quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Viver mais leve




Eu estou indo trabalhar de bicicleta a mais ou menos quatro meses. Nesse tempo eu consegui perder seis quilos! Olha só! Hehehehehehehe.
O me motivou a fazer isso, foi o futebol que eu jogo aos sábados e o fato de lá ter gente de várias idades. Eu tenho quarentinha apesar de parecer um menino, e entre meus amigos tem gente da minha idade, e também tem gente de dezoito, vinte, vinte e dois anos... Então, eu com 96 quilos, estava ficando meio pra trás nas jogadas, não acompanhava os meninos na correria, e me cansava fácil.
A uns meses atrás eu estava com a pressão alteradinha, por isso fui fazer um xecápi lá no dotô do coração. Ele, depois de ver os exames de sangue, ecocardiograma, exame de esteira, e mais dois exames que não sei como é que se chamam; olhou pra mim e disse:
- Você pode morrer a qualquer momento!
Puxa... Eu posso morrer a qualquer momento? Mas logo eu que pensava que era imortal, pô! Que noticia ruim...
Ele me explicou que clinicamente eu não tenho nada! Meu coração é de garoto, não tenho aumento no colesterol, triglicérides, nem açúcar no sangue. Meu teste de esteira deu "dos mió di bão" e por isso; eu sou um forte candidato a empacotar. Porque se eu tivesse algum problema clínico, aí era só tratar, mas como não tenho nada, então não tem como tratar nada, só o psicológico que estava meio que entrando em parafuso, e quando isso acontece, a bomba pode explodir a qualquer momento... Bum!!!!!
Eu tomei uma decisão! 
Arrumei minha bicicleta. Coloquei pedal de alumínio, pneu e aro de competição, banco "maciozim", guidão legalzim, cambio legalzão e bréque ajeitado! A magrela ficou nos trinks!
Aí, comprei um negócio da hora, que é um fone de ouvido sem fio, que você coloca um cartão de memória nele com  as musicas que gosta, e pode pedalar escutando um som!
Fiquei bonito na fita! Emagreci seis quilos, minha pressão melhorou, estou jogando futebol com mais disposição, e o principal de tudo: Fiquei mais feliz!
Pedalar escutando musica é bom demais. De casa ao trabalho, contando duas idas e duas vindas por dia, dá mais ou menos trinta minutos. Esse tempo a sós comigo mesmo, me ajudou a organizar umas idéias e a rever alguns conceitos e atitudes... 
Uma delas é: não deixar que outras pessoas definam meu humor! 
Outra é: não esperar educação de quem não tem. 
E a principal é: eu tenho que ser mais feliz e ter um dia mais leve.
Gente... Pensem nesse relato que acabei de escrever. Ele é verdadeiro e assim como um tempo comigo me ajudou, eu tenho certeza que isso vai te ajudar também. A gente tem que ser feliz, e tudo começa dentro da gente mesmo!
Levante meia hora mais cedo e se encontre para um bate papo! Se der, compre uma bicicleta e um fonezinho sem fio. Isso tudo só tem um  problema: de vez em quando alguém vai achar que você é maluco, porque vai te ver pedalando e cantando alto na rua... Fazer o quê? Antes um maluco vivo, do que um certinho morto!

35 comentários:

  1. Que lindo teu depoimento e viver mais leve em todos os sentidos faz bem. Parabéns pelo feito e continua! abração,chica e o Samuquinha vai agradecer!

    ResponderExcluir
  2. Lindo isso!
    Acreditar que a leveza da alma está dentro da gente, apesar dos caminhos da vida as vezes serem dificeis.
    Legal!
    Gostei!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que acreditar nisso sempre né Ritinha... Se não, tamo ferrado! Hahahahaha.

      Excluir
  3. Oi André. Com problema de pressão também?!rs

    Esses médicos gostam de animar a gente: "Vc pode morrer a qualquer hora!". Mas, pensando bem, quem não pode morrer a qualquer momento?rs

    Felizmente, vc ficou bem. Pedalar e ouvir música são coisas muito relaxantes.

