quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Dããããã... eu tenho um computador...

Esses dias eu estava pensando em como as coisas mudaram depois desse negócio de mundo virtual...
Eu tenho um amigo que nunca sai de casa, que fica internetizado o dia inteiro e as madrugadas também. Ele largou da namorada e agora está apaixonado por uma namorada virtual. Ele me disse que nas fotos ela parece muito com a Xuxa quando era mais nova, hahahahahaha... Acho que aí tem truta...

O outro amigo disse que estava indo dar uma mijadinha de madrugada, quando viu uma luz azul no quarto do filho, ele olhou no relógio era quatro da manhã, quando ele abriu a porta era o menino conversando no msn. Ele perguntou se o menino sabia que oras eram e o menino disse que deveria ser meia noite ou no mááááááááximo uma da manhã!!!!

Eu na verdade as vezes até posso contribuir com meu blog para esse "ENTRETENIMENTO DIGITAL", mas na verdade sempre tento dar uns toques legais aqui sobre as coisas da vida. Eu sei que a internet é viciante, mas nós temos que tomar cuidado pra não virar um cyber-bobão!

50 comentários:

  1. Esse mundo realmente é viciante, mas é necessário ter cautela por parte dos que usufruem. Assim, como tudo na vida, se n tiver limites, a gente perde o controle e n dá coisa boa =P
    Deixar de viver o mundo real para estar ligado toda hora no mundo virtual n é uma opção mto equilibrada.
    Adorei o texto, meu caro amigo! =)
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi André. Engraçado, conheço pessoas assim (meio nerds) que não saem da frente do pc.E não é uma só não.O computador é legal realmente. Mas, para quem não se esconde dentro dele. Deveria ter um slogan tipo o da cerveja: "Tecle, ma com moderação", kkk.Mto legal. Pô dá uma passadinha no meu blog tbm: www.carolcorderosa.blogspot.com, se você gostar vou ficar mto feliz se deixar um comentário. Bjo

    ResponderExcluir
  3. Os Titãs cantavam nos anos 80:
    "É que a televisão me deixou burro, muito burro demais".....
    Talvez hoje em dia o "objeto" que os "emburreceu", seja outro....
    Vai saber
    Cara, concordo contigo. A galera não sabe mais o que é bom de verdade. Ficam escondidos atrás de suas telas.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Sim, conheço algumas pessoas que morrem na frente do computador, e que adoram entrar em comunidades do tipo: Morro de sono, mais nao saio da net, e que resumem as mil e uma coisas que se pode fazer na internet em apenas duas, orkut e msn FUTILIDADE TOTAL... Realmente é triste saber que tem gente que perde boa parte da vida com coisas futeis... bobas...

    ResponderExcluir
  5. Trocar uma namorada real por uma virtual?

    Eu daria meus computadores para ter uma real =P

    Brincadeiras a parte, mas as pessoas realmente estão viacidas em internet e isso é muito perigoso

    ResponderExcluir
  6. Muito bomm!!! gostei muito das tirinhas!! blog está de parabéns!! estou lhe seguindo!!

    www.mascarasdaverdade.blogspot.com


    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. As charges são de sua autoria tb? Pq eu adoreiii!!!hahaha Igreja Orkuteriana do Sétimo Windows é Ótima! Só falta isso mesmo!
    É verdade, a internet é outra forma que as pessoas estão encontrando para inibir suas relações. Como dizem, tornou-se vida alternativa. Triste isso! Que seja um instrumento para nos auxiliar, não para prejudicar.
    Beijo grande e obrigada sempre pelos comentários sábios.

    ResponderExcluir
  8. Olá meu amigo ANdré!!!

    Ei, fiquei muito lisongeada em ver o nomezinho do meu blog aqui. Retribuirei a gentileza assim qe aprender a fazerisso, porque não sou assim tão conectada não!rsrsr

    Olha, acrescentando ao seu texto, pior que a pessoa alienar a própria vida é usar a internet para vigiar, seguir e intrigar a vida alheia.

    Muito fácil criar na rede uma personalidade diferente e sustentá-la, talvez por isso muitas pessoas estão cada vez mais vicidas na internet. É simplesmente uma zona segura onde os sentimentos verdadeiros, as qualidades e os defeitos inerentes à pessoa, ficam escondidos atrás do computador!

    Um grande beijo!!!

    ResponderExcluir
  9. Nossa André, voltei aqui!

    E voltei PASMA, nude (nude é o novo bege, tá?rs)!!
    É você que faz as charges, você mesmo!!! E sabe como descobri? a deste texto me chamou muito a atenção e fiquei tentando ver se já tinha visto a assinatura antes, foi só depois que liguei a assinatura ao seu sobrenome!

