sábado, 17 de outubro de 2015

Eu?




Estão culpando Deus.
Culpando o governo.
Culpando o vizinho, o calor, o frio.
Estão culpando as chuvas, a estiagem, os ventos.
Culpando os cachorros da rua e os gatos de casa.
Estão distribuindo culpas.
Os dedos estão em riste.
O julgamento é voraz.
Ninguém tem culpa de nada.
Mas todo mundo é culpado.
Pela falta de emprego, de luz, de água, de arroz, de amor, de um forrózinho gostoso pra dançar agarradinho!
Quem inventou esse rock barulhento?
Quem educou essa geração de energúmenos?
Onde estão os beijos, as flores, e os amores?
Onde estão os políticos honestos?
Onde está o verdadeiro futebol brasileiro?
Os dedos estão em riste.
O julgamento é voraz!
Querem que eu vista a carapuça?
Querem dizer que cada cidadão tem uma parcela de culpa?
Mas o cidadão não tem nem mais a parcela do PIS... Onde está meu décimo terceiro que estava aqui?
A culpa é da igreja.
Das famílias sem igreja.
Das pessoas sem Deus.
Dos padres, dos pastores e dos ateus!
O mundo vai acabar... Cadê Jesus que não volta logo?
Vamos fazer a arca e esperar...
Querem que eu vista essa carapuça?
Os dedos estão em riste.
O julgamento é voraz.
Mas...
De quem é a culpa afinal?
Acho que da habilidade que todos nós temos, pra jogar a culpa de tudo nos outros...
Ops! Todos nós não...
Vocês!





15 comentários:

  1. Lindo final de semana!!! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Amigo André, amei ler aqui, principalmente os últimos versos, rsrs, "...Ops! Todos nós não...Vocês!"
    Que máximo!
    Abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha, e você acha que eu iria vestir a carapuça?????

      Excluir
    2. Claro que não, rsrs voltei aqui para te dizer que rio muito com o seu bom humor!
      Amei seu comentário lá no meu espaço, imagine só, eu esqueci de mencionar a minha jabuticabeira, exatamente como a sua, os pássaros "detonaram" tudo não sobrou uma frutinha para contar a estória,rsrs!
      Abraços meu amigo, amo rir e pessoas inteligentes como você nos faz rir com leveza, adoro!

      Excluir
  3. Oi Andre,
    Você é um escritor sarrista e egoísta,. você?; esqueceu de mim e da sua família?
    Beijos
    minicontista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha, Dorli, vc é um barato!

      Excluir
  4. É aquela velha história: se dá pra botar a culpa em alguém, então tá de boa. E então a pessoa sai ilesa ¬¬
    Gostei.

    Grande abraço
    perplife.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A culpa nos outros doi menos. Obrigado por vir.

      Excluir
  5. Uma visão satírica e bem humorada, da actualidade. Parabéms.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  6. Desculpe, queria dizer Parabéns. O meu teclado tem as letras sumidas e depois dá nisto.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses teclados... Hahahaha.
      Boa semana Elvirinha.

      Excluir
  7. Um poema bem humorado.
    Mas nem por isso menos sério, já que coloca o dedo numa ferida importante da sociedade.
    Gostei imenso, o seu poema é brilhante.
    Anderson, meu caro amigo, tenha um bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. rsrsrs...
    Excelente, André!
    É mais fácil apontar culpados do que assumir erros ou procurar corrigi-los. Por isto a anarquia generalizada. Ninguém se livra da responsabilidade imputando culpas a outrem.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Quem ..eu? Eu não...rs Pura criatividade por aqui..adorei!!!Abraços meus.

    ResponderExcluir
  10. Quem ..eu? Eu não...rs Pura criatividade por aqui..adorei!!!Abraços meus.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!