiática! Porque enaltecer alguns em detrimento de outros? 
Na verdade hoje, pelo menos no primeiro tempo, que foi o tempo que definiu o jogo, o técnico da Bélgica deu um nó tático no Tite, e o Brasil quando acordou já estava 2 x 0 e a vaca já tinha ido para o brejo.
Eu sinceramente acho que enquanto a gente ficar com essa mania de grandeza, achando que só o Brasil sabe jogar bola e achando que só com a camisa a gente ganha de todo mundo, infelizmente não vamos mais ganhar de ninguém na hora decisiva.
Nós temos que vestir as sandálias da humildade, perceber que nossos técnicos, inclusive o Tite, tem que aprender muito, perceber que esse negócio de perder jogadores ainda adolescentes para a Europa está errado, perceber que o jogador tem que ficar no Brasil até criar identidade com os clubes e com o país, para só aí, sair e tentar ganhar dinheiro lá fora.
Temos que perceber que nossos clubes estão sucateados por causa dessa lei Pelé que dá mais poder aos empresários de futebol do que aos clubes que formam os atletas desde crianças... Temos que perceber que está tudo errado desde a base, até os times profissionais.
Enquanto não fizermos esse exame de consciência a gente vai continuar perdendo.
A Bélgica fez um grande trabalho de base nos últimos anos e suas seleções sub 17, sub 20 tem conquistado ótimos resultados nos últimos anos, enquanto isso nós vamos na base do bumba meu boi, apoiados e iludidos com essa mídia interesseira que engana até os próprios jogadores, porque eles mesmo acreditam que são mesmo imbatíveis.
O Tite fala mesmo como se só ele entendesse de futebol, e o Neymar (que é mesmo um ótimo jogador), acredita que é mesmo o melhor do mundo e tem atitudes de estrela minada e intocável.
Gente, vamos tomar cuidado com as manipulações, a gente sabe que daqui pra frente o assunto vai ser eleição, e a gente sabe que a mídia vai querer nos vender Neymares e Tites políticos e iludir a gente direitinho.
Vamos acordar!!!!





4 comentários:

  1. Acordar é preciso! Falar mais do que a boca nuuuuuuuunca deu certo! pena! Fica pra quando merecerem de verdade! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Tive pena que o Brasil fosse eliminado, mas penso que ele não fez por merecer passar. Quanto ao Neymar, penso que ele tem arte e podia ser um sucessor de Messi e Ronaldo, mas não acredito que o venha a ser se não mudar de atitude. É muito fiteiro, por qualquer encosto joga-se para o chão e perde muito tempo de jogo acabando por ser o maior prejudicado pois quebra o ritmo do jogo. Nunca vi nada igual. E é uma pena porque pode acabar por passar ao lado de uma grande carreira.
    Quanto à imprensa e à desculpabilização da má prestação da equipa, Lamento mas não conseguem bater a imprensa portuguesa, que culpou toda a gente pela nossa eliminação quando os únicos culpados foram o treinador e a equipa que jogou mal do primeiro ao último jogo.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente com o que escreves aqui, lamentável que seja assim, agora,seguir em frente, eu amo bom futebol, assisti a quase todos os jogos, vou continuar, prestigiar o belo esporte!
    Abraços querido amigo!

    ResponderExcluir
  4. No futebol não há certezas, porque o melhor que se pode arranjar são tendências ou maiores probabilidades de ganhar ou perder. É um jogo muito aleatório e, por isso, nem sempre o melhor é que ganha.
    E, para complicar, os países mais fracos evoluíram imenso, havendo agora um maior equilíbrio.
    Mas os media e alguns comentadores antecipam resultados e, no final, mudam e adaptam o discurso...
    Quanto ao Neymar, é um grande jogador. Mas tem que repensar a sua atitude em campo. E no balneário, já que dizem que não é bom companheiro...
    Caro André, continuação de boa semana.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!