domingo, 17 de outubro de 2010

Colírios do povo

Eu estava aqui em casa dando uma de mestre cuca e escutando um sonzinho, quando uma frase na musica Avohai do Zé Ramalho,(meu amigo e companheiro de vários momentos... só que ele não sabe disso), me chamou atenção. A frase fala: “Pares de olhos tão profundos que amarga as pessoas que fitar.” Puxa... eu fiquei pensando sobre isso. Quem teria olhos assim? Eu conheço alguém assim? Essa pessoa seria tão má, ou tão desesperada, ou tão amargurada, ou tão desiludida?
Esses olhos seriam de um idoso abandonado num asilo depois de ter criado filhos e netos, e que agora fica contando os minutos esperando a morte chegar, desiludido e triste com um final de vida sem esperança alguma? Deve ser triste olhar uma pessoa assim. Ou seriam esses os olhos do idiota presunçoso e sem amor no coração que colocou esse idoso no asilo? Um cara sem apreço e sem visão para reconhecer o que aquele avô ou até aquela mãe fez por ele a vida toda. E mesmo que essa mãe não tenha sido tão boa assim, mas pelo menos foi ela que deu vida aos filhos e dela saíram os netos também.
Outro dia eu fitei olhos tão profundos e amargos que me fizeram tomar uma atitude. Eram os olhos da Chambinha minha gatinha siamesa, ela apareceu na porta do meu serviço, só pele e osso, com vários machucados no corpo, vários piolhos e até sem forças para miar. Eu olhei nos olhinhos dela e eles me pediram para adotá-la. Não teve jeito. Primeiro convenci minha esposa, o que não foi difícil pois minha esposa tem um coração muito puro e doce, e depois convenci a Frida minha cachorra ciumenta de que seria bom ela ter uma amiguinha. Hoje a Chambinha pesa 7 quilos, está até gorda demais, hahahaha, e seus olhinhos não estão mais amargos, pelo contrário, eles estão felizes e arteiros!
Sabe eu fico pensando nessas pessoas que dizem que detestam cachorro e gato. Normalmente eles falam que não querem limpar cocô desses bichos e que por isso eles não adotam nenhum. Gente, eu quero ver se quando vocês estiverem velhinhos alguém tiver que limpar o seu cocô, muito mais fedido que de um cachorro, se esse alguém vai te amar, ou vai ser o cara que vai te colocar no asilo. Mas póde crer que lá no asilo alguém não vai ter nojo do seu cocô fididão!
Tomara que o próximo presidente que estamos para escolher consiga fazer um pais mais razoável com as pessoas, com menos distância entre as classes sociais, com mais esperança para todos, com mais oportunidades em todas as fazes da vida, até na terceira idade. Tomara que assim o povo invente o colírio que vai ser pingado nos olhos de todos os brasileiros e que um dia a gente não fite mais nenhum par de olhos tão profundo que nos amargue.
Eu sei que não depende do presidente, depende também da educação familiar, da estrutura pessoal, e das voltas que o mundo dá! Mas mesmo assim já está na hora da gente se mexer e de alguma forma tentar fazer algo positivo, nem que seja acolher o avô ou a avó em casa dignamente, ou simplesmente adotar um animalzinho, ou talvez ajudar uma casa de apoio a adolescentes drogados!
Vamos todos pingar esses colírios por aí!

40 comentários:

  1. Os meus olhos são selvagens, sabe... gosto de olhar no fundo dos olhos das pessoas, mas muitas desviam o olhar ou se sentem invadidas... boa reflexão, viu... linda a capa do Cd do Zé Ramalho, seu amigo... gosto dele... abraços!

    ResponderExcluir
  2. Oi André...

    Com certeza esse é o melhor post que já li aqui! Primeiro que amo o Zé... amo mesmo! As músicas dele para mim nunca envelhecem... ficam melhores e a cada vez que ouço-as novamente elas me dizem coisas diferentes! Segundo que é muito bom pensarmos no que andamos fazendo por aí... porque o tempo passa para todos e traz consigo as consequências de nossos atos. Terceiro que acredito que as mudanças ocorrem em todos os níveis sociais... mas a política tem grande força... pena ser tão corrupta em nosso país! E desejo que os olhos sejam limpos e verdadeiros! Capazes de construir e curar!

    Deixo meu beijo
    Com muito carinho
    Linda semana de paz e alegrias!
    Sil
    Sempre aqui


    Obs: Visitei o blog do Tadashi... li sua entrevista e comentei! Vai lá ler! Parabéns Amigo Querido!

    ResponderExcluir
  3. Os brasileiros precisam de litros de colírios ultimamente, a falta de compaixão e amor ao próximo está gigantesca! Ótimo texto, boa reflexão

    ResponderExcluir
  4. talvez esse olhar seja fácil de encontrar por aí. De uma criança abandonada, ou de uma criança que sofreu abuso sexual. Ou de um pai que foi expulso da 'família'. Enfim, acho que esse colírio deveria, primeiramente, fazer os que não enxergam perceberem em que realidade eles vivem. :)

    Belo post!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o seu texto André! Primeiro porque amo cachorros (tenho 6 da raça brazilian street dog - popularmente conhecidos como vira-latas) e digo que eles possuem o olhar mais sincero do nosso planeta. O olhar dos cachorros demonstram amor incondicional ao seu dono e isso, principalmente nos dias de hoje é muito difícil!
    Fiquei tentando imaginar se lembrava de algúem em minha vida com olhar tão cruel quanto o descrito no seu texto e infelizmente lembrei de algumas ! Que venha o colírio então, rsrsrsr...

    @zecajagger
    http://www.shitnessbook.blogspot.com (Venha rir)
    http://www.centralunicadosblogueiros.blogspot.com (filie-se)

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o blog. Atualmente o Brasileiro precisa de olhos novos, de olhos de amor, de compaixão e ternura.
    E sim, realmente existem pessoas com olhares como descritos na música.

    Estou seguindo...

    Se quiser dar-nos a honra de sua visita, fique a vontade: http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/
    "Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação..."

    ResponderExcluir
  7. É cumpadi aqui nóis freve 'conta di lágrimas' e "pinga"...é tiriqueda o zóio num fica mais nuviado.
    O povim gerérco tem qui usá colirio genérco, só usa o bão memo que limpa o zóio di verdadi, quem pódi.
    O povim num é di tercera crasse é mais chique agora, é o povim genérco que provavermente vai iscoiê a presidenta genérca... fazê u que?

    ResponderExcluir
  8. É, meu amigo, existem mtos olhares tristes por aí. Por falta de amor e de compaixão. Percebo que cada vez mais, as pessoas estão se tornando frias, n zelam mais por uma relação de amor, companheirismo, carinho e abandonam até os seus próprios pais em asilos. Este é o melhor exemplo para mostrar o quanto as pessoas caminham mau.
    É triste, mto triste!!!
    Adorei o post, como sempre.
    Ótima semana pra vc e te espero lá no blog ;)
    Aparece, tá?
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Opa Tudo bem ?
    Dando uma visita (espero retribuicao rs) :D
    Muito bom seu Texto .

    Abraço .

    www.murillojapa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Cara adorei esse post, ótima reflexão.
    nota 10

    por: http://headshot69.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. As vezes os olhos precisam de mais do que assistencialismo. As vezes até mesmo nos asilos o nojo entra. Você fala de compaixão, solidariedade, que são conceitos esquecidos no mundo de hoje por uma produção social baseada no descarte. Ah, eu adoro cachorros e gatos, tenho e já tive outros, mas não aho que se possa resumir este desapego pelos felinos e cães somente por conta das merdas. A gente não se compadece de vacas, as bostas delas fedem demasiadamente, mas tem mais coisa em jogo, não?
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Achei o post de uma reflexão muitíssimo profunda.
    E o Zé? O maior de todos os Zés.
    Assim: música para os nossos ouvidos e colírio para os nossos olhos.

    ResponderExcluir
  13. realmente é muuito triste, tem pessoas infelizes qe só sem coração. uma grande pena!
    absss

    http://podercrer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. A continuação da história já está lá no Francorebel, se quiser dar uma passadinha.... abraços!

    ResponderExcluir
  15. Nossa... Maravilhoso post!
    Achei este o seu melhor! Um verdadeiro tapa na cra e uma reflexão pungente...

    Adorei!

    ;D

    ResponderExcluir
  16. Tinha escrito um comentário e quando fui postar.. Cade ele?! hehehhe

    Voltando ao seu post:
    Acho que foi o melhor que li seu... Fez uma reflexão pungente e profunda, a partir de uma das frases que mais gosto das músicas do Zé Ramalho...

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  17. Fala André,
    realidade pura, meu amigo.
    Aliás, Zé Ramalho é incompreendido por muitos, infelizmente.
    Em relação a sua postagem, é o tal negócio, o ser humano é um bicho esquisito mesmo.
    Muitos agem totalmente diferente daquilo que pregam ou crêem. É difícil de entender, mas a gente vai aprendendo e passando por esses obstáculos.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  18. Sua atitude de votar foi digna de minhas sinceras considerações. Parabéns, André!

    Quanto ao nosso futurO presidente, que a população faça uso de bons colírios e abram os olhos para a realidade, evitando votar errado, mais uma vez.

    Forte abraço,
    Fernando Piovezam
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. É dificil mesmo entender como se pode virar as costas praqueles que lhe foram fundamentais, para a vida, para a a dignidade, para a apredizagem, etc..
    Eu tb espero que as pessoas com o tempo tenham mais sensibilidade para escolher de maneira maia acertada as pessoas que vão cuidar, ou deveriam fazê-lo, de nós.
    __
    http://coracaoonline.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Ei Andre, gostei muito do seu blog! vou te seguir"
    e obrigada pelo comentário, depois venha conhecer meu outro blog, que trata de um tema totalmente diferente.
    http://cantinhoencantado-princesha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. "Adorei seu post" "vai no meu" "Vc escreve tão bem..."

    Bom, tá aqui um cara que faz questão de ler de verdade e vc sabe que nem sempre eu concordo com seu ponto de vista, (especialmente político.)

    Mas taí uma coisa que concordamos, me afeta e até assusta: gente que de verdade "detesta bichos". Por que? será algo patológico afetando milhões? eu conheci uma pessoa que quando criança presenciei ela chutar um cachorrinho e pendurar num fio eletrificado. Eu era criança e não podia fazer nada. Nunca esqueci. Até Hj, gostaria de vê-la pendurada num fio eletrificado. Sei que é forte e polêmico o que estou dizendo, mas na boa, no meu entender não seria injusto. Claro que eu jamais faria algo assim. Mas não possso deixar, sem hipocrisia, de desejar retribuição por uma maldade tão gratuita. Abs!

    ResponderExcluir
  22. adorei o blog parabens
    comente e siga sem calotes
    http://www.assistefcd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Cara, no mundo de hoje, quase q não se encontra amor entre as pessoas, tantos casos de pedofilia, de pais matando filhos etc. O amor que antes existia entre pessoas estão sumindo, mas ainda a aqueles que podem fazer a mudança, començando por nos. Amei o post, reflexão muito boa.

    ResponderExcluir
  24. Muitas pessoas fazem de tudo a vida inteira e quando chega no final, são esquecidos, ficam no asilo, os filhos e netos vão embora e não voltam mais...como vc disse, só esperando a morte chegar.
    E há muitos animais por ae que merecem mais atenção e carinho que muitos seres humanos que não estão nem ae com nada.
    Tem post novo no meu blog http://artegrotesca.blogspot.com
    ate mais

    ResponderExcluir
  25. “Pares de olhos tão profundos que amarga as pessoas que fitar.”
    Essa frase por si só já emociona, com seu post mais ainda!

    vamos pingar colírios por aí, muita gente precisa!

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Então... André Querido!!!

    Você me estende tanto carinho... que fico feliz demais com sua amizade! Adoro vc e agradeço por sua atenção tão fiel e verdadeira!!! Adoro vc de verdade!!! Lembranças a sua esposa, a Frida e a gatinha (esqueci o nome dela... me desculpe! rs)

    Linda noite... dias de paz!
    Deixo beijo
    Com carinho
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. MUITO BOM. 100% esse texto
    Avohai é uma música simplesmente PERFEITA!
    Mas bem, amei seu texto,muito bom pra gente criar vergonha e começar a fazer algo pras pessoas :D
    E sobre a historia dos velhinhos.. morro de medo de ficar velha e dar trabalho pros outros :S
    Mas com certeza quero cuidar bem dos meus "véi".

    Seguindo você.. ^^

    ResponderExcluir
  30. Parabéns pelo seu blog rssrsrs
    E pelo texto(agora que me explicou).
    Bjaum
    Fica com Deus!
    =)

    ResponderExcluir
  31. Olá vim agradecer pelo comentário no “Pedaços de Mim”Espero que goste do post de hoje. Parabéns pela iniciativa de incentivo à a doção de animais. http://digho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. hummm conheço algumas pessoas que trabalham pela causa animal...
    É interessante...

    ResponderExcluir
  33. Muito bom o blog, estava lendo outros posts, e cheguei a concluisão, seu blog é um dos melhores que ja vi até hj.

    Parabéns,

    Leandro
    http://www.leandronarciso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Mais um ótimo texto.. é complicado isso, as vezes somos tão indiferentes aos que nos cercam.. realmnte, nos faz refletir...

    ResponderExcluir
  35. Ja comentei em seu outro post, comentarei nesse..
    Verdade cara, os brasileiros tem q prestar mais atenção nos que acontece ao redor.

    ResponderExcluir
  36. Olá, Agente Carequinha!

    Extremamente sensibilizante o seu post, hein?
    À propósito, estou rascunhando algo semelhantíssimo... Aviso-te qdo publicá-lo!

    Parabéns, sempre!

    ResponderExcluir
  37. Fala, Mansim! Olha só, descobri que mesmo quando estou indisposto a ler muito, suas postagens ainda me catam. Quando menos noto, as palavras das crônicas estão me levando até as últimas linhas; essa é a principal característica de um grande escritor! Admiro-o e sabe o quanto, novamente em mais uma postagem legal pacas.

    Olhos tão amargos, acho eu, são os olhos dos que carregam uma sina para toda vida. Seja ela um maldito caráter que sempre o atraca a fazer aquilo que é errado, seja uma tragédia que aplaca todos os dias a sua mente. Muito bom, Mansim!

    ResponderExcluir
  38. Zé Ramalho é um gênio, e saber reconhecer essa genialidade de forma expontânea e cotidiana como você fez é fantástico.
    Nunca me arrependo de ler seu blog!
    Saber escrever boas crônicas como essa está cada vez mais dificil.

    ResponderExcluir
  39. De certa forma não penso que seja tão difícil encontrar pessoas com os tais olhos amargos. Há muita gente por aí que desvaloriza o que vem do outro e consegue denegrir o caráter humano de qualquer situação. Pode ter certeza de que eu conheço uma pessoa assim. Mas o tempo passa... Talvez mude, talvez não.
    Os olhos refletem o caráter e não conseguem omitir o real sentimento. Muitos se esquecem disso e acabam que, inconscientemente, permitem que seu olhar os traia (mesmo que por frações de segundos). Basta olhar; os "bons" olhos serão sempre capazes de ver além da capa fria dos olhos amargos.

    Excelente reflexão!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!