    Ótima mensagem de não esperar educação de quem não tem. Fico revoltado com os sem educação, mas, tenho que me esforçar para não esquentar mais a cabeça com esse tipo de gente.

    Saúde e paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se revoltar com pessoas erradas é errado né Caverão!

      Excluir
  4. Olá!Bom dia
    Dedé, meu amigo
    ...um "puxãozinho de orelhas"em mim, , hehehe, num texto com seu toque peculiar e bem humorado, colocou diversas práticas simples e objetivas de saúde mental e emocional, visando o autoconhecimento e a busca da sabedoria como fatores de desenvolvimento de uma saúde verdadeira...
    Ser leve, intenso, sensível, generoso...
    A vida é tão frágil e breve. O equilíbrio está na linha tênue entre a leveza da alegria e o peso da essência...e esse fluxo, por mais imperceptível que pareça, acontece dezenas de vezes ao longo dos nossos dias. Quanta energia dispendida em um processo que poderia ser muito mais leve se simplesmente fôssemos nós mesmos, sem preocupações com "alheios que não tem conserto", e deixássemos a vida nos guiar um pouco!...de "bike"com música e um fone de ouvido sem fio, melhor ainda!
    Obrigado pelo carinho
    Belos dias
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita Felizão! Obrigado aí meu amigo! Belo comentário!

      Excluir
  5. ANDRÉ:Você é digno de aplausos, verdadeiramente, digo isto!Seus textos são a própria reflexão das suas experiências!Como é bom aprendermos com algo e compartilharmos com os outros.Levando o conhecimento à quem interessar! Nem todos fazem isso, mas vc...quão fantástico e iluminado que é, ajuda toda uma gente!
    Concordo com vc, a mudança está em nós mesmos!Também ando fazendo análises da minha vida, amadurecendo idéias na mente, e espero que o nosso Pai do céu ajude na concretização, pois são tantas as dificuldades,amigo.
    Bjs e que Deus esteja sempre em seu caminho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Adeladia! Vc é muito gentil!

      Excluir
  6. E parabéns pelas conquistas!Vc merece tudo de bom e vai conseguir muito mais.Deus está contigo!!

    ResponderExcluir
  7. KKK...Texto pra lá de bão e o final muito bem humorado!Que coisa saber que se não há nadinha nos exames,a pessoa pode morrer a qualquer momento!Parabéns por sua atitude,pelos quilos a menos e pela paz a mais que ganhou!bjs e uma ótima noite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente tem que aprender a falar sério mas com bom humOr! Ainda bem que gostou Anne!

      Excluir
  8. kkkkkkkkkkkk muito bom o texto. Obrigado pelos conselhos, mas infelizmente não vou segui-los rsrsrs
    1º - peso 56 quilos
    2º - exercício físico não é o meu forte
    3º - pedalar em BH só se for doido rsrsrs
    4° - Um grande abraço

    ResponderExcluir
  9. Poxa. Não joga na minha cara que eu preciso perder um bocado de quilos.Poxa, eu não posso andar de bike. Poxa. Eu ainda não consegui impedir que outros interferissem no meu humor. Poxa.

    Bom demais ler-te assim, contente, fazendo coisa boa por si mesmo.

    Pedale, Forest, pedale.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Hehehe... Ai André que delícia ler teu relato, cara! Poxa você deu uma guinada mesmo hein. E olha, fez muito bem porque esse momento contigo mesmo descobriu que isso conserta qualquer cuca rachada e mantém o músculo do amor em alta, e ainda por cima deixou você esbelto rrsrsrs...

    Andar de bicileta dá mesmo essa sensação de liberdade, vc nem imagina a saudade que eu tenho de andar de bicicleta, mas aqui nessa parafernália chamada Sampa, naum dá. Essa cidade nam possui topografia pra isso.

