quarta-feira, 26 de junho de 2013

Dois velhos amigos




Um dos primeiros livros que eu lí, e que me fizeram gostar de ler, se chama "A ilha perdida", de uma coleção de livros que era essencial nos anos 80 para qualquer aluno, desde a quarta até a sétima série: a coleção vaga-lume
Depois deste livro, eu, menino com nove ou dez anos mais ou menos, lí outros livros que gostei demais: "O cachorrinho Samba, A montanha encantada e A mina de ouro". Aí, aproveitando que uma professora fez um pedido coletivo numa editora, e que cada aluno comprou um livro diferente, e trocou-o durante o ano inteiro com algum amiguinho da classe, eu acabei lendo quase toda a coleção cachorrinho samba.
Esses dias eu fui dar uma pesquisada no Google sobre o livro A ilha perdida, e as imagens do Google me trouxeram imagens desses outros livros que citei acima. Foi então que só agora, muitos anos mais tarde, (muitos mesmo), que eu fui descobrir que todos esses livros que eu gostei tanto, eram da mesma escritora: Maria José Dupré.
Olha só! Que coisa interessante né? 
Eu fiquei meio maluco com esse negócio, e fui pesquisar outros livros da minha infância e adolescência, e acabei descobrindo que os livros: "O cadáver ouve rádio, Dinheiro do céu, Sozinha no mundo, O mistério do cinco estrelas e O rapto do garoto de ouro", que são outros livros que eu amei ler, também são de um mesmo autor: Marcos Rey.
Puxa... Eu lí e leio muitos livros até hoje, minha esposa fala que sou maluco porque leio três livros ao mesmo tempo, mas tenho certeza absoluta, que se não fossem esses dois autores, eu não seria esse leitor que sou hoje!
Por isso essa postagem é um agradecimento a esses dois velhos amigos, que até já embarcaram para o céu, mas que me fizeram ser mais feliz na vida. Com certeza eles fizeram parte e farão ainda, da vida de muita gente, pois a pessoa morre, mas as obras ficam. 
Vou apresentar esses dois amigos ao Samuel (meu filho), quando ele começar a ler, e também queria apresentá-los a vocês amigos do blog. Se puderem, procurem esses livros na internet e comprem de presente aos seus filhos, sobrinhos, vizinhos e amiguinhos. Você vai estar ajudando na formação literária deles e eles se tornarão pessoas melhores.
Fazendo assim, quem sabe nós damos uma melhorada no nosso país, que não lê mais, e que cada vez está mais pobre de vocabulário e de cultura.
 

21 comentários:

  1. Olá amigos!
    Eu estou corrido, corridão, nesses dias, por isso estou fazendo o básico aqui no meu bloguinho.
    Me perdoem se não deu pra retribuir as visitas de todo mundo que esteve por aqui, e me perdoem por não ter respondido os comentários de vocês na última postagem.
    Então, desde já eu agradeço a todos que passarem por aqui, e agradeço de coração os seus comentários, pois eles são o salário que recebo com esse blog, e que me faz tão feliz!
    Um abraço a todos e fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Já faz mais de um ano que não tinha tempo para ler blogs que sigo, mas nunca deixei de ler livros. E a primeira autora citada no post também caminhou comigo na minha infância.
    Que delícia, né?!
    Vou te dizer: postei ontem um texto falando sobre a minha vida e a leitura. Uma não vive sem a outra. E sou igual a você, leio vários livros ao mesmo tempo. Sou amante da leitura e quero passar isso para as próximas gerações.
    Texto excelente! E acho que eu e os blogueiros que sigo temos pensamentos em comum. Pois quase todos, essa semana, postaram algo sobre a paixão pela leitura. Fico feliz em dividir essa paixão com vocês.

    Meu abraço
    Nina

    ResponderExcluir
  3. Tão bom recordar esses velhos amigos e ainda espalhá-los aos outros. Samuquinha vai gostar do que o espera...Falta pouuuuuuuuuuuuuuuuuuuco!rs...Do jeito que as crianças estão , logo estará lendo! abração,chica

    ResponderExcluir
  4. Também li quase todos esses livros que vc citou.Amei todos eles!!!
    Outra coleção maravilhosa é a coleção Taquarapoca (não me lembro o nome do autor), mas também é fantástica.
    Outro livro que também marcou a minha infância foi o livro Cazuza, eu cheguei á chorar quando terminei de ler o livro, pois eu não queria que a Estória acabasse...Ah!!!A coleção Sitio do Pica-pau Amarelo foi a minha iniciação na leitura...Saudades desses amigos de minha infância...Muitas saudades!!!!

    ResponderExcluir
  5. série vagalume <3 era a única coisa que me motivava a ir pra escola, porque todo dia eu ia até a biblioteca pegar um desses! também era fã (e continuo sendo, de coração) de marcos rey e maria josé dupré.
    dela o que eu mais guardo na memória foi éramos seis, porque foi o primeiro livro que me fez chorar hahaha e dele, o primeiro que eu li da série: sozinha no mundo.
    e aí vão toneladas de livros dessa série incrível que marcou minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ehehe.... esses livros eram minha principal motivação para ir à biblioteca.

      Excluir
  6. Oi Andre,
    Quando criança,li praticamente todos os livros da coleção vaga-lume,
    pois eu emprestava os livros da biblioteca da minha escola.
    Eu chorei um monte ao ler:
    'Zezinho,o Dono da Porquinha Preta'.rsrs!
    Que saudade desse tempinho.
    Minha compulsão por livros,começou na infância.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Olá André
    Muitos desses livros também li, mas quando somos criança ou adolescente, não prestamo muito atenção no autor(a) O hábito pela leitura começa em casa, e por exemplo dos pais, mas infelizmente nem todos fazem isso.
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. André, boa noite!

    Muito bom o seu post.Vc falou que lêr 3 livros ao mesmo tempo..rss!Bem, eu também estou lendo 3 livros..rss!

    Acho que já li algum livro da série "Vaga-Lumes...!"

    Aprecio e muito a leitura e procuro neste momento, leituras relacionadas ao momento que estou vivendo...! Preciso adquirir maiores experiências para dar andamento com os meus projetos! A leitura, além de ser rica em cultura, também nos proporcionam sabedoria e experiência!

    Meu escritor André, tenha uma ótima noite ao lado dos seus familiares e toda a paz e proteção de Deus, pois vc merece pela pessoa que é!

    Beijos, parceirinho!

    ResponderExcluir
  9. Bons tempos meu amigo! Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Oi André
    Nossa, vc me fez viajar no tempo agora! Eu adorava a coleção Vaga Lume!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  11. Saudades da coleção Vaga-Lume! Li muitos livros desta coleção, e gostei da "trilogia" O Mistério do Cinco Estrelas, Um Cadáver Ouve Rádio e O Rapto do Garoto de Ouro, protagonizados pelo trio Leo, Guido e Ângela.
    Outros dois livros que li e não esqueci foram Zezinho, o Dono da Porquinha Preta e O Feijão e o Sonho. Minha adolescência não teria sido a mesma sem essa coleção!

    ResponderExcluir
  12. A leitura com certeza faz diferença, eu sempre gostei de ler, mas depois que comecei a me dedicar a vida acadêmica e profissional acabei encostando um pouco esse lado literário, parece loucura agora que era pra mim me dedicar mais a leitura a deixei de lado, eu não conheço os autores mas acredito que nunca é tarde para buscar novos conhecimentos e inspirações, irei a minha busca.
    Abraços e muito obrigada André.
    http://honrandoochamado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nossa! Infância retornando com esse post! hehehe
    Li muita coisa da Vagalume, os livros foram tema de muita prova no colégio, e graças à coleção conheci e fiquei fã de Marcos Rey!
    Muito bom lembrar isso...

    ResponderExcluir
  14. Olá!Boa tarde
    Dedé, meu amigo
    Por meio da leitura, temos a oportunidade de exercitar a imaginação e ampliar o vocabulário de forma lúdica. Paradoxalmente, muitas crianças capazes de assimilar tecnologias complexas, que, mesmo dotados de mais experiência de vida, não possuímos, não conseguem ter um rápido primeiro contato a livros, revistas...
    e entendo que o discurso sobre os benefícios da leitura precisa estar acompanhado ao modelo, senão será um discurso vazio e não surtirá o efeito desejado, e, assim, ao ler todo seu relato, toda a sua experiência na iniciação à leitura, com a coleçãoVaga Lume e os dois auutores mencionados,Marcos Rey,Maria J.Dupré .... tenho absoluta certeza que vc será/é um excelente modelo para seu filho Samuquinha...
    Obrigado pelo carinho da visita
    Belo final de semana
    Abração

    ResponderExcluir
  15. Os primeiros livros, quando nos encantam, abrem portas importantes na vida, como o desenvolvimento da criatividade e o prazer da escrita. Faz bem em apresentar os autores a seu filho. Certamente, com o seu entusiasmo, despertará nele o gosto pela leitura. Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Dezinhoo... tô voltando! Caramba, que maravilha ver essa postagem! Uma verdadeira nostalgia. Dia desses consegui encontrar alguns desses livros para que o Gustavo lesse. Muito bons!!!!

    Abração

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  17. Hummm Bacana demais esse texto!

    Tô querendo ler essa coleção mesmo, depois da sua propaganda toda!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  18. Li a coleção Vaga-Lume, adorava. Zezinho, O Dono da Porquinha Preta e o Escaravelho do Diabo são os que mais me lembro.

    Deu saudade agora, quero voltar...

    Beijo, André.

    ResponderExcluir
  19. Valeu pela dica meu amigo. Também sou um apaixonado pela leitura e parece que meu filho vai seguir o mesmo caminho. Vou seguir sua dica. Um livro que li quando era criança e gostei muito foi o "Meu pé de laranja lima".
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Estou preparando um livro.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!