segunda-feira, 19 de julho de 2010

Reis de reinos de papel

Eu trabalho a 23 anos no comércio, sou vendedor numa loja de materiais para construção, e nesses anos eu atendi e trabalhei com todos os tipos de pessoas .
Eu conheci muita gente boa e até hoje fiz e ainda faço muitos amigos, gente interessante que tem algo a dizer e índole boa de quem quer ser legal . Conheci gente mais ou menos também, do tipo enjoadinha quem tem um monte de mimimis e não me toques, gente que parece sempre que a razão e a atenção tem que ser dada a eles, mais e mais .
Mas hoje vou falar dos reis, os reis dos reinos de papel, gente que se acha superior e que todos estão para lhes servir de tapetes .
Essas pessoas geralmente entram na loja e antes mesmo de ver se as pessoas estão ocupadas, já vão falando lá da porta : _ Tem algum vendedor para me atender ??? Normalmente falam isso com um tom de voz arrogante e extravagante . Quando se dirigem para algum vendedor ou atendente eles falam como se falassem com algum subalterno que estaria alí só para lhes paparicar .
Tem gente também que trabalhei que tinha o tal sangue azul do reino de papel, gente que nunca trabalhou em lugar nenhum e que se acha o dono da razão, da situação, os sabichões que tudo sabem e nunca estão errados . Geralmente as pessoas sorriem pra eles e batem nas costas, mas quando estão longe, falam mal sem dó ...
O que esses reis não sabem, é que ninguém quer ser seu súdito, que os seus reinos são de papel, que cada vez que eles chegam, o comentário entre os mortais é sempre o mesmo: _ Ixi, o chatão chegou ...
A arrogância e o olhar superior, muitas vezes causa repugnância nas outras pessoas, e o bom atendimento que o rei acha que está tendo, além de ser falso, é um atendimento mais ou menos, porque os vendedores querem se ver livres desses chatões o mais rápido possível . Se puder despachá-los da porta mesmo, eles seriam despachados, mas infelizmente a gente tem que conviver uns minutos com esses reis de araque .
Domingo eu estava no mercado e vi um desses reis que me passou muita raiva a um tempo atrás e então eu comecei a pensar, o que eu poderia fazer pra descontar a raiva que esta pessoa me havia passado, pensei se tinha como eu ir no serviço dele e descontar na mesma moeda, se tinha jeito de virar a cara e deixar claro que ele era persona não grata, mas no final eu não consegui . Porque eu não quero que o meu reino seja de papel, e nem que as pessoas se lembrem de mim com repugnância . Eu quero ser lembrado pelas pessoas legais como o cara gente fina daquela loja que sempre me atende com alegria, pois ele é legal . E pelos reis dos reinos de papel, não tem importância de ser lembrado por eles como sendo aquele cara que sempre piso quando entro naquela loja, porque nessa ilusão deles a vida vai seguindo e dia após dia o mundo vai girando, e muitos desses reis a gente os vê como os seus reinos de papel vão se diluindo na chuva do tempo e não sobrar ninguém para eles poderem chatear, e isso pra eles é o fim ! O caos, a tristeza e a morte do rei ! Dos reinos de papel !

34 comentários:

  1. rs
    interessante
    gostei
    seguindo
    ^^

    http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu entendo seu texto meio que desabafo e vou te dizer uma coisa só ‘cá entre nós’.
    Estes reis até podem destilar o veneno e não levarem tanta desvantagem com pessoas honestas e retas como você, mas quando pegam pela frente gente um tanto quanto inescrupulosa se saem muito mal.
    Por exemplo:
    Quando estes reis do reino de papel vão comer em um restaurante ou lanchonete e reclamam que o bife está mal passado ou alguma outra reclamação da forma costumeiramente arrogante e deseducada o atendente inescrupuloso com toda gentileza pede desculpas e vai até o cozinheiro ‘cospe’ sobre o (bife, pizza, lasanha, hambúrguer, etc) ou faz outras barbaridades, capricha no tempero e devolve à mesa com amabilidade e carinho, o rei do reino de papel come, arrota e ainda é capaz de deixar uma polpuda gorjeta para mostrar sua superioridade.
    Isso acontece da forma mais comum do que se imagina.
    Estes reis precisam rever os seus conceitos.
    Hugo.

    ResponderExcluir
  3. MAndou muito bem!!!
    Apoio, nao precisamos ser como eles, mas infelizmente o mundo está querendo ser rei e no final das contas nao sobra ninguem pra ser súdito é nessa hora que quero ver quem vai engolir quem primeiro, como diriam os antigos: o que tiver boca maior!

    ResponderExcluir
  4. isso eh uma verdade...
    mas tb o q muitas vezes ocorre é uma real falta de qualidade de atendimento do cliente! logico q n justifica certas atitudes... mas as vezes reclamar os seus direitos nao eh se sentir superior n...
    mas concordo com o q vc falou... existe mt gente assim mesmo

    depois passa la no meu
    www.aecochata.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Odeio pessoas desse tipo. e o pior é que a maioria é assim.. =( sempre querendo mandar, mandar, mandar.. mas foda-se esse tipo de gente! né? ótima crônica.

    ResponderExcluir
  6. cara parabéns pelo blog... Falou a verdade aí no texto!

    ResponderExcluir
  7. Ninguém merere essa gente que acha que o mundo gira ao redor deles --'
    são o tipo de pessoa que só aprende sentindo na pele.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o texto.
    Essas pessoas são mesmo irritantes, mas no final acabam sozinhas.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo texto.. Adorei!
    Não tem coisa mais desagradável deste reis de reinos de papel, arrogantes... E como encontramos pessoas vazias assim, fazendo muito barulho e sem conteúdo!
    ;P

    ResponderExcluir
  10. da dó dessas pessoas , ae vou te seguir tbm
    uma abraço!
    http://cuchila.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Interessantíssimo o texto e me identifiquei, até porque também trabalho com vendas, e o que você falou é verdade. Tem algumas pessoas que nós temos o prazer de atendê-los, por serem educadas e pacientes, mas tem umas que são insuportáveis, acham que por sermos vendedores morremos de fome, me dá um ódio sufocante. Mas quando isso acontece, faço questão de atender muitíssimo bem, com toda elegância, faço questão de mostrar que sou superior sim em educação!
    esse texto lavou minha alma. Rsrsrsrs

    abraço,

    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Todo mundo convive com alguém arrogante, seja no trabalho, na vida, enfim. Há quem goste do status e vive para mantê-lo através destes "Reinos de papel". Eu detesto estas pessoas.
    Conheço tantas pessoas humildes que são as melhores em várias áreas. A humildade é a melhor forma de vida!

    ResponderExcluir
  13. o pior eh q em td lugar tem gnt assim. o melhor a fazer eh ignorar!

    ResponderExcluir
  14. Reis de reinos de papel
    Essa denominação é incrível
    Gosto de imaginar reinos de papel, que desabem à primeira chuva ou ventania, o ruim de tudo isso é precisar imaginar-se em algumas situações como cidadão de papel de um reino alheio...

    ResponderExcluir
  15. São "reizinhos" com o rei na barriga! Não suporto esse tipo de gente! Pior que tenho amigos assim e qnd eles começam a querer aparecer desse jeito eu me escondo...rs

    ResponderExcluir
  16. Eita que esse mundo tá cheio desses reis de reinos de papel...e por horas bate aquela vontade de descontar certas humilhações,isso eh...mas se igualar pra quê?por vc foi muito bem citado: "
    "muitos desses reis a gente os vê como os seus reinos de papel vão se diluindo na chuva do tempo e não sobrar ninguém para eles poderem chatear, e isso pra eles é o fim ! O caos, a tristeza e a morte do rei ! Dos reinos de papel ! "
    Nossa,adorei seu post,e o eufemismo que usou para se referir há pessoas mesquinhas e egocentricas.

    ResponderExcluir
  17. Muito interessante o seu texto, hoje em dia as pessoas estão cada vez mais donas de si e isso faz com que elas pensem que são donas do mundo também, trágico :/
    Parabéns pelo seu blog, adorei mesmo :D

    ResponderExcluir
  18. Eu conheço muita gente assim.Se esse pessoal ouvisse o que falam deles nas costas,eles deixariam de ser assim

    ResponderExcluir
  19. heheheh... muito legal o texto, André!
    Concordo com vc... quem vem com mta pluma e pompa não tem um tijolinho em seu castelo! rs... será que essas pessoas não entendem que a monarquia acabou? abraço

    ResponderExcluir
  20. É mesmo, mas acontece tanto no sentido de sermos mal atendidos também... vendedores, atendentes de má vontade...

    ResponderExcluir
  21. E são tantos os reis de papel que nos cercam, que nos enchem com sua altivez e ignorancia. Ótimo texto, nos faz pensar longe! parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  22. Realmente,um pouco de humildade nunca é demais!

    ResponderExcluir
  23. Nossa totalmente verdade, sou vendedora e tbm passo por isso, mas nao desconte não... não vale a pena, seja vc sempre e não tente tratar as pessoas do jeito que elas te trataram, isso só te traz magoas, o bom é ser feliz, é isso o que importa!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  24. tudo bem cara!

    entao ela me deu calote em outra comindade
    por isso eu retribui


    http://os-manos-loucos.blogspot.com/

    Os Manos Loucos

    ResponderExcluir
  25. realmente, existem muuuuitas pessoas assim, que se acham superiores, sem fossem pelo menos daria pra entender. Mas normalmente gente assim ou é burra, ou não tem caráter nenhum. Guilhotina neles! adadhuiahoiudhauid -n

    ResponderExcluir
  26. Essas pessoas são ignorantes demais para serem lideres

    ResponderExcluir
  27. É verdade, há todo o tipo de pessoa e esse realmente é o que costuma irritar mais... tem gente que às vezes chega desse jeito para ser atendido por estar com pressa e tal... às vezes dá pra compreender... mas muitas vezes é o jeito da pessoa, também, enfim... abraço!!

    http://francorebel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Eu acho que é mais falta de respeito às pessoas, ao trabalho alheio. Esse tipo de pessoa geralmente precisa mostrar alguma superioridade pra poder se afirmar. Mas acho que cada um tem sua lição no tempo certo.

    ResponderExcluir
  29. haha... sei bem como é... ja trabalhei em telemarketing... da vontade de voar no pescocinho desse povo! :)

    andre, valeu pela dica, é sempre bom trocar informaçoes...

    abss

    ResponderExcluir
  30. O que é pior?
    Gótico ou corintiano?

    kkkk

    ResponderExcluir
  31. passei por uma situação dessas com um vendedor
    não faz nem 3 dias..

    obrigado pela visita anterior..
    será sempre bem vindo
    http:/universovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Trabalho no restaurante japonês dos meus pais, para ajudar a família com o que posso. E sei bem o que você diz com os tais "Reis de Papel". E realmente, eles raramente são bem tratados por nós, atendentes. Eu acho que tudo se retribui na mesma moeda, e assim como o tratamento deles é porco, o nosso não deve ser melhor. Vestimos uma máscara de aparências para poder aguentar abaixar a cabeça para estes, e certas vezes, nem isso temos a capacidade de fazer. Eu mesmo já explodi argumentando com um cliente ridículo.

    Já é a terceira postagem sua que leio. E ainda não me cansei. Aqui, não senti sua ironia que vi nos outros posts. Mas a indignação clara e crítica já nutrem a parte humorística. E a ilustração novamente completa a postagem perfeitamente. Quem dera eu soubesse desenhar! Hahahaha!

    Atenciosamente, Tadashi Katsuren.
    Contos e poemas, por mim escritos, em:
    let-me-fly-with-you.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Aquele que se julga superior não se recorda do buraco onde saiu ou se esquece do buraco para onde um dia, certamente, vai!

    PS.: Amanhã cedo, as 07h, sai uma postagem no meu blog indicando o seu site. Participe se ainda não o fez!

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário, volte sempre!