    Caraca!!! Vc emagreceu seis quilos??? Uhuu hein.... Eu perdi 2, agora estou com 54 quilos, mas quero chegar aos 50. rsrs

    Eu faço um pouco de caminhada (quando tenho tempo) e faço Pilates duas vezes por semana. Tá ajudando a titia aqui, sabia? Adeus dores nas costas, além de manter a silhueta né? rsrs

    Adorei ler você e gosto demais desse toque de humor (tão natural) que vc tem quando escreve - é nato, só pode ser!

    beijão meu amigo!

    xau

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lú!
      Essas coisas que falei aqui realmente são verdades. Obrigado!

      Excluir

  11. Olá André,

    De repente me deu até vontade de voltar a andar de bicicleta. É um ótimo meio de se exercitar e de manter a forma e a resistência. Cuidar-se é preciso. Estamos sempre nos deixando levar pela famosa 'preguiça' (meu caso). Não é de hoje que estou ensaiando voltar para o Pilates e para as caminhadas. Um tempo só para nós é altamente saudável para corpo e mente. Vá em frente. Tudo parte mesmo de dentro para a fora.

    Adorei o seu descontraído texto.

    Ótimo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha apreguiça mata mesmo Verinha!

      Excluir
  12. Olá André, meu amigo!

    Que texto mais leve e gostoso de se ler! Adorei!
    É isso aí! Vc está no caminho certo. Boa dica!
    Que Deus continue te abençoando!
    Um grande abraço, e um ótimo fim de semana.

    Adelisa.
    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Dedé, tudo bem?
    Eu vou, mas eu volto!
    6 kg?... é muita coisa, heim? Parabéns pela iniciativa e também de postar sobre isso, porque serve como incentivo. No meu caso trabalho também em casa, e daí como faço hahaha :)
    Mas tenho caminhado... o problema é o chuvão que temos por aqui nos últimos dias.
    Valeu!
    Abração para ti e o podo todo! Beijinho especial no Samuelzinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cissa! Apareceu hein! Hahahahahaha.
      Você faz falta aqui menina!

      Excluir
  14. Passando na correria de sempre mas deixando um grande abraço!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. André, seu blog é muito bom, seus textos são animadores. Parabéns.
    Abraços.
    Pirata

    ResponderExcluir
  16. Cara, essa receita eu já tenho adotado já a bastante tempo, além de pedalar, gosto de correr, é maravilhoso tanto para o corpo como para a alma e a alta estima. É isso ai Mansim, aproveite a vida com tudo que ela tem direito.

    Abração pra ti mano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei que vc faz isso Chengão! Inclusive vc me inspirou!!

      Excluir
  17. Oi André
    Muito bom! Fico feliz por vc meu amigo! É que eu e a bicicleta não temos um caso de amor kkkkkkkk. Lembra que no começo do ano eu caí da bike e quebrei o ombro né?! Mas vou retomar minha caminhada matinal, com certeza. O exercício físico é ótimo para tudo. Continue firme!
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahaha, ah Lú... Mas faz as pazes com ela!

      Excluir
  18. André, que saudável disposição! Aqui onde moro seria impossível andar de bicicleta, salvo se for dentro do condomínio (rss). Os morros não permitem. Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Eu comecei a fazer esteira!!! Tinha uma jogada aqui em casa e nunca ninguém usava daí fiz 30 anos e pensei... Pô to ficando velha, preciso fazer algo pra melhorar minha vida.. e cá estou... Cansadona da vida, mas com a consciência mais leve!

    Adorei esse texto, arrasou! Beijos

    ResponderExcluir
  20. Gente, bicicleta é o que há!

    Mas, André, tome cuidado com a rua, pois fone de ouvido e bicicleta é uma combinação que muito me assusta, rs! Fique atento às buzinadas e não se distraia muito com a música!

    Parabéns pela coragem de mudar de padrão!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!