    Olha, talento é outra coisa. Você é simplesmente foda neste quesito!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Hehehe... pior que "quase" me identifiquei com esses pontos levantados por você. Bom, disse quase pq há uns anos atrás eu era bem viciadinho virtual tb, rs. Só não largaria a namorada e nem ia achar que ficaria rico com moedas verdes! =P

    Rsss, bom post e ótimos desenhos!!!

    Grande abraço, André!

    ResponderExcluir
  11. Passou a ser mais fácil amar quem nunca vimos, pq quando se tem tudo nunca é dado o valor q merece!
    Abraços Andre =*

    ResponderExcluir
  12. É inegável que a virtualidade trouxe uma série de benefíficios sociais, encurtando as distâncias. Mas não podemos esquecer que essa mesma virtualidade tem cada vez tornado o ser humano cada vez mais só. A companhia tem sido o PC. Isso digo baseado numa dessas revistas que estão diagnosticando esssa necessidade do espaço virtual que têm lotado consultórios psicoterapêuticos.

    Bom seria o bom senso ou o equilíbrio em tudo.
    Seus posts sempre necessários e urgentes propondo discussões e novas reflexões.
    Sem falar nas charges que são incríveis.

    Abração do amigo "Calcanhar" aqui.

    ResponderExcluir
  13. Assunto bastante pertinente e abordado de uma maneira tão legal q não poderia ter sido melhor. As tirinhas e os 'causos' são um caso à parte... hehehe

    ResponderExcluir
  14. A cada dia me assusto como essa geração está mais ligada e viciada que nós! É de dar medo do futuro... Juventude alienada... Gostei muito do post, como sempre =] Passa lá no meu blog amigo: http://blognerdman.blogspot.com/ =] Espero ver amis coisas legais por aqui como sempre vejo desde quando comecei a seguir =]

    ResponderExcluir
  15. A internet é uma tecnologia mto boa, mas como toda tecnologia, não podemos deixar q ela nos domine,gostei da forma de como vc aborda os temas. abçs Marcio Colli (http://marciocolli.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  16. Ri muito com a expressão Cyber-bobão.
    Sabe que eu já senti isso na pele, uma época da minha vida, estava tão infeliz que vivia uma projeção que o mundo virtual supostamente te possibilita. Tive que romper isso com atitudes. Saindo de casa, indo á praia, indo a casa de amigas, bares, minha vida estava resumida a um notebook da dell e a viagem que a internet me proporcionava. Hoje dou mais valor aos cheiros e toques, coisas que por aqui não se tem ainda.
    Obrigado pelos parabéns e pela visita.

    http://sabordaletra.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Não souum cyber-bobão e não troco uma boa conversa por uma hora na net.

    É preciso equilíbrio.

    (Olha, nasci no Rio, mas moro em outro lugar, viu. Estou triste com mais essa onda de violência).

    ResponderExcluir
  18. verdade... nada de ficar viciados em internet,rs.
    tem gente que até escreve na folha do caderno em plena aula, vc,pq, amg... isso é chato vey.
    me visita?
    http://fabisocci.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Internet é anova televisão! Brasileiro adora tudo que o bota no papel passivo! (ui).

    Heeheeh, bom mas falando sério, internet faz mal muito mal quando nos tira da vida real, quando deixamos de ter noção das coisas e passamos a imaginar coisas!

    Coisas que não tem muita chance de serem reais, tipo a namorada virtual do seu amigo que "parece" a Xuxa, hahahah.

    gostei dos seus cartoons! Eu tb desenho, faço tirinhas parece la no meu blog cara.

    http://rubensmedeyros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Este realmente é um assunto sério.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  21. Concordo contigo.
    Pois se a coisa se agravar, daqui uns anos veremos pessoas pedindo prisão para os viciados em Internet. Risos...

    Abração de NINA

    ResponderExcluir
  22. Sem dúvida o vício na internet, como qualquer outro vício, é uma doença. Curioso que acaba-se criando uma dependência psicológia do computador, da internet, e dos sites de relacionamentos, principalmente. As pessoas encontraram na net uma saída para a falta de relações humanas típicas dos tempos modernos. As pessoas que não tem tempo sequer para dar um bom dia para o vizinho, encontram na net uma forma de se relacionarem com o mundo. É interessante isso, porque é uma coisa ruim, que veio para suprir outra também ruim...

    ResponderExcluir
  23. Realmente a internet tem modificado as relações sociais, tem suas vantagens e desvantagens, o fundamental é equilibrar tudo isso e não esquecer das relações verdadeiramente colorosas da convivência real e próxima, porque na internet qualquer um pode ser o que quiser. Enfim, nada melhor que um tête-à-tête.

    abraço,
    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. kkkkkkkkkkk
    moedas verds, euri!

    ResponderExcluir
  25. kkk
    mandou muito bem andré!

    Tenho amigos assim também, que deixam a vida real passar para viver uma virtual que nem a eles pertencem. é o fim!

    Jesus ta voltando mesmo colega.

    ResponderExcluir
  26. É tão engraçado quanto preocupando esse advento da tecnologia tão intrisecamente no cotidiano das pessoas. A convivência está e extinção!

    ResponderExcluir
  27. A internet tem que saber ser usada. Mas a maioria não se dá conta de seu poder viciante. E acaba trocando a vida real pela virtual...

    ResponderExcluir
  28. Como está, companheiro de cartoons? Sempre dou uma passadinha no seu blog, é muito bom! Gostei da crítica...realmente a internet está fazendo com que os jovens tenham uma vida virtual....só prejudica...e só posso pensar que é medo de enfrentar o mundo real...

    ResponderExcluir
  29. HUAHUAHUA

    Abraço,
    P.A.
    _______________________________
    www.preguicaalheia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. eu dou risada dessas pessoas que fazem a internet a vida delas. Fiquei sem internet quarta o dia todo a única coisa que senti falta, foi por não ter postado no blog. haha

    http://umdiaentenderei.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Andre, mandou super bem na charge, que talento! e o texto tambem ta otimo! Parabens!

    sucesso!
    e quanto as pessoas viciadas nesse mundo irreal, imagino que não gostam muita da vida que tem... triste!

    abraços
    http://cfsarinha.blogspot.com/
    passa la quando der.

    ResponderExcluir
  32. Vc já viu o memê q dei para vc lá no 'Para que nunca me esuqeça'?

    ResponderExcluir
  33. Concordo totalmente com você André, temos de saber utilizar a internet de forma mais objetiva, construtiva. Fico triste em ver crianças viciadas em internet, abdicado uma das melhores fazes da vida, senão a melhor que é a infância, deixando de brincar, praticar esportes. Enfim, temos de nos policiar em relação ao uso dessa ferramenta.

    Abraço e parabéns por mais uma bela postagem.

    ResponderExcluir
  34. A sociedade está se moldando neste padrão aqui. É um fetichismo de uma vida social mais fácil, sem o contato do olho, sem as expressões, os erros e as possíveis negações podemos ter no mundo lá fora com pessoas de carne e osso. A internet, as redes sociais, se tornaram o produto mais vendido no mercado. Muitas pessoas acabam se colocando como "mercadorias", expondo seu íntimo, montando sua "embalagem" para que ela seja aceita por "consumidores".
    É assustador mesmo. Legal essa iniciativa de dar dicas. Aliás, adorei as tirinhas. Também sou desenhista.
    ^.^

    ResponderExcluir
  35. você conseguiu de maneira divertida abordar um assunto delicado e sério , parabéns pelos desenhos!
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  36. kkkkkk...eu também acho que tem treta na história do seu amigo ai heimmm...Ahhh eu também já estou juntando moedas verdes...kkkk

    Muito bom teu blog, cara

    Abraços, M!sunderstood

    ResponderExcluir
  37. hahahahahah...muito divertido e reflexivo, o seu post, André! Gostei!

    É verdadeiro o que relatou. Temos de nos adaptar às modernidades e parafernálias que estão a nossa disposição, mas sempre com o cuidado para que não nos viciemos. Afinal, há tanta vida lá fora, não é vero?

    Façamos parte do mundo tecnológico, sim, porém, se nos esquecermos da VIDA... lá fora.

    Forte abraço,
    Fernando Piovezam
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. Vivemos antenados, não? Ao tempo em q te enviava aquele e-mail, tu estavas publicando este post!

    Como tu, busco priorizar os infinitos valores da vida, em especial as q fazem parte do âmbito amoroso/familiar.

    Como dizia o meu velho pai: "tudo d+ é veneno"!

    Penso q quando algo nos "vicia" a ponto de perdermos o controle, necessário se faz que analisemos o porquê de nos tornarmos escravos!

    Beijão, agente Carequinha!

    ResponderExcluir
  39. Essa internet pegou todo mundo mesmo. É rápido e fácil, o que vc quer vc acha em um ou dois cliques. Quem não se apaixona por algo assim? É fácil se enganar e enganar aos outros também por isso um pouco de bom senso nunca é demais.Não me vejo sem pc mas não sou igual ao seu amigo não viu, eu me controlo eu acho rs beijos parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  40. Olá Amigo Querido!

    Quanta saudade desse mundo virtual que eu estou! Saudade de vc! Então... será que estou viciada??? rsrs

    Agradeço suas visitas cheias de carinho! Gosto demais de vc! Demais mesmo!

    Sua postagem foi de "primeira"... sabe, no início do meu blog eu fiquei bem viciadinha! rsrs... mas agora tá mais controlado! kk

    Tenha uma linda semana!
    Deixo beijo com carinho
    Sil
    Sempre aqui

    Ps: Suas charges estão cada dia melhores! Parabéns pelo talento!

    ResponderExcluir
  41. Olá amigão, cara quem ia gostar desse seu post era minha esposa! pense numa pessoa totalmente contra internet, pois é ela e depois q comecei a utilizar a internet em casa q ela pirou o cabeção mesmo! as vezes tenho que utilizar escondido p/ não dar briga. Mais no caso dela é mais ciumes do que qualquer outra coisa, agora sem motivo pq eu só uso mais para pesquisar matérias p/ meus blogues ou ler meus email, scraps e twittes. Porém há pessoas que já perderam a noção da realidade real e só vivem na virtual, isso será até um dos próximos temas que já estou trabalhando p/ publicar no www.blog-do-pena.blogspot.com q já está até com uma nova matéria, confira lá depois ok. Abraço e a luta continua blogueiro :)

    ResponderExcluir
  42. Eu faço parte da igreja "Nossa Senhora do Offline" que tem como pastor no culto o grande Marcelo Adnet e sua trupe..rs..

    Esta minha igreja ajuda você com a palavra abençoada a desviver essa vida de virtualidade..rs..

    Veja o video Andre:
    http://www.youtube.com/watch?v=hpHX-Uu_hgA

    Abraço,
    P.A.
    ______________________________________
    http://www.preguicaalheia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  43. Realmente, o mundo virtual é totalmente viciante! Rs
    Eu sou uma das "vitimas" da internet...rs

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  44. Hah, Mansim! Agora tocou na minha ferida, haha! Eu amo madrugar no computador quando não tenho o que fazer. Pra mim, a madrugada é o berço das inspirações de meus escritos e o horário mais propício para eu ler os textos de meus amigos blogueiros e escritores amadores. Também, eu te confesso que a primeira namorada que tive foi Virtual. Morava no RJ enquanto eu moro aqui, em Campo Grande, MS. Contudo, eu bem concordo com esse pessoal que exagera no mundo digital. Por sorte, o namoro com essa garota durou mais de quatro meses e a gente se encontrou umas boas vezes de verdade, durante o processo. Haha.

    Mas, enfim, eu não deixo de ir treinar Karate, de sair com meus amigos ou de tocar Taiko para me enfurnar todo dia nos sites da vida. Que sorte, né? rsrs

    ResponderExcluir
  45. A das moedas verdes, kkkkkkkk eu ri demais!

    ResponderExcluir
  46. São realmente dois lados oferecidos pela internet: possibilidades vastas de enriquecimento, pesquisas e contatos e a excessiva presença de seus usuários (o maldito vício). Outra questão problemática é que aqueles que não sabem usar de forma correta/regrada, correm risco de levar vida sedentária e acabar por trocar real por virtual. É preciso que cada um imponha seus limites e saiba usar da ferramenta com responsabilidade.
    Até, Andre!

    ResponderExcluir
  47. Eu sou viciada em net (jogos, blogs, redes sociais, sites de noticias, etc), mas nada se compara às delicias da vida real. E ñ podem ser trocadas pelo mundo virtual, onde tudo é perfeito e adaptado de acordo c/ nossas vontades. Pois, por mais q o mundo exija cada vez mais q estejamos conectados, "Viver q é preciso, navegar ñ é preciso..."
    Abç Mansim

    ResponderExcluir
  48. Internet ultimamente só me passa raiva. Parei de entrar no MSN com frequência. Este garoto do "quatro horas da manhã" mentiu para o pai. Com certeza sabia a hora real, mas quis se safar da "comida de rabo". Eu mesmo passo a madrugada na net e durmo de manhã. Acordo, almoço, vou para a Universidade e volto meia-noite para casa. Minha mãe andou brigando comigo mas disse pra ela desistir que eu NÃO VOU DORMIR, rsrsrs. De madrugada navego na net, escrevo, leio, vejo filmes, seriados, converso no telefone. Gosto de fazer essas coisas de madrugada